sexta-feira, 03 de dezembro de 2021
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUTIO LEVA LA SEÑORA BIÃO PARA CONHECER A MALASSADA DO CAXIXI

Um local com fregueses que dedicam fidelidade absoluta ao restaurante
24/10/2021 às 09:01
   Um dos locais que mais aprecio passear em Salvador é na Avenida Sete de Setembro, em especial, no trecho entre o Convento das Mercês e o Basílica de São Sebastião, mais conhecida como Convento de São Bento. 

  É uma viagem curtindo o que de melhor tem na cidade, o comportamento da população, o comércio das lojas e da avenida, os chinas, os mercadores, os aposentados da Piedade, os jogadores de dama da praça Rio Branco, os amoladores de alicates, as vendedoras de comidas e de folhas, o burburinho do povo, todo um caldo de cultura da Cidade da Bahia, o que melhor dela existe.

  Há de tudo, de batedores de carteiras e usurpadores de celulares. Você ouve muito do próprio povo a aviso: - Cuidado com seu celular, não fique fazendo fotos assim que eles lhes roubam. 

  Eventualmente, atravesso a Sete a partir do Oceania, na Barra, até a Livraria LDM no Glauber Rocha da Praça Castro Alves. Felizmente, nunca fui tungado. E, todos os anos, no novembro, vou à Paulinas comprar a folhinha do Coração de Jesus. Faz parte de um ritual. Este ano ainda não fui para comprar o bloquinho 2022, mas está na minha agenda mental.

  Desta feita, pois, a visita foi em trecho curto - entre a Piedade e o Cabeça - partindo do Shopping Piedade até o tradicionalissimo Restaurante Caxixi, do Mocambinho, passando pelo belo Gabinete Português de Leitura, jardim da Piedade - abandonado - sede do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, corredor das bolsas no Relógio de São Pedro e a feirinha do Mocambinho - de pimentas a banana - ate o Caxixi onde, nas imediações funcionou a célebre boite Anjo Azul.

  Já conheço o Caxixi de anos e desta feita levei para batismo no local la señora Bião de Jesus e sua madre Antonia que apreciaram a larga. 

  O restaurante é a la carte e anda sempre lotado. É impressionante a freguesia do Caxixi, a fidelidade de velhos clientes, de boêmios, de cervejeiros, de gente que mora no centro entre a Piedade e o Largo 2 de Julho, no Democrata, no Sodré, na Faisca, na Carlos Gomes do Meio e do Alto, e que frequenta esse espaço com assiduidade, quanto não, os basres, peixaria, a feirinha e os paneleiros locais adjacentes.

  O Caxixi é, também, um local de cervejeiros e existe uma área do restaurante na entrada com mesas e bancos à beira do balcão para um drink demorado ou para um gole passageiro até que vague uma mesa no salão principal, isso para quem deseja, almoçar. É o bar, com uma excelente variedade de bebidas.

  A casa não serve janta e a muvuca vai das 11h até aproximadamente às 18h e um pouco mais de segunda a segunda, exceto domingo, que é dia de missa. Por assim dizer, há os pratos do dia - disputadíssimos - na segunda quiabada (R$37,00); terça rabada (R$38,00) e galinha do molho pardo (R$38,00); quarta feijoada (R$39,00); quinta cozido (R$41,00) - não dá pra quem chega; sexta comida baiana - xinxin de galinha (R$43,00) e arraia (R$43,00) e sábado, feijoada (R$39,00). 

  O prato é individual, mas serve dois. A cerveja da casa é, sempre, bem gelada e o atendimento dos garçons, ágil. Por posto, la Bião Jesus solicitou, de imediato, uma gelada e ficamos a prosar apreciando o vai e vem das pessoas e famílias que frequentam o local. Yo, de regime solicitei um 12 anos, black.

  Quem vai ao Caxixi, de prima, tem que experimentar e saborear o prato mais pedido da casa a malassada com torresminho, feijão, arroz, salada e pimenta. Pero, antes, o garçon Ricardo contemplou-nos com bolinhos de bacalhau crocantes para que a gelada descesse melhor. E, la Bião, de olho numa bandeja de sandubas de pernis servida aos vizinhos, também solicitou um deles para seu deleite.

  A malassada para o trio, como sempre, farta e deliciosa. Os torresminhos concrantes, a carne no ponto - assim pedimos para evitar a quem goste mais sangrando - o molho da casa com tomantinhos delicioso, o feijão encorpado, do dia. 

  O Caxixi é uma festa tudo limpo e asseado e dentro dos limites da decência em preços. Sente-se falta de uma música. Mas, paciência, nem tudo é perfeito.

  E, de quebra, após o almoço passamos na Padaria Bola Verde - que fica ao lado - para adquirir uns pães de coco e uns sonhos.
-------------------------------------------
Bar e Restaurante Caxixi
Rua do Cabeça, 123 - Dois de Julho
Corredor do Mocambinho
Salvador - Bahia 
Fone 71.3321.2192
Só não abre domingo
ifood.com.br.ubereats.com
Não faz reservas
Espera nas mesinhas e bancos do bar
Spaten 600 ml - R$13,00
Johnnie Black - R$16,00
Bolinhos bacalhau - R$27,00
Malassada G R$68,00
Pernil R$15,00
Água com gás R$3,00
Não cobra 10%