ter�a-feira, 26 de outubro de 2021
Colunistas / Cantinhos da Bahia
Agapito Paes

Lanchonete de Moacir serve umbuzada há 52 anos

Lanchonete de Moacir fica em Serrinha na rua Manoel Novaes
29/12/2014 às 18:23
 ​O Cantinho da Bahia de hoje vai para Moacir da Umbuzada, na sua lanchonete da Rua Manoel Novaes, em Serrinha, onde serve umbuzada há 52 anos, initerruptos.

   Moacir Guimarães, 72 anos de idade, natural de Ichu, só agora recebeu o título de cidadão serrinhense conferido pela Câmara de Vereadores. 

   Paciência. Moacir não se zanga com isso, pois, se considera um 'serrinha' desde quando, jovem, foi morar com a familia na Serra e daí nunca saiu.

   Sua umbuzada é famosa em toda a cidade e já foi motivo de reportagem em canais de TV, está no livro "A Colonização portuguesa numa cidade do sertão da Bahia", de Tasso Franco, como figura popular e comenta que, somente no ano de 2005, por um mero descuido, a umbuzada deixou de ser servida por 22 dias.

   No mais, pode ser na época do verão - própria dos umbus - ou na temporada de inverno; na seca ou no molhado; no Carnaval ou no Natal, todos os dias serve a umbuzada que custa R$3,00 o copo com 350 ml. 

   É claro que, pra acompanhar a umbuzada, Moacir tem todas aquelas guloseimas que existem numa lanchonete - pastéis, empanadas, bolos, etc - e aí vai vivendo a vida com sua familia, de domingo a domingo, sem se queixar de nada.

  Moacir é apaixonado por futebol e faz os mais disputados bolões esportivos da cidade. Nas paredes de sua lanchonete tem um mural com muitas fotos de jovens belissimas. Ele diz: "São minhas netas"