sexta-feira, 18 de outubro de 2019
Colunistas / Filosofia Popular
Rasta do Pelô

RASTA do Pelô sugere seleção das peladas no lugar da Nigéria

É uma boa idéia essa do Rasta em jogo contra as gatas do Pelô
14/06/2013 às 10:08

 Vou meter meu bedelho na Copa das Confederações diante da recusa da seleção da Nigéria em embarcar para o Brasil e participar dos jogos internacionais por que não ter recebido um "bicho", conforme combinado com os dirigentes nigerianos.


   Vai ser uma falta e tanto para nosotros sobretudo porque esta seleção da Nigéria jogaria em Salvador. Mas, já que os gajos estão na dúvida se embarcam ou não, sugiro a Fifa que substitua essa seleção pelas peladonas européias que tanto sucesso fizeram, nesta semana, em fotos e videos em todos os sites do mundo, salvo na Coreia do Norte e Afeganistão.

   No Afeganistão as mulheres não jogam futebol e só jogassem, com aquelas roupas de freiras e burcas, deveria ser uma suadeira que não tem juiz que se aproxime de uma delas tal a subaqueira.

   Agora, as peladonas européias algumas de bundas murchas mas seios volumosos, essas sim, seriam bem vindas a Arena Fonte Nova e a baianada iria adorar. Prometo, se for o caso, ser até o juiz da partida, se Mr Aldo Rabelo e aquele francês que manda em tudo na Fifa, um tal de Jerôme, deixar.

   Sêo Aldo, inclusive, ficou muito chateado com a imprensa, hoje, porque perguntaram sobre as "maquiagens" em estádios brasis e entornos, inclusive a "trincagem" num viaduto do Arenão, que está sendo escorado com pilotis de madeira.

   Que bobagem Sêo Aldo, por que a irritação, na Bahia as coisas são assim mesmo: a Via Expressa, por exemplo, é um projeto de R$300 milhões e os viadutos da Rótula do Abacaxi, o nome já diz tudo, são os únicos no mundo que têm sinaleiras; o Arenão tem piscinas na cobertura e assim diante.

Então não se irrite com essas bobagens e acerte com a Fifa para que a seleão das peladonas venha jogar acá. Se a Nigéria voltar atrás e embarcar, fica então a sugestão de um amistoso entre as peladonas européias e as peladonas baianas.

    Já conversei com Márcia Dendê, garçonete da Cantina da Lua e ela me garantiu que consegue armar um time, só com as gatas do Pelô, para enfrentar, em amistoso, as européias.

   Garanto que vai ser uma coisa tão sensacional que vai trazer mais turistas a Bahia do que essa Copa das Confederações, pois, segundo o Correio, são apenas 1.500 estrangeiros por acá, o que não dá nem meia ala de sambistas do Malê Debalé.

   Ficam, portanto, essas duas sugestões, incluindo aí a banda do Olodum fazendo um show antes do jogo e a rainha do afro-pop-baianês dando uma canja. Tem mais: não vamos cobrar cachê de nada, sendo que a renda pode ser enviada para as Obras Sociais da Venerável Dulce dos Pobres.