sexta-feira, 22 de outubro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

VOVÔ DERRUBOU O LEÃO NA ARENA CASTELÃO 2x0, ZÉDEJESUSBARRÊTO

Vitória enfrenta na próxima partida o Botafogo no Barradão
15/09/2018 às 18:54

   A tarde do sábado pré-primaveril ensolarada, em Fortaleza,  foi toda do Ceará, no clássico nordestino, contra o Vitória. O placar de 2 x 0 foi pouco, tanta foi a apatia do rubro-negro baiano, sobretudo na primeira etapa. Mesmo quando foi todo à frente, tentando diminuir o placar, o Vitória pouco criou: um chute de longa distância de Leo Ceará que acertou o poste, e uma cabeçada na cobrança de escanteio, só. Mas abriu-se inteiro ao contragolpe e por sorte ou incapacidade dos avantes cearenses não levou uma goleada.  

  Com o resultado, o Ceará dorme fora da zona de rebaixamento (agora com 27 pontos) e o Vitória, com 29 e em 12º lugar, pode perder posições na tabela de classificação com o decorrer da rodada.

*

  O Vô está bem vivo

  Abertura da 25ª rodada, o Ceará entrou em campo com 24 pontos, na zona periculosa, e o Vitória com 29, na 12ª posição. O Vovô cearense tinha três jogos sem perder (agora, quatro), vindo de dois significativos triunfos, contra Flamengo e Corínthians.  O Vitória estava sem derrotas e sem tomar gols nas quatro últimas partidas, porém a última vez que venceu fora de casa foi contra o Vasco, no dia 13 de maio, pela 5ª rodada.

 O rubro-negro baiano atuando de branco; o Ceará com o seu tradicional p & b.

*

 Bola rolando

 O Vovô começou dando as cartas, marcando na frente, impondo-se em casa.  Tanto que Aderllan recebeu cartão amarelo logo com dois minutos de jogo. O Leão fechadinho, suportando bem e esperando a oportunidade do contragolpe.  

 Aos 16’, Quixadá limpou da marcação na entrada da área e bateu colocado, raspando. O time da casa chegando mais e chutando, mesmo afoito, sem direção. Muitas faltas, o time visitante buscando arrefecer a pressão, tentando ficar mais com a bola, trocar passes.

- Gol ! 1 x 0 Ceará, Calyson escorando de barriga, na pequena área, um cruzamento forte de Samuel Xavier, que fez uma ótima arrancada pela direita, rompendo a marcação. Assim,  quebrando a invencibilidade da defensiva baiana. Aos 26 min.

  Com o gol levado, o Leão decidiu sair da defesa, buscando o empate, equilibrando, mudando o panorama da partida, agora melhor de ver.

 Aos 44’, após cruzamento rasante da esquerda, Ramon furou no corte e o avante Leandro Carvalho perdeu o gol errando ao completar livre na pequena área. Ufa!

  Só o Ceará criou e chutou no gol adversário, perdendo chances de fazer um placar maior. Um Leão acanhadíssimo na primeira etapa, o goleiro Éverson não trabalhou.

*

 Nos vestiários, Carpegiani mudou a escalação e o jeito de jogar: saiu Meli, entrou Lucas Fernandes. Foi pra cima, mas...

- Gol ! 2 x 0 , Samuel Xavier, lançado nas costas da zaga, bateu forte e cruzado, alto, sem defesa, bela finalização, aparentemente quebrando a guia do rubro-negro.  Aos 4 min.

 Dai, Carpegiani lançou mão do centroavante veterano André Lima e do meia Rhayner, nos lugares de Neilton e Bryan.   Dois centroavantes (André Lima  e Leo  Ceará), foi para o tudo ou nada, aos 7 min de segundo tempo.

 Aos 13’, Leo Ceará, chutou de longe, a meia altura e acertou a trave; na verdade o primeiro chute dentro. O Vô respondeu aos 16’, com um balaço de Quixadá, que raspou o poste de Ronaldo. O Leão vai inteiro e se abre ao contragolpe cearense. Aos 23’, Samuel Xavier deixou Arthur de cara para as redes, na linha da pequena área, mas o avante chutou pro alto, perdendo o gol e a chance de ampliar, matar o jogo.

 Aos 27’, Arthur livrou-se de Ramon e Aderllan e da meia lua encheu o pé carimbando o travessão baiano. O Ceará a perder oportunidades seguidas e o Vitória sem repertório ofensivo. Aos 30’, após cobrança de escanteio da direita, Fabiano subiu muito e cabeceou pra baixo, acertando a trave mais uma vez. Aos 31’, Quixadá enfileirou do meio campo, pela direita, limpou  para o meio e bateu forte, por cima. E nada mais aconteceu de interessante.

  Venceu o Ceará  porque jogou melhor, foi coletivamente mais arrumado, poderia ter feito um placar mais folgado. Um Vitória decepcionante, sem forças, sem repertório, nenhuma inspiração.     

*

Destaques

O rodado lateral Samuel Xavier foi o nome do jogo, arrebentou. Quixadá é insinuante mas como perde gols! Boa atuação da zaga e do veterano apoiador Edinho.

No Vitória ...  Leo Gomes, a briga de R. Andrade, a vontade de Leo Ceará, só.  

*

Ficha Técnica

                       Ceará - Éverson, Samuel Xavier, Thiago Alves, Luis Otávio e F. Jonatan; Edinho, Richardson, Calyson (Pedro  Ken) e Quixadá; Leandro Carvalho e Arthur (Brock).  Treinador, Lisca.

                       Vitória – Ronaldo, Jeferson, Ramon, Aderllan e Fabiano; R.Andrade,

Leo Gomes, Meli (Rhayner) e Bryan (Lucas Fernandes); Neilton (André Lima) e Leo Ceará. Treinador, Carpegiani.

No apito, Marcelo Aparecido de Souza (SP)

 
*

 Pela 26ª rodada, o Vitória recebe o Botafogo (RJ), domingo, no Barradão.


**

Outros jogos:  

- Grêmio 2 x 0 Paraná; Ainda no sábado, 19h: Vasco  x  Flamengo.

No domingo -  Bahia x Palmeiras, Santos x São Paulo, Cruzeiro x Atlético (MG)

                           Botafogo x América (MG), Atlético Paranaense x Fluminense

                           Corínthians x Sport.

Na segunda à noite, fechando a rodada, Chapecoense x Internacional.