ter�a-feira, 19 de outubro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

PORCO comeu Leão e Bahia empata com Cruzeiro

O Vitória desce a ladeira e mesmo com novo técnico sua defesa é a mais vazada do campeonato
19/08/2018 às 18:59
Mesmo com a estreia do treinador P C Carpeggiani e do lateral Benitez e atuando dentro de sua Toca, o Barradão, o Leão continua levando gols a rodo e sem conseguir marcar.  Levou 3 x 0 do Porco, o Palmeiras, e até foi pouco diante da absoluta superioridade da equipe paulista, que atuou em ritmo de treino.

  Em Minas, o Bahia encarou a Raposa, o Cruzeiro, e conseguiu um empate (1 x 1), fazendo um jogo equilibrado. Até abriu o placar, na segunda etapa, mas logo permitiu o empate numa falha defensiva coletiva.

*

 Com os resultados, na rodada 19ª, a metade  da competição ( o chamado primeiro turno), o Tricolor chegou a 22 pontos ganhos e subiu mais uns degraus na tabela de classificação, é o 10º colocado.

  Já o Vitória, dorme agora na zona de rebaixamento, o famigerado Z-4, com 19 pontos ganhos, em 17º lugar.   


*

Outros resultados da 19ª rodada

- Santos 3 x 0 Sport; Corínthians 0 x 1 Grêmio; Atlético Paranaense 3 x 0 Flamengo;

  Internacional 1 x 0 Paraná; Botafogo  0 x 3 Atlético Mineiro.

  Ainda na noite do  domingo: América (MG) x Fluminense; São Paulo x Chapecoense.

  Na segunda-feira, 20h:  Vasco  x  Ceará.

*

   No Barradão

O Porco comeu o Leão    

Tarde nublada, público pequeno para a importância da partida (pouco mais de 8.500 pagantes).  Começo equilibrado, mas... 

- Gol !  1 x 0 Palmeiras, Deyverson, aos 13 minutos, recebendo de Marcos Rocha, sem marcação na meia lua, batendo no canto; o goleiro Ronaldo saltou e não alcançou, levou por baixo.

 - Gol ! 2x 0 Palmeiras, Deyverson, de cabeça, completando cruzamento de escanteio cobrado por Dudu. Subiu livre, na linha da pequena área.

  Não é à toa que a defensiva rubro-negra é a mais vazada da competição.  Uma água, mamão com açúcar por cima e por baixo. O Vitória nervoso e o Verdão em cima, bombardeando, gols perdidos, bola na trave ...  a torcida no desespero, vaiando, xingando.  O Palmeiras  mandou em campo na primeira etapa.

*

  O Leão voltou dos vestiários com uma postura mais ofensiva. Mas o Palmeiras administrava a superioridade no placar, beliscando, sem forçar muito, na espera.

 - Gol !  3 x 0, Dudu, aos 14 minutos.  Em ritmo de baba, o baixinho recebeu de Lucas Lima e costurou a defesa, escolheu o canto, fácil.

  Os paulistas passearam em campo, até o final. O Leão entregue, sem reação.

  *

  Carpegianni vai ter muito trabalho para remendar o time. Começando por tentar arrumar a defesa, que levou 39 gols em 19 jogos.

*

  No Mineirão

Briga boa com a Raposa

 

  Domingo claro em BH, bom público (mais de 26  mil no estádio), muito azul nas arquibancadas.

  Bem estudado no começo, troca de passes e marcação no meio campo, apenas.  Aos 17’, o primeiro chute a gol, de Tiago Neves, para defesa de Ânderson.  O Tricolor respondeu aos 20’, penetrando pelo meio; o chute de Gilberto parou no braço do defensor Egídio, mas a arbitragem carioca interpretou como lance normal de bola na mão.  Os baianos chiaram.  Aos 42’, Gilberto mandou bala da entrada da área, passou perto, assustando o veterano e bom goleiro Fábio.

  Uma primeira etapa morna, equilibrada, pau a pau. O Bahia criou até mais chances de gol.  

*

   E o Tricolor voltou em cima, atacando, criando mais situações de perigo, mas a Raposa é matreira, sempre perigosa nos contragolpes.

- Gol !  1 x 0 Bahia ! Grolli, de cabeça, ganhando da zaga mineira no alto, cruzamento de Vinícius da direita, testando para o chão. Aos 14 minutos.

 Nem  deu muito tempo  para comemorar. Uma bola perdida por Gregore no meio campo, uma ratada de Bruno, que não cortou o lançamento em profundidade, mais um cochilo de Lucas Fonseca e...

 - Gol !  1 x 1 Cruzeiro ! Tiago Neves, de cabeça, na pequena área, cruzamento sutil de Egídio.

  O Bahia trabalhava mais a bola, porém não conseguia penetrar na zaga adversária. Os mineiros na moita, apostando no bote, no erro adversário. Ênderson trocou o inócuo Elber pelo garoto Marco Antonio e, em seguida, Vinícius por Régis, aos 30’. Aos 38’, Edigar Junio substituiu Gilberto.

  Bom de ver, bola no chão, lá e cá, bons lances de área, jogo limpo até o final. Empate justo.   

 

**

Próximo confrontos:

- O Tricolor recebe o Inter, quarta-feira, na Fonte Nova, às 20h30.

-  Já o rubro-negro encara o Flamengo na quinta, 19h30, Maracanã.

  Pedreiras !

 

**

  Seleção Brasileira

  Passada a Copa, Tite  fez sua primeira convocação para amistosos nos EUA, dias 7 e 11 setembro, contra os Estados Unidos e El Salvador. Algumas caras  novas, mas uma renovação tímida.  Eis a lista:

Goleiros – Álison  (Liverpool), Neto (Valência)  e Hugo (sub-20 do Flamengo).

Laterais – Fagner (Corínthians), Fabinho (Liverpool), Alex Sandro (Juventus) e Filipe Luis (Atlético de Madri)

Zagueiros – Tiago e Marquinhos (PSG), Dedé (Cruzeiro) e Felipe (Porto)

Apoiadores – Cassemiro (Real Madrid), Artur (Barcelona), Fred (Manchester United)

Meias – Paquetá (Flamengo), Andreas (Manchester United), Phillipe Coutinho (Barcelona) e Renato Augusto (Beijing/ China).

Atacantes – William (Chelsea), Firmino (Liverpool), Pedro (Fluminense), Douglas Costa (Juventus), Éverton (Grêmio) e Neymar (PSG).