ter�a-feira, 19 de outubro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

Vitória vence Paraná e se distancia da zona maldita

VITÓRIA VENCE JOGANDO EM CASA
19/07/2018 às 09:44

  Um gol na primeira etapa, a boa estreia do veterano Arouca no meio campo, o mesmo esquema de contragolpes e bolas alçadas, dificuldades defensivas, mas valeu o resultado (1 x 0), que afastou um pouco a equipe da zona da degola.  

 Recomeço do Brasileirão/Série A, 13ª  rodada. Vitória 1  x 0  Paraná, Barradão, quarta-feira, 18 julho, 21 horas, noite invernosa, público pequeno nas arquibancadas.

 

*

Bola rolando

 -  Já aos 3’, no velho estilo, o Leão quase marcou:  Bola parada alçada da esquerda e Kanu penetrou pela direita, subindo alto e testando forte para a boa rebatida do goleiro Thiago Rodrigues.

  Joguinho murrinha, o time da casa na pressão, atuando no campo adversário mas sem criar muita coisa.  Faltas, escanteios, bolas levantadas...  Até que:

 -   Gol ! 1 x 0 Vitória, André Lima.  Bola alçada da esquerda em cobrança de falta, disputa pelo alto, a defesa paranaense não resolveu, Lucas Fernandes pegou o rebote de fora da área, acertou o pé da trave e André Lima, livre na pequena área, conferiu a sobra, abrindo o placar aos 35 minutos.

  O Leão não recuou, continuou forçando, buscando o ataque. Só aos 43’ o Paraná assustou, num chute forte cruzado de Itaperuna que parou na rede, pelo lado de fora. E só, na primeira etapa.

*

  Nada mudou na volta dos vestiários. O Vitória fechadinho, todos recuando para o campo defensivo quando a bola está com o adversário e apostando no contragolpe.  O esquema do Mancini. Só  aos 17’ min o Paraná chutou a primeira bola na direção do gol baiano, de longe, nas mãos do goleiro Elias. Aos 33’, pressão paranaense e Aderllan salvou o empate, tirando a bola que entrava em cima da linha.  Aos 44’, numa bola cruzada do fundo, pela esquerda, Rafael Alemão livre na pequena área desperdiçou a chance do empate.

   Valeu pelo triunfo e os três pontos. O Vitória foi melhor na primeiro tempo mas não jogou nada na segunda etapa.

 

*

 

  Ficha Técnica:

                           Vitória – Elias, Jefferson, Kanu, Aderllan e Ryan; Arouca, Filipe Souto, Guilherme Costa (William Farias) e Lucas Fernandes; André Lima e Luan (Wallisson).   Treinador, Mancini.

                           Paraná – Thiago Rodrigues, Junior, Charles, Rayan e Ygor; Alex Santana, Leandro Vilela, Carlos Eduardo e Silvinho; Itaperuna e Thiago (Rafael Alemão).   Treinador, Micale.

No apito, o ‘caseiro’ e conversador Silvio Pereira Sampaio (trio do DF).

*

   Caras novas

 O rubro-negro tinha 36 dias fora dos gramados, o último confronto, pela 12ª rodada da competição tinha sido no dia 12 de março, quando levou 3 x 0 do São Paulo, no Morumbi. Tempo de sobra para descanso, recuperação de atletas machucados, treinamento e chegada de caras novas, engordando o plantel.

 Ao todo, até agora, oito reforços na Toca do Leão: o goleiro João Gabriel, o zagueiro Ruan Renato, o lateral argentino Benitez, os volantes Arouca e Meli (argentino), e os atacantes Erick, Bruno Gomes e Walter Bou (argentino).

*

  Neilton e Yago não foram relacionados para a partida contra o Paraná por conta de suspensão/cartões amarelos.   Estão ainda no estaleiro  Rhaynner, Juninho, Rodrigo Andrade e  Nickson.    

*

 Domingo tem Ba x Vi, na Fonte Nova.  

*

Outros jogos da quarta:

 Ceará  1 x 0 Sport, encerrado.   Mais Flamengo  0 x  1 São Paulo; Corínthians 2  x 0 Botafogo;

Grêmio 2 x 0 Atlético (MG) – 

**

  Bahia em Chapecó

 Nesta quinta, mais cinco jogos fechando a rodada 13.

 Inclusive  o Chapecoense  x Bahia, na Arena Condá, em Chapecó (SC). O Bahia não venceu uma só partida fora de casa até agora na competição. E tem quatro jogos sem fazer um só gol. Enderson Moreira, o treinador, está com esse peso nas costas.

A equipe não joga, não chega, não encaixa.   Devem estrear o lateral direito Bruno e o centroavante Gilberto.  

 Mais jogos na quinta, fechando a rodada de reabertura do Brasileirão: 

Cruzeiro  x  América (MG); Vasco x Fluminense; Santos x Palmeiras; Atlético Paranaense x Internacional.