ter�a-feira, 19 de outubro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BAHIA vence Ceará e fica a um passo da final do Nordestão

O Bahia venceu por 1x0
22/06/2018 às 11:58
Foi só 1 x 0, mas o resultado fora de casa deu uma boa vantagem ao Tricolor, que basta agora vencer o mesmo Ceará, na próxima semana, na Fonte Nova, e disputará a final da Copa do Nordeste contra o vencedor do duelo Sampaio Correia (MA) x ABC (RN). O Bahia, superior em campo, quer conquistar o BI da competição e firmar-se como o melhor da região.

*

Ceará 0 X 0 Bahia, Nordestão, fase semifinal, jogo em Fortaleza, na Arena Castelão, com 15mil pessoas nas arquibancadas. Estreia do treinador Enderson Moreira no banco/vestiários da equipe baiana.

*

Bola rolando:

 O Tricolor baiano mostrou uma postura ofensiva desde o começo,  jogando mais no campo adversário.

-  Aos 12’, cruzamento de Nino, cobriu a zaga, Mena matou no peito mas o goleiro Everson dividiu no chão e ganhou, evitou o gol.  Aos 19, em nova arrancada de Nino, Régis não conseguiu dominar, de frente para o goleiro.

  Aos 23 min o centroavante Kayke sentiu  fisgada no músculo da coxa e deu lugar a Elber, mais aberto na direita e com Ze Rafael mais enfiado entre os zagueiros do ‘vovô’.

   Depois dos 30, o tricolor arrefeceu, os atletas escorregando no gramado molhado, o Ceará a gostar do jogo, ameaçando. Só aos 43’ o Bahia voltou a ameaçar, pelo lado direito com Élber, mas Régis demorou de finalizar.

Um Bahia melhor em campo na primeira etapa, mas ainda carente de qualidade no quesito finalização.

  *

  O tricolor voltou dos vestiários inteiro no ataque, fazendo pressão, na área inimiga. Mas, aos 11 min, numa bobeira defensiva baiana, os cearenses meteram uma bola na trave e, depois, Anderson teve de espalmar um chute forte de Luigi. A defesa tricolor frouxa na marcação.  

- Gol ! 1 x 0 Bahia, Élber, aos 15 min, completando cruzamento de Regis da canhota, após um contragolpe rápido puxado por Ze Rafael.

  O treinador cearense trocou jogadores e partiu para frente, buscando  um melhor  resultado. O tricolor retraiu-se, optando pelos  contra-ataques. Aos 28’, em cobrança de falta de Pio, Anderson voltou a trabalhar bem, garantindo o ‘leite das crianças’.   

  No mais, um resto de jogo bem administrado, sem problemas.  A torcida cearense indócil.

*

  Bem Ânderson, a dupla Gregore e Élton, Mena e Régis – os melhores.


*

Ficha técnica:

                         Ceará – Éverson, Arnaldo (Reina), Patrick (Juninho Piauiense),  R.Alves, e Romário; Felipe Azevedo,  Pio, Ricardinho, Naldo, Luigi e Élton. Treinador, Lisca.

                         Bahia – Anderson, Nino, Tiago, Lucas Fonseca e Leo; Gregore, Élton, Mena e Régis (Allione); Ze Rafael e Kayke (Élber).  Treinador, Ênderson  Moreira.

No apito, Ricardo  Marques (MG).   

                       
**

-  O jogo de volta, definitivo, acontece na próxima terça, dia 26, na Fonte Nova.

   Na outra semifinal, Sampaio Correia x ABC de Natal..