ter�a-feira, 30 de novembro de 2021
Política

SENADOR CORONEL RECUA E DESISTE DE PROPOR FERIADO À SANTA DULCE

Senador alega impactos econômicos e desiste de propor feriado à Santa Dulce
Tasso Franco , da redação em Salvador | 24/11/2021 às 10:15
Santa Dulce dos Pobres
Foto: REP
   O senador Angelo Coronel (PSD-BA) desistiu de propor um feriado nacional em homenagem à Irmã Dulce, que se tornou Santa Dulce dos Pobres em 2019. A proposta, aprovada na Comissão de Educação do Senado, segue para análise da Câmara dos Deputados para que 13 de agosto se torne o "Dia Nacional de Santa Dulce dos Pobres". 

Se aprovada, precisa de sanção presidencial para entrar em vigor. De acordo com a Agência Senado, o parlamentar mudou de ideia para evitar impactos econômicos e devido às dificuldades na aprovação da iniciativa. 

"Inicialmente o projeto previa que a homenagem à Irmã Dulce fosse um feriado nacional. Mas buscando evitar impactos econômicos e dificuldades na aprovação da iniciativa, o próprio Angelo Coronel propôs eliminar o feriado, tornando o 13 de agosto como o Dia Nacional da Santa Dulce dos Pobres", informou a Agência Senado ontem. 

A proposta teve como relator na Comissão de Educação o senador Flávio Arns (Podemos-PR). Irmã Dulce foi canonizada em outubro de 2019, 27 anos após a sua morte, e é a primeira santa genuinamente brasileira. Conhecida como "Anjo Bom da Bahia", Santa Dulce dos Pobres tem o dia comemorado em 13 de agosto.