quarta-feira, 23 de junho de 2021
Política

BAHIA JÁ RECEBEU QUASE 5 MILHÕES VACINAS CONTRA COVID DO GOV FEDERAL

Bahia: Dos 920.422 casos confirmados desde o início da pandemia, 885.369 já são considerados recuperados, 16.073 encontramse ativos e 18.980 tiveram óbito confirmado.
Tasso Franco , da redação em Salvador | 06/05/2021 às 20:37
Mais 242.200 novas doses foram recebidas hoje pela Bahia/SESAB
Foto: SESAB
   MIUDINHAS GLOBAIS:

1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.471 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.139 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (6) também registra 83 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 920.422 casos confirmados desde o início da pandemia, 885.369 já são considerados recuperados, 16.073 encontramse ativos e 18.980 tiveram óbito confirmado.

2. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.214.512 casos descartados e 201.365 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 47.627 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

3. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 18.980, representando uma letalidade de 2,06%. Dentre os óbitos, 55,57% ocorreram no sexo masculino e 44,43% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,68% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,98%, preta com 15,37%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,40% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 64,15%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,54%).

4. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                                   ******
5. Uma nova remessa com 244.200 vacinas contra a Covid-19 chegou nesta quinta-feira (08) à Bahia. Todas as doses são da Astrazeneca/Oxford. O voo trazendo os imunizantes pousou no aeroporto de Salvador por volta das 9h45. Todo o carregamento será encaminhado para Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos – CEADI da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), de onde deve ser expedido para os municípios.

6. O envio será feito no sábado, quando uma remessa de vacinas Coronavac deve chegar. Desta forma, será necessária apenas uma operação logística de distribuição. Como ocorreu uma entrega na última segunda, os municípios ainda possuem estoque da primeira dose da AstraZeneca. No entanto, caso os municípios terminem as doses antes do envio no próximo sábado (8), a Sesab fará o despacho antecipado por via terrestre. Os Núcleos Regionais de Saúde estão monitorando a realidade de cada localidade.

7. Com o novo lote, a Bahia totaliza 4.924.860 doses de vacinas recebidas desde o dia 18 de janeiro, data de chegada da primeira remessa. Esta nova remessa dará possibilidade de que continue sendo imunizado os públicos de grupos prioritários do plano de vacinação contra a Covid-19.
                                                   ******
8. O Brasil se tornou nesta quinta-feira o terceiro país do mundo a superar a marca de 15 milhões de casos confirmados de coronavírus, após Estados Unidos e Índia, com o registro de 73.380 novas infecções elevando o total a 15.003.563, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

9. Também foram contabilizados 2.550 novos óbitos em decorrência da covid-19, o que faz com que o total de vítimas fatais de doença no país chegue a 416.949 - a segunda maior contagem do mundo, abaixo apenas dos EUA.

10. Depois de atingir um pico de 4.249 mortes em um único dia em 8 de abril, na esteira da disseminação de uma variante mais transmissível do coronavírus, o País tem verificado recentemente uma estabilização dos índices da pandemia, ainda que em patamares elevados.

11. O recorde diário de mortes visto no início do mês passado ocorreu pouco após o registro da máxima diária de casos, em 25 de março, quando foram contabilizadas 100.158 novas infecções.
                                                   *****