quinta-feira, 23 de setembro de 2021
Esporte

PROTESTO DA DELEGAÇÃO BRASILEIRA EM TÓQUIO FOI UM FIASCO ESPORTIVO

Defile com quatro brasileiros e sandálias havaianas, QUE COISA!
Tasso Franco , da redação em Salvador | 23/07/2021 às 12:07
Defile com quatro brasileiros e sandálias havaianas
Foto: REP
   A decisão do Comitê Olímpico do Brasil (COB) de só levar os porta-bandeiras do Time Brasil para a cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio foi um fiasco. Pode, no entanto, ser considerado um recado politico ao governo Bolsonaro reconhecidamente negacionsita diante da pandemia, só agora com uma política mais efetiva de vacinação da população brasileira. Bruninho e Ketleyn Quadros usaram o equiopamento Pff2 de proteção facial, mas, centenas de outros atletas do mundo olímpico fizeram o mesmo.

Em contradição ao exposto durante o desfile a delegação brasileira promoveu outro desfile na Vila Olímpica. Ora, se era para dar um recado político ao governo e ao país esse segundo desfile deveria ser suprimido.  

O COB conseguiu vacinar, com doses doadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), mais de 85% da delegação brasileira, e montou um protocolo, com a ajuda da Fiocruz, para reduzir ao máximo os riscos de contaminação nos Jogos. Um teste positivo para Covid-19 agora significa, praticamente, o fim do sonho olímpico. Pelas regras, o atleta contaminado fica afastado por até 10 dias. Delegações de outros países também foram vacinadas.

A decisão tomada pelo COB de não levar nenhum atleta a não ser quem carregaria a bandeira brasileira, aconteceu ontem, apesar de o Estádio Olímpico ser um local aberto e a entrada de atletas respeitar o distanciamento social entre as delegações.

O que se viu no desfile, no entanto, foi o congraçamento e aglomerações (de vacinados) com enormes delegações de todas as partes do mundo - China, Uruguai, Argentina, Espanha, Alemanhha, EUA, Dinamarca, etc - e atletas do Tajiquistão e do Quirguistão, por exemplo, sequer as usavam máscaras embora o equipamento faça parte do protocolo sanitário dos Jogos de Tóquio. 

Ao todo, segundo a organização, foram 5.700 atletas espalhados entre os 206 países. E a delegação brasileira decepcinou. Vamos ver agora nos resultados das competições se trazem algumas medalhas. O Brasil, no rankink Olímpico, é o 29º colocado em medalhas com 129 ao todo. Os Estados Unidos o primeiro com mais de 2.500.