quarta-feira, 12 de maio de 2021
Cultura

A PROMETIDA DE ZORTH 23: A AMIZADE DE ANNA VIRA PAIXÃO POR JÚLIA

E agora, como Júlia vai se comportar diante as cantadas de Anna?
Tasso Franco , da redação em Salvador | 06/04/2021 às 09:25
Surge um novo love na trama da conquista de Júlia ao Alfa Supremo
Foto: Seramov
   O jornalista Tasso Franco publicou nesta terça-feira, 6, o 23º capítulo do seu novo livro "A Prometida de Zorth - o alfa supremo" no aplicativo Wattpad e fala do amor de Anna por Júlia. Veja abaixo e os demais capítulos no Wattpad.   

                                                            Capítulo 23
  
 
                                     A AMIZADE DE ANNA VIRA PAIXÃO POR JÚLIA

 

   Os comentários dos blogs sobre a festa da Gaiola dos Prazeres eram o must. 

   Júlia estava focada na possibilidade de se transformar. Tinha em Anna sua conselheira. Ficara, no entanto, agradecida com a proteção da loba enrustida e excitada com suas lambidas durante o duelo de lobos na Gaiola. Não queria falar nada para ela temendo um aconchego maior. 

   Agora, com a certeza de que ela tinha o poder se transformar, que conhecera a história de Zorth e da alcateia da Mata Flamenjante sabia do poder de sua amiga e de suas intenções. 

   Sentimento vago de que Anna estava sempre no cio. Daí que toda precaução seria pouca. Tinha quase certeza de que Zorth a queria, sempre. Que o alfa mesmo com toda sua raiz, com toda sua história, tinha um chamego especial com ela. Era uma questão de tempo para conquistá-lo.

   Também conhecia de estudos da faculdade a história de reis que mudaram de mulher, outros que tiveram amantes, monarcas que abdicaram a coroa, rainhas que dispunham de haréns. Sonhar não pagava nada. Então, sonhava.

   Júlia volta a conversar com Anna:

   - Tenho que me preparar para o tal ritual da transformação com Zorth, disse com a certeza de que deveria fazer isso, mas, ainda estava com medo.

  - Ah! Não se encuque. Theo já deu o sinal. Certamente ele vai aguardar a lua nova e marcar a data. Se alimente bem, coma carne, tome umas vitaminas C e pronto. V é forte, saudável e tem um sabor especial. Transfusão de sangue exige preparo físico adequado.

   - Você brinca, kkkkkk com a miséria dos outros. O calendário diz que a lua nova será na próxima semana. 

   - Não quer falar nada da noite da festa do Beny, do novo ataque que sofreu e da proteção que teve?

   - Creia, já estou até me acostumando a isso. Foi uma boa proteção do meu rei, kkkkk. E, umas lambidinhas da queen, kkkkkk.

    - A rainha sabe fazer bem, kkkkk

   - Pude sentir um pouco desse sabor. Engraçado, fiquei excitada mesmo diante do perigo da morte por aquela loba ciumenta.

   -  Meus dedinhos trabalharam bem.

  - Ousada, nem reparei. Preciso me concentrar no ritual, enfrentar a fera e não ficar falando desse assunto para não embaralhar minha cabeça.

  - Já lhe disse o que tens de fazer. Lembre-se. Não se entregue de toda. O rei tem casa, tem dona, tem tradição.

  -  Lá vem você com essa zorra de tradição da idade média, do tempo anterior a Shakespeare, de Romeu e Julieta.

  - Quem avisa amiga é. Não custa repetir isso. Tem gente que aceita ser a segunda, a terceira, abrindo as pernas sem chiar, sem ciúmes, sem reclamar. E até recebendo uma mesadinha, kkkkk.

 - Não vou ser segunda de ninguém, nem vou aceitar mesada alguma. Se você quiser mande ele enfiar os 1 mil que mandou para a Conegundes naquele lugar. Quero só ter poder para me defender daquela infame da Zaram.

  - Estou aqui para lhe ajudar em tudo. Devolver os 1 mil seria uma desfeita, uma agressão, porque foi dado de coração pelo alfa. Falei mesada de quem recebe todo mês, vive na função de amante e o mundo tá cheio delas.

  - Tenho meus estudos, vou me formar no final do ano, vou morar em São Paulo, tô fora disso. Vou ter minha vida lá numa boa, diferenciada, e sairei desse sufoco. É questão de tempo.

  -  Se quiseres ser a primeira tem um porto seguro perto de você.

    - V insinua coisas, maldosinha! Não tô pensando em nada disso. Quero ter minha vida livre longe daqui só preciso enquanto não me formo de uma proteção pessoal. Já fui atacada três vezes e fico dependendo dos outros.

    - Maldosinha da frutinha deliciosa bobinha. O alfa já determinou que ninguém lhe fará mal. Salvo se for um atentado muito bem planejado.

    Julia desconversou e foi para sua aula. 

    Júlia Pensando:

    O que deseja minha melhor amiga? Estou frita, cercada de dois lados. Cada momento sua agonia. Dar tempo ao tempo. Prioridade, agora, é tomar as vitaminas e me preparar para o ritual da transfusão do sangue humano para o misto que permite ser mulher e loba. Preciso dessa proteção por 6 meses, 1 ano, que é o tempo em que recebo meu canudo na faculdade e vou-me para São Paulo. De trem, de bus, de plane, longe de toda essa aflição.
                                                                     *******
***Será que Júlia vai resistir a transfusão de sangue a ser realizada pelo homem-lobo supremo? E como ela vai se comportar diante das cantadas de Anna?