quarta-feira, 12 de maio de 2021
Tecnologia

PREFEITURA LANÇA SITE PARA ORIENTAR IDOSOS QUE VÃO TOMAR A VACINA

Hoje, idade de 79 anos ou mais. Veja o filômetro
Tasso Franco , da redação em Salvador | 04/03/2021 às 16:24
Prefeito Bruno Reis, vice Ana Pala e secretário Leo Prates
Foto: Valter Pontes
A população de Salvador já passa a contar com uma nova ferramenta digital que informará sobre a intensidade das filas nos pontos de drive-thru montados durante a estratégia de vacinação contra o coronavírus. A iniciativa foi apresentada pelo prefeito Bruno Reis nesta quinta-feira (4), em coletiva virtual à imprensa no 5º Centro de Saúde, nos Barris, durante o início da imunização para idosos acima de 79 anos. Também estiveram presentes a vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos, e o secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates.

Por meio do link www. vacinacovid. saude. salvador. ba. gov. br , é possível visualizar em tempo real quais drives em operação registram pouca ou grande demanda.  “Importante que as pessoas, antes de saírem de casa, acessem esse site para saber como estão os pontos de vacinação. Temos hoje três locais exclusivos para imunização de idosos acima de 79 anos ”, explicou o prefeito.

A ferramenta traz a quantidade de pontos ativos e de vacinados do dia, bem como os status geral de filas e de cada espaço específico – se há pouco movimento, moderado ou intenso. Também é possível ver o público-alvo atendido em cada local (se profissionais da saúde ou idosos) e quais doses estão sendo aplicadas (se a primeira ou de reforço).

A ideia é que os cidadãos inseridos dentro dessa primeira fase de vacinação contra o coronavírus evitem se dirigir aos drive-thru em períodos do dia que são mais demandados, evitando, portanto, longas esperas.

Reações adversas – Na ocasião, Bruno Reis também apresentou o site www. reacoesadversascovid. saude. salvador. ba. gov. br, que traz um formulário on-line para registro de eventuais reações adversas pós-vacinação contra a Covid-19. Além de preencher os dados pessoais, o cidadão pode especificar data do início dos sintomas e após qual dose, além do tipo de reação sentida. 

A nova ferramenta permite emissão de relatórios com as informações consolidadas, busca ativa, monitoramento e vigilância dos casos. “É importante destacar que não temos tido registro de reações adversas pós-vacinação. Mas, quem tiver, pode preencher esse formulário que a Prefeitura dará todo o apoio necessário”, destacou o chefe do Executivo Municipal.

Situação crítica – O prefeito apresentou também a atual situação da pandemia em Salvador. Conforme o gestor, a cidade segue enfrentando um cenário crítico mesmo com os esforços para ampliar a capacidade de leitos exclusivos para a Covid-19 e endurecimento das medidas restritivas.

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) continuam pressionadas pela alta demanda de pessoas infectadas com a doença e que estão em busca por vagas de internação. Ontem (3) foram 71 pacientes regulados para hospitais de campanha. 

“Temos hoje 117 pacientes aguardando nas nossas UPAs. Um recorde. Ontem (3) esse número era de 107 pacientes, anteontem (2), foram 96. Isso tudo mesmo mantendo média de 70 regulações por dia. Por mais que estejamos adotando as medidas de isolamento social, os números continuam crescendo na cidade”, alertou Bruno Reis.

Ele voltou a lembrar dos esforços municipais para estender a oferta de atendimento do tratamento de pacientes com o coronavírus, como a recente mobilização do Hospital Salvador e de quatro Unidades de Saúde da Família. Haverá ainda inaugurações de uma nova tenda de suporte ventilatório na UPA dos Barris, prevista para esta sexta-feira (5), e do hospital de campanha na Estação Cidadania de Itapuã, que deve ocorrer semana que vem.

“Mas volto a fazer apelo para só sair de casa se houver necessidade. Quem precisar sair, use máscara. Se não conseguirmos conter a curva de contágio, o colapso no sistema de saúde pode acontecer nas próximas horas”, alertou.

Respiradores – Salvador contará com mais 29 respiradores que servirão para implantação de novos leitos de UTI. Seis equipamentos foram requisitados junto ao Instituto Bahiano de Ortopedia e Traumatologia (Isbot). Além desses, a Prefeitura adquiriu mais oito unidades no valor de R$75 mil cada, frutos de contrapartida com a rede atacadista Assaí. Ainda nesta quinta (4) estão previstos para chegar na capital outros 15 respiradores cedidos pelo governo federal.

Doações – Bruno Reis reforçou o papel que organizações privadas e sociais têm exercido na capital baiana, ajudando nas ações municipais de enfrentamento à pandemia.  A Associação Comercial da Bahia viabilizou a doação de 15 mil litros de hipoclorito de sódio que serão utilizados na desinfecção de estações de transbordo, ônibus e localidades com grande incidência de casos de coronavírus. 

O Instituto Liga do Bem e o Senai/Cimatec entregaram 10 mil e 7 mil face shields, respectivamente, que servirão de proteção facial a rodoviários e trabalhadores da saúde. A rede D’ Or, por sua vez, doou 70 bombas de infusão e 30 monitores que permitirão abertura da nova tenda da UPA dos Barris, assim como na ampliação de leitos do Hospital Salvador e das instalações do hospital de campanha de Itapuã.