quarta-feira, 08 de dezembro de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

PANDEMIA SARS-COVID RESISTE NA BAHIA E SE MANTÉM NA CASA 2.887 ATIVOS

Pandemia não cede e preocupa autoridades da SESAB
20/11/2021 às 11:11
     1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 590 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,05%) e 539 recuperados (+0,04%). O boletim epidemiológico deste sábado (20) também registra 6 óbitos. Dos 1.255.237 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.225.123 já são considerados recuperados, 2.887 encontram-se ativos e 27.227 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde.

  2. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.610.123 casos descartados e 251.773 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado. Na Bahia, 52.476 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. P

  3. Com 10.945.670 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose ou dose única, a Bahia já vacinou 85,97% da população com 12 anos ou mais, estimada em 12.732.254. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas.
                                                    *****
  4. Aumento de casos de racismo, machismo e intolerância em Salvador levou o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) a repudiar os episódios e pedir intervenção para investigar os crimes cometidos em unidades escolares públicas e privadas. Assunção utilizou o Dia da Consciência Negra, celebrado neste sábado (20 de novembro), para tratar dos assuntos e reforçar a importância de um núcleo para acompanhar os casos e os envolvidos.

  5.  “Em três colégios particulares, atos de racismos foram flagrados e divulgados amplamente pela mídia. Em uma unidade pública, uma professora foi levada para a delegacia por tratar de feminismo e direitos das mulheres. São casos graves e dentro de locais que deveriam ajudar a diminuir a desigualdade. É preciso intensificar as ações contra esses crimes na capital baiana, a cidade mais negra fora do continente africano”, salienta o petista.

 6. Valmir se solidarizou com a professora do Colégio Vitória Régia, que utilizou um livro da escritora mineira negra Conceição Evaristo para tratar sobre a pobreza e a violência que acometem o povo negro no país. 

 7. O deputado reforça o pedido de intervenção do Ministério Público da Bahia (MP-BA) solicitada pelo Sindicato dos Professores (Sinpro-BA) e corrobora com lideranças políticas estudantis, que também repudiaram os casos envolvendo, além do Vitória Régia, o Portinari, o Sartre e o público Thales de Azevedo. Para a diretora de Combate ao Racismo da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Liriel Maia, todos os casos reforçam a estrutura racista presente na sociedade.

  8. A Polícia Militar da Bahia irá marcar o Dia Nacional da Consciência Negra, que neste 20 de novembro completa 50 anos, com a divulgação de mensagem nos alto-falantes das viaturas para sensibilizar a sociedade baiana sobre racismo e igualdade de direitos.

  9. A ação, que segue até o dia 30/11, envolverá toda a tropa durante as rondas de policiamento ostensivo no estado.

  10. “Que o Dia da Consciência Negra contribua para a reflexão  permanente e amplifique as vozes sobre o tema. A PMBA reafirma o compromisso institucional na luta antirracista e pela igualdade de direitos”, reforça o comandante geral da PMBA, coronel Paulo Coutinho.

  11. A luta pela igualdade racial e o combate ao racismo são compromissos históricos que integram a agenda de luta do Partido dos Trabalhadores da Bahia, seja através da atuação parlamentar, com os mandatos dos deputados Valmir Assunção, Bira Corôa, da deputada Fátima Nunes e da vereadora Marta Rodrigues, ou pelos esforços da Secretaria de Combate ao Racismo do Diretório Estadual do PT Bahia. Em um estado onde cerca de 70% da população é negra, o debate, ações e projetos são fundamentais para se combater a desigualdade.

  12. O vídeo "Naquela Mesa", que faz parte de uma das campanhas publicitárias do Governo do Estado da Bahia para conscientizar sobre os fortes efeitos da pandemia do Covid-19, é um dos vencedores do 43° Prêmio Profissionais do Ano, organizado pela Rede Globo e considerado por muitos o maior prêmio da propaganda brasileira. A divulgação dos vencedores aconteceu nesta sexta-feira (19), e consagrou o vídeo baiano na categoria nacional "Valor Social".

  13. Assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=N6K4IOYThS0

  14. Lauro de Freitas está com inscrições abertas para o curso online de Empreendedorismo Negro, promovido pela Superintendência de Promoção de Política de Igualdade Racial (SUPPIR), vinculado à Secretaria Municipal de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial (SEPADHIR). O curso será realizado no dia 16, às 11h, transmitido pelo link (bityli.com/fw7bxt).

  15. As inscrições para o curso, que faz parte da programação do Novembro Negro do município, são feitas via o e-mail suppir-sepadhir@laurodefreitas.ba.br. Interessados devem solicitar a participação enviando nome completo e telefone para contato. Com parceria da Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), o curso será ministrado por Dandara Lopes, coordenadora da Comissão Gestora da Política de Empreendedorismo de Negros e Mulheres da Bahia. Haverá certificação.

  16. O conteúdo abordará conceitos de empreendedorismo e informações sobre empreendedores étnicos que atuam na Bahia; diferenciais e construção de redes e qualificação; marcos legais do empreendedorismo de negros e mulheres, além do Estatuto da Igualdade Racial e Intolerância Religiosa, Plano Estadual de Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais e a Lei 13.208/2014 – Política Estadual de Fomento ao Empreendedorismo de Negros e Mulheres.

  17. De acordo com Dandara Lopes, “o encontro vai somar elementos que proporcionam a conexão entre ações que podem ser desenvolvidas pelas comunidades e o que já existe na prática no município, além da reflexão sobre perspectiva do futuro e os impactos que o desenvolvimento do empreendedorismo no âmbito local e territorial proporcionará para as futuras gerações”.

  18. Aline Santos, superintendente de Política de Igualdade Racial da Sepadhir, reforça que o curso surge como uma estratégia de formação e capacitação de mulheres e homens negros que já vêm empreendendo. “Notamos que o empreendedorismo negro vem se fortalecendo, e capacitar as pessoas nesse momento é importante para que possam concorrer em mercados de trabalho e outros espaços” destacou.

  19. A retomada das atividades na Estação Cidadania (PEC 3000), situada no Pouso Alegre, na Itinga, será marcada pela oferta de atividades artísticas, culturais e esportivas à população, através do projeto “A Praça é Sua”.

  20. Serão disponibilizadas oito tipos de atividades, a serem escolhidas de acordo com a afinidade do público a partir de 7 anos de idade. Será possível praticar Capoeira, Dança Afro, Swing Baiano, Teatro, Jiu-jitsu, Taekwondo e Futsal. Pensando no bem-estar da turma da melhor idade, o projeto também disponibilizará aulas de aeróbica. 

  21. As inscrições serão realizadas a partir da próxima segunda-feira (22) e seguem até sexta-feira (26). Interessados devem se dirigir a PEC, das 9h às 14h, munido de RG, comprovante de residência e cartão de vacina contra a Covid-19. Se for menor de idade, os documentos devem ser de um responsável.