quinta-feira, 06 de maio de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

COVID BRASIL: 22.666 MORTOS; 363.211 INFECTADOS; BA 13.899; ÓBITOS

Segunda-feira, 25, por decreto do governador Rui Costa será dia santificado de São João
24/05/2020 às 10:34
MIUDINHAS GLOBAIS:

  1. O Brasil registra 22.666 mortes e 363.211 casos confirmados de covid-19, de acordo com boletim divulgado neste domingo (24) pelo Ministério da Saúde. O órgão contabiliza 149.911 recuperados do novo coronavírus. No dia anterior, sábado (23), o país registrou 22.013 mortes e 347.398 casos diagnosticados, o que significa 653 novos óbitos e 15.813 novos casos nas últimas 24 horas.

   2.  A Bahia registra 13.899 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 15,82% do total de casos notificados no estado e 460 óbitos. Cumpre ressaltar que 190 casos confirmados aguardam validação dos municípios.

   3. Considerando o número de 13.899 casos confirmados, 3.965 recuperados e 460 óbitos, 9.474 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.094 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

   4. Os casos confirmados ocorreram em 246 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,83%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.239,97), Ipiaú (3.923,88), Itabuna (3.878,57), Ilhéus (3.172,61) e Salvador (2.998,59)

  5. O boletim epidemiológico registra 35.981 casos descartados e 87.847 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h deste domingo (24).

  6. Na Bahia, dos 1.475 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 728 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 49%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 610 leitos exclusivos para o coronavírus, 375 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 61,5%. 

  7. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

  8. O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 44.772 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 24 de maio de 2020.

   9. Óbitos: 414º óbito – mulher, 70 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. Internada dia 12/05, veio a óbito dia 18/05, em hospital público, em Salvador;

415º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de obesidade e hipertensão arterial sistêmica. Internado dia 14/05, veio a óbito dia 19/05 em hospital público, em Salvador;

416º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 18/05, veio a óbito no mesmo dia (18/05), em hospital público, em Salvador;

417º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de obstrução intestinal. Internado dia 22/04, veio a óbito dia 07/05, em hospital público, em Salvador;

418º óbito – homem, 54 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 08/05, veio a óbito dia 17/05, em hospital público, em Salvador;

419º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 06/05, veio a óbito dia 20/05, em hospital público, em Salvador;

420º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular crônica. Internado dia 01/05, veio a óbito dia 16/05, em hospital público, em Salvador;

421º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de doença renal e insuficiência renal crônicas. Sem data de internação, foi a óbito dia 17/05, em hospital público, em salvador;

422º óbito – homem, 83 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, doença pulmonar prévia e doença renal. Internado dia 28/04, veio a óbito dia 15/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

423º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e obesidade. Sem data de internação, foi a óbito dia 17/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

424º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência cardíaca congestiva e miocardiopatia isquêmica. Internado dia 05/05, veio a óbito no mesmo dia (05/05), em hospital público, em Salvador;

425º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de doença pulmonar obstrutiva crônica e insuficiência cardíaca grave. Sem data de internação, veio a óbito dia 26/04, em hospital da rede privada, em Salvador;

426º óbito – mulher, 59 anos, residente em Salvador, portadora de artrite reumatóide. Sem data de admissão, veio a óbito dia 16/05, em unidade pública, em Salvador;

427º óbito – homem, 93 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Sem data de internação, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

428º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, cardiopata e hipertensa. Sem data de internação, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

429º óbito – homem, 63 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência cardíaca congestiva. Sem data de internação, veio a óbito dia 10/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

430º óbito – homem, 72 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência renal crônica e diabetes mellitus. Sem data de internação, veio a óbito dia 08/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

431º – óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de anemia falciforme e insuficiência renal aguda. Sem data de internação, foi a óbito dia 11/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

432º óbito – homem, 38 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem data de internação, foi a óbito dia 08/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

433º óbito – mulher, 60 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

434º óbito – homem, 46 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Sem data de internação, veio a óbito dia 10/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

435º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, sem comorbidade, data de internamento não informada, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

436º óbito – mulher, 75 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, data de internamento não informada, veio a óbito dia 09/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

437º óbito – homem, 33 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de internamento não informada, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

438º óbito – mulher, 50 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

439º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 15/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

440º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de sequelas de acidente cardiovascular (AVC). Sem data de internação informada, veio a óbito dia 17/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

441º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

442º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede federal, em Salvador;

443º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, portadora de senilidade, veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

444º óbito – mulher, 63 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

445º óbito – mulher, 49 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, e hipertensão arterial, veio a óbito dia 17/05, em seu domicílio, em Salvador;

446º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial, veio a óbito dia 14/05, em seu domicílio, em Salvador;

447º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

448º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e cardiopatia não especificada. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

449º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de demência. Internada dia 12/05, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

450º óbito – homem, 57 anos, residente em Salvador, comorbidade diabetes, internado no di15/05, veio a óbito dia 22/05, em unidade filantrópica, em Salvador;

451º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, internada no dia 07/05, veio a óbito dia 13/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

452º óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, comorbidade neoplasia, internada dia 05/05, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

453º óbito – homem, 71 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, internado no dia 07/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

454º óbito – homem, 102 anos, residente em Ilhéus, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 04/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

455º óbito – homem, 84 anos, residente em Ilhéus, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 08/05, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

456º óbito – mulher, 72 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, internada no dia 14/05, veio a óbito dia 22/05, em unidade da rede privada, em Ilhéus;

457º óbito – mulher, 67 anos, residente em Uruçuca, comorbidade hipertensão arterial, internada no dia 02/05, veio a óbito dia 02/05, em unidade da rede pública, em Uruçuca;

458º óbito – mulher, 86 anos, residente em Uruçuca, comorbidades hipertensão arterial e diabetes, internada no dia 27/04, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede privada, em Ilhéus;

459º óbito – mulher, 64 anos, residente em Itacaré, comorbidade diabetes e hipertensão arterial, internada no dia 04/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

460º óbito – homem, 66 anos, residente em Uruçuca, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 06/04, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede pública, em Uruçuca.
 
                                                         ****
   10. Na manhã deste domingo, 24 de maio, a superintendente da Maternidade Climério de Oliveira (MCO-UFBA/Ebserh), Sinaide Coelho, divulgou nota reorganizando o expediente de trabalho na instituição para a semana de 25 a 29 de maio, mantendo em funcionamento as atividades assistenciais e administrativas essenciais.
 
   11. A medida foi tomada levando em consideração as publicações da Lei 9528/2020 e do Decreto nº 32.431 do Município de Salvador, e do Decreto nº 19.722/2020 do Estado da Bahia sobre a antecipação de feriados municipais e estaduais, respectivamente.
 
  12. A MCO-UFBA/Ebserh é uma instituição pública de saúde que oferece serviços essenciais para a população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), dessa forma, buscando garantir o atendimento com segurança, foram tomadas todas as medidas necessárias para a diminuição da circulação de pessoas na instituição.

   13. A Prefeitura de Salvador e o governo do Estado anunciaram a antecipação para a semana que vem de três feriados, sendo dois estaduais e um municipal. O São João, no dia 24 de junho, e a data comemorativa à Independência da Bahia, em 2 de julho, serão os feriados estaduais antecipados para as próximas segunda (25) e terça (26). O municipal, transferido para a próxima quarta (27), será o 8 de dezembro, ou seja, o dia de Nossa Senhora da Conceição da Praia, padroeira da Bahia.

   14. Na quinta (28) e na sexta (29), um decreto estadual e municipal vai suspender as atividades que não são essenciais na cidade. Com isso, Salvador terá uma semana com isolamento social reforçado e ampliado, com o objetivo de reduzir ainda mais a taxa de transmissão do novo coronavírus e diminuir o ritmo de ocupação dos leitos clínicos e de UTI, conforme explicaram, em coletiva virtual realizada na tarde de hoje, o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa. 

   15. Durante a semana que vem, só estão autorizados a funcionar as atividades consideradas essenciais pela Prefeitura e governo do Estado, a exemplo de farmácias, supermercados e serviços de saúde. Agências bancárias poderão funcionar na quinta e na sexta. Haverá fiscalização por parte da força-tarefa liderada pela Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e que tem o apoio da Polícia Militar da Bahia (PM-BA).

   16. "Realizamos uma reunião com o governador Rui Costa para analisar o comportamento do coronavírus na capital e na Bahia. Levando em conta a curva de casos da doença e também a projeção de ocupação de leitos nos hospitais nas próximas semanas, decidimos adotar essa medida para conter a disseminação e evitar o colapso no sistema de saúde. Estamos atuando no limite", disse ACM Neto.

   17. A meta, segundo o prefeito, é reduzir a taxa de transmissão para menos de 5%. Atualmente, esse percentual está na casa dos 6%. "Dessa forma, para reduzir a taxa de transmissão, essa medida conjunta com o governo do Estado era necessária até para encurtar o período de retomada das atividades econômicas. Estamos conversando com os principais setores econômicos da cidade, elaborando protocolos de reabertura, o que esperamos que comece a acontecer já a partir de junho, claro que dialogando com o Estado", afirmou o prefeito.

   18. Além disso, ACM Neto avaliou que a antecipação dos feriados vai ajudar na retomada na medida em que isso é feito em um período onde a atividade econômica está desacelerada em função da pandemia. "Esses feriados que estamos antecipando cairiam em dias de semana e alguns seriam feriadões, ocorrendo em um momento em que, esperamos, a retomada seja uma realidade. 

   19. Estamos antecipando essas datas para a semana que vem, o que vai ser bom para todo mundo nesse momento em que precisamos conter o coronavírus com mais firmeza, quando teremos apenas dois dias de sacrifício, a quinta e a sexta", declarou.