quinta-feira, 06 de maio de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

COVID-19: SÓ A CIÊNCIA PODERÁ CONTÊ-LO; NEM REZA, NEM, BOMBEIROS (TF)

Estima-se em mais de 10 artefatos atômicos mortais em todo mundo
02/04/2020 às 19:39
  MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. O historiador israelita Yuval Noah Harari, autor do livro "As 21 Lições para o século 21" e também de "Sapiens" e "Homo Deus" vem advertindo há algum tempo que os lideres mundiais, em destaque os políticos que comandam as Nações, têm sido negligentes com a ciência e as conquistas científicas responsáveis por bilhões de pessoas estarem vivas. 

   2. Claro que uma hora iria estourar uma bolha como está acontecendo com o Covid-19, um virus letal, originário da Província de Hubei, cidade de Wuhan, com 11 milhões de habitantes, ainda sem uma identificação precisa sobre sua origem. Fala-se oriundo de um morcego. Lembrando, ainda, que há, ao menos 10 mil armas nucleares na Terra.

   3. O fato é que, como diz Harari, o "sapiens" povoou o planeta de artefatos atômicos mortais, alguns deles móveis porque transportados em submarinos e porta-aviões, de experimentos científicos os mais variados possíveis, clonagens até de orelhas, ovelhas biônicas, supergrãos, criogenia, defensivos agrícolas para todo tido de praga, etc, sem ter os cuidados e precauções que a ciência exige. 

   4. E, pior ainda, seitas e cultos religiosos se espalham pelo mundo e no Brasil isso é até televisado pregando palavras divinas levando o homem a acreditar mais em narrativas ficcionais do que na realidade. É só vê o que acontece com a Marcha para Jesus, no Brasil, que reúne milhões de pessoas todos os anos. 

   5. Quando, então, surge um problema que só a ciência é capaz de resolver há esse pandemônio que está acontecendo agora. Há, pois, aqueles que defendem pelas redes sociais, a internet à disposição da ignorância, que o salvamento será divinatório. 

   6. Felizmente, o papa Franciso, que é o lider espiritual de 1 bilhão de cristãos católicos já determinou que os cultos da semana santa, momento mais sagrado da igreja, sejam realizados sem os fiéis. Outros lideres menores, mas, que têm grande público em volta de sí, como aconteceu com um deles no Brasil disse que seguiria praticando seus cultos e somente a Justiça (ou a força militar) o impediria. 

   7. E há, aqueles, que seguem pregando a entrada no Reino de Deus pela TV e internet com pagamento de dízimos em contas bancárias mostradas nas telinhas, o que deveria ser proibido.

   8. Portanto, em relação ao Covid-19, não se deve misturar a fé com a ciência. Não que a fé seja excluida de vez da sociedade. Pelo contrário, cada "sapiens" que tenha sua fé a mantenha viva, mas, não queira apresentar modelos de salvação para o Covid-19 por esse caminho.

   9. O que o Covid-19 está mostrando ao mundo, especialmente nos país onde impera (ou imperou) a corrupção, o desleixo com a infra-estrutura, a falta de planejamento familiar, as desigualdades terríveis no Brasil com mais de 38 milhões de pessoas na informalidade e sem qualificação profissional para o mundo contemporâneo, é que muita coisa precisa mudar. 

   10. Um exemplo rápido: um parlamentar no Brasil tem entre 30 a 70 assessores; um médico cirurgião 5 ou 10 auxiliares a depender da especialização. Um juiz ganha entre R$70 mil a R$100 mil mês. Um operário entre R$1.080,00 a R$4.000,00.

   11. Por que a Itália e a Espanha sofrem mais do que a Alemanha e a Áustria com o Covid-19? Historicamente são países, os dois primeiros, que viveram momentos de corrupção e desorganização administrativa. É notória a fama mundial de Berlusconi e de membros do PSOE e PP espanhol. O Brasil passou por uma pandemia de corrupção recente, alguns envolvidos foram presos, e o chefão está solto pregando moralismo e aguardando um julgamento em terceira instância no STF. Sabem quando isso acontecerá? Ninguém sabe. 

   12. Temos o SUS, o guarda-chuva da pobreza brasileira. Ótimo programa. Ainda assim, nesses meus 50 anos de jornalismo todo ano vejo pela TV hospitais brasis com pacientes nos corredores morrendo sem assistência adequada. 

   13. Chegou a hora de mudar isso? Duvida-se.

   14. Voltando ao Noah Harrari: o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, segue a linha da ciência; o presidente da República, a linha da política populista. Pode dar certo? Não pode.

  15. Estamos diante de um inimigo invisível que não são as queimadas da Amazônia nem as catastrofes do meio ambiente alardeadas pela aquela sueca juvenil, nem o fogo que ardeu na Califórnia e nas florestas de Portugal. No caso do Covid-19, somente a ciência poderá contê-lo.  
                                                                      *****
   16. O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que desconhece qualquer hospital no Brasil que esteja lotado por conta do coronavírus e que a epidemia "não é tudo isso que estão pintando".

   17. Ao conversar com pastores que o aguardavam em frente ao Palácio da Alvorada na tarde desta quinta-feira, Bolsonaro disse ainda que "60% ou 70%" dos brasileiros serão contaminados pelo coronavírus e que a tentativa é de atrasar a infecção para que os hospitais possam atender, mas fez a ressalva de que não conhecia hospitais lotados.

  18. Bolsonaro ainda voltou a criticar os governadores que adotaram medidas restritivas de isolamento social.
                                                      *****
  19. Diante da medida provisória 936, decretada ontem, 1º de abril, que aponta o caminho para resolver o problema da complementação dos salarial dos trabalhadores rodoviários que estavam aflitos com a possibilidade de redução salarial drástica e o recebimento de apenas dez dias dos seus vencimentos mensais, a direção do Sindicato definiu o cancelamento do encontro com parte dos trabalhadores rodoviários que se organizaram para uma reunião que debateria o recebimento parcial dos seus salários, sexta-feira 03/04/2020.

  20. A decisão de cancelamento do encontro também está pautada no cumprimento dos decretos municipais e estaduais que impedem a aglomeração de um número de pessoas em espaços públicos e privados e inviabilizaria a reunião da categoria.

  21. O deputado estadual Osni Cardoso (PT) apresentou, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), nesta quinta-feira (2), um projeto de lei solicitando a suspensão das cobranças de empréstimos consignados, com desconto em folha, contraídos por servidores públicos estaduais, junto a instituições financeiras.

  22. A proposta deverá ter vigência por 90 dias ou enquanto durar a pandemia do COVID-19. As parcelas que ficarem em aberto durante este período, deverão ser acrescidas ao final do contrato, sem incidência de juros e multa.

  23. A solicitação de senhas pelos contribuintes baianos do ICMS e seus contadores agora deve ser feita via site www.sefaz.ba.gov.br. A adoção da medida tornou-se necessária depois que as 34 unidades da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) distribuídas por todo o estado deixaram temporariamente de prestar atendimento presencial como parte da estratégia do governo baiano para conter a disseminação do novo coronavírus.

   24. Para fazer a solicitação, é preciso clicar no ícone "Senha / Solicitação", disponível na lateral direita da página, e utilizar o sistema PIN Senha, com o certificado digital.  A senha permite o acesso a informações restritas como conta fiscal, extrato de débito, consulta do cadastro e emissão de nota fiscal avulsa.

  25. A solicitação via site também pode ser feita por representantes de empresas gráficas de fora do estado. Já os microempreendedores individuais (MEIs), produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas não contribuintes devem solicitar a senha via e-mail solicitacaodesenha@sefaz.ba.gov.br, acrescentando as seguintes informações de controle: CPF, data de nascimento e nome da mãe. Após análise da Sefaz-Ba, a senha será encaminhada por e-mail.

  26. Qualquer dificuldade em relação a esse e outros assuntos, a Sefaz-Ba orienta que o contribuinte entre em contato via call center no 0800 071 0071 (telefones fixos) ou no 71 3319-2501 (telefone fixo e celular), nos dias úteis, das 8h às 17h, ou por meio do faleconosco@sefaz.ba.gov.br. No site da Sefaz-Ba também está disponível a Carta de Serviços ao Cidadão, que contém informações e orientações sobre os 113 serviços oferecidos pela secretaria.