segunda-feira, 21 de junho de 2021
Política

NO DOMINGO, SALVADOR SÓ VACINA 2ª DOSE; NA BAHIA,MAIS 92 ÓBITOS EM 24H

Bahia se aproxima de 20 mil mortos pela covid e são 19.831 até este sábado
Tasso Franco , da redação em Salvador | 15/05/2021 às 18:52
Salvador só vacina segunda dose no domingo
Foto: Camila Souza
   MIUDINHAS GLOBAIS:

1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.043 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.866 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico deste sábado (15) também registra 92 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. 

2. Dos 952.796 casos confirmados desde o início da pandemia, 915.258 já são considerados recuperados, 17.707 encontram-se ativos e 19.831 tiveram óbito confirmado.

3. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.237.374 casos descartados e 210.907 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (15). Na Bahia, 48.225 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

4. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 19.831, representando uma letalidade de 2,08%. Dentre os óbitos, 55,67% ocorreram no sexo masculino e 44,33% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,75% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,01%, preta com 15,37%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,31% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,71%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,50%).

5. Prefeitura de Salvador informou que vai realizar, nesse domingo (16), apenas a aplicação da segunda dose dos imunizantes CoronaVac e Oxford. 

6. “Com essa iniciativa, estamos mais próximos de regularizar a vacinação de todos os soteropolitanos que estavam com a segunda aplicação da Coronavac atrasada”, explicou o prefeito Bruno Reis.

7. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a fim de regularizar o esquema vacinal dos cerca de 63 mil soteropolitanos que estavam com a segunda aplicação da CoronaVac atrasadas, a pasta promoveu um mutirão de 28 horas ininterruptas de vacinação.

8. Das 8h às 14h, a aplicação da segunda dose CoronaVac atendeu por demanda espontânea as pessoas que estavam com o aprazamento (data do reforço) até o dia 02 de maio. Já das 15h às 21h, será a vez da aplicação da segunda dose CoronaVac para quem está com dose aprazada (data do reforço) de 03 a 16 de maio. 

9. Das 22h de sábado às 7h do domingo, serão vacinadas as 8,6 mil pessoas que estão com doses aprazadas (data do reforço) até o dia 16 de maio e que realizaram agendamento prévio através da plataforma Hora Marcada.

10. A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas prorrogou, até o dia 24, medidas relacionadas ao combate à Covid-19. A circulação de pessoas e veículos, das 22 às 5h da manhã do dia seguinte, permanece válida até a data do novo decreto Nº 4.816. O funcionamento dos setores comerciais autorizados a funcionar segue em vigor de acordo com os protocolos já estabelecidos. 

11. Em relação à retomada das atividades presenciais nas redes públicas e privadas de ensino de Lauro de Freitas, continua condicionada à redução da taxa de ocupação de leitos UTI Covid-19, adulto, em percentual igual ou menor que 75%. Já a circulação dos meios de transporte municipais passa a encerrar suas atividades às 22h30, retornando o seu funcionamento às 05h nos dias já estipulados.

12. O texto do novo decreto também reforça a proibição de eventos e atividades com a presença de público superior a 50 pessoas, ainda que previamente autorizadas. Outras medidas prorrogadas  pelo decreto podem ser consultadas no site: https://www.laurodefreitas.ba.gov.br.

13. As medidas do novo decreto não se aplicam ao deslocamento de ida a serviços de saúde ou farmácia, compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência, bem como aos trabalhadores que atuam nas unidades de saúde e segurança. 

14. Prestadores de serviço na modalidade delivery de alimentos e bebidas, observado vedações, tem permissão de circulação até às 23h59, com tolerância de até 1h para o deslocamento até seus domicílios.

15. O ministro da Cidadania e deputado federal licenciado, João Roma (Republicanos), alertou neste sábado (15) para um golpe aplicado por criminosos no aplicativo de mensagens WhatsApp. Eles estão utilizando o nome e a foto de Roma para chegar a prefeitos do interior da Bahia. O ministro já comunicou o caso à Polícia Federal para que sejam tomadas as devidas providências cabíveis. 

16. Na mensagem enviada, os estelionatários se passam pelo ministro e dizem que o contato é  referente a uma doação da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) de alimentos, "Kits Covid" e testes de coronavírus. Em seguida, pedem que os prefeitos entrem em contato para o envio de documentação. 

17. "Peço a todos que fiquem em alerta e denunciem em caso de contato deste grupo criminoso. Infelizmente, esta prática criminosa tem sido muito utilizada, e o pior, utilizando este momento de pandemia, em que tantas pessoas estão sofrendo, para enganar e lesar as pessoas. Irei tomar as medidas legais cabíveis para identificar e punir os responsáveis", afirmou o ministro.

18. O deputado Pastor Isidório Filho (Avante) apresentou, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), uma indicação na qual pede ao governador Rui Costa que inclua os profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no grupo prioritário do cronograma de vacinação contra o novo coronavírus, independentemente da idade.

19. Segundo o parlamentar, a categoria é estratégica para atuar diante do aumento desigualdade social que o país enfrenta. “São profissionais chave neste período pandêmico, pois cabe a eles estudarem a realidade social brasileira, operando diretamente nas soluções de curto, médio e longos prazos. Ou seja, estão sob risco majorado, uma vez que a população em vulnerabilidade e risco social tem lotado os Cras, Creas, Centros POPs de todo o Estado em busca de seus direitos elementares”, argumentou.

20. De acordo com o texto apresentado pelo legislador, o Brasil tem, hoje, aproximadamente 200 mil profissionais de serviço social com registro nos 27 Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS). Na Bahia, são aproximadamente 30 mil assistentes sociais. Neste cenário de desigualdade social e números recordes de desempregados, os profissionais do setor estão enfrentando um aumento exponencial de trabalho.