segunda-feira, 21 de junho de 2021
Política

BAHIA REGISTRA MAIS 4.029 CASOS NOVOS DA COVID COM 115 ÓBITOS

O prefeito Bruno Reis enviou à Câmara Municipal de Salvador, nesta sexta-feira (14), o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2022, com previsão de R$8,3 bilhões de receita
Tasso Franco , da redação em Salvador | 14/05/2021 às 19:03
Mais 630 mil doses de vacinas chegaram para a Bahia
Foto:
   MIUDINHAS GLOBAIS:

1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.029 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.182 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta sexta-feira (14) também registra 115 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 948.753 casos confirmados desde o início da pandemia, 911.392 já são considerados recuperados, 17.622 encontram-se ativos e 19.739 tiveram óbito confirmado.

2. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.234.775 casos descartados e 209.556 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira. 

3. Na Bahia, 48.164 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

4. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 19.739, representando uma letalidade de 2,08%. Dentre os óbitos, 55,65% ocorreram no sexo masculino e 44,35% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,71% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,00%, preta com 15,41%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,32% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,73%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,56%).

5. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                                      ******
6. O prefeito Bruno Reis enviou à Câmara Municipal de Salvador, nesta sexta-feira (14), o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2022, com previsão de R$8,3 bilhões de receita. O projeto, que será discutido e votado pelos vereadores antes da sanção do prefeito, estabelece em sete capítulos e 17 anexos as normas para elaboração e execução do orçamento do próximo exercício, define prioridades do programa de trabalho e também as metas fiscais da administração municipal.

7. No texto da mensagem, Bruno Reis destaca o desafio na elaboração do documento, especialmente em relação à avaliação da receita e da despesa devido ao ambiente causado pela pandemia do coronavírus. “Concomitante ao enfrentamento dessa situação de excepcionalidade, com a adoção de medidas de socorro emergencial e com a intensificação de cobertura vacinal da população, o poder público vem buscando alternativas para o restabelecimento da normalidade social e econômica, com a retomada gradativa das atividades, sempre com o foco principal na preservação de vidas”, afirma.

8. A Prefeitura apostou no aquecimento da economia nesse segundo semestre e no cenário projetado pelo governo federal no PLDO da União, encaminhado ao Congresso no mês passado. “Neste contexto, sem desconsiderar os efeitos recessivos instalados pela crise sanitária, trabalhou-se com uma estimativa de receitas, observadas as respectivas peculiaridades, pautada nas projeções oficiais de crescimento econômico (PIB) e inflação (IPCA) do Bacen (Banco Central) para o período 2022-2024, assim como no comportamento do desempenho histórico”. afirmou o prefeito na mensagem.

9. Para o secretário da Casa Civil, Luiz Carreira, o projeto foi elaborado sustentado na governabilidade, assim como na garantia da segurança e manutenção do equilíbrio fiscal e financeiro, conquistado pela Prefeitura nos últimos oito anos. Os investimentos nas áreas sociais e de infraestrutura continuarão sendo prioridade.

10. Ainda na mensagem, o prefeito alerta que, apesar da opção por uma postura mais otimista para a previsão de receitas e despesas, a incerteza do cenário atual requer um monitoramento permanente dos efeitos da crise sanitária na economia, em relação aos indicadores futuros e aos rebatimentos efetivos nas finanças municipais. 

11. “Estas mudanças podem determinar um realinhamento das projeções de receitas e de alocação das despesas, não só para elaboração do Orçamento de 2022, como também para o Plano Plurianual, peça obrigatória de entrega neste exercício, e que se prevalece das estimativas de receitas orçamentárias para composição do Programa de Trabalho do quadriênio 2022-2025.”

12. A Bahia é, mais uma vez, o estado brasileiro com maior número de iniciativas concorrentes no Concurso Inovação no Setor Público, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap).  Em sua 25a edição, o certame recebeu este ano as inscrições de 19 projetos desenvolvidos por servidores de diversos órgãos estaduais baianos. Na sequência, mereceram destaque o Distrito Federal e os Estados de Goiás, Minas Gerais, Santa Catarina e São Paulo, cada um com a candidatura de seis projetos.

13. De acordo com a própria ENAP, desde que o concurso passou a contemplar iniciativas dos poderes executivos estaduais, em 2017, a Bahia foi o Estado que mais inscreveu projetos. Além disso, o governo baiano vem figurando anualmente no ranking das iniciativas destacadas pelo concurso.

14. Em  quatro anos, quatro projetos baianos foram premiados pelo ENAP. São eles: o software Banco de Preços, da Secretaria da Administração do Estado (Saeb)  e o projeto Paz Judicial, da Procuradoria Geral do Estado (PGE), ambos contemplados em 2017; o Programa de Instrutoria Interna, da Saeb, vencedor em 2018, e um projeto de órteses de baixo custo, do Hospital Geral de Vitória da Conquista, ganhador em 2020. 

15. Já em 2019 o projeto Mídia Digital Sacada, da Saeb, ficou entre os finalistas da categoria Inovação em Processos Organizacionais, Serviços ou Políticas Públicas no Poder Executivo Estatual/Distrital.

16. "O Estado da Bahia é reconhecido no cenário nacional pelo seu perfil inovador na gestão pública e o desempenho no Concurso Inovação no Setor Público da Enap ao longo desses anos vem ratificar esse perfil", acredita Elba Andrade, coordenadora do Centro Internacional de Inovação e Intercâmbio em Administração Pública (CIIIAP), vinculado à Saeb.

17. No total, a Enap recebeu este ano 245 projetos, incluindo 148 inscritos pelo Poder Executivo Federal e 81, pelo Poder Executivo Estadual/Distrital, em 20 estados. Entre as iniciativas do governo baiano que concorrem estão, entre outras, o RG Expresso, pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Plataforma de Atendimento Omnichanel (Sac Digital), pela Saeb, e o projeto de estudos colaborativos Evidencias e Desafios da Covid-19, desenvolvido pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia.

18. O estado de saúde do prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) "piorou muito" e seu caso é considerado gravíssimo, informou o apresentador Datena durante o programa Brasil Urgente, da Band, nesta quarta-feira, 14. 

19. "As fontes que eu tenho diretas me disseram que ele piorou e muito. A situação é grave (...) a situação dele é gravíssima", detalhou o apresentador.

20. Na semana passada, Bruno Covas iniciou tratamento com radioterapia para tentar controlar um sangramento residual detectado em seu estômago, uma complicação que surgiu enquanto o prefeito tratava de um metastático que atinge o sistema digestivo e os ossos.

21. Todos os processos inscritos passarão por uma triagem de conformidade, feita pela própria Enap, com o objetivo de conferir os requisitos constantes no edital e identificar as inscrições válidas. Na sequencia, os trabalhos serão submetidos a avaliadores externos, que atribuirão notas aos projetos.  Por último, ocorrerá a avaliação final, com a indicação dos ganhadores. A divulgação do resultado está prevista para o próximo dia 4 de outubro.