quarta-feira, 12 de maio de 2021
Política

ADOLFO MENEZES PRESTA MONÇÃO DE CONGRATULAÇÕES NOS 70 ANOS DO SINJORBA

“Nunca o bom jornalismo foi tão necessário”, declarou o presidente da ALBA
Mendes Jr , Salvador | 19/04/2021 às 17:58
Adolfo Menezes apresenta Moção de Congratulações pelos 70 anos do SINJORBA
Foto: divulgação
O deputado Adolfo Menezes, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia - ALBA protocolou, hoje (19.04), junto à Mesa Diretora da Casa, Moção de Congratulações pelos 70 anos do Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba), transcorridos no último sábado. “Nunca o bom Jornalismo e os bons Jornalistas foram tão necessários para filtrar as mentiras e impedir que as fakenews se disseminem pela sociedade. Alguns profetizaram o fim dele por causa das redes sociais, mas ele se fortalece cada vez mais ao garantir a imparcialidade, a credibilidade e, sobretudo, a verdade da notícia. Vida longa ao Sinjorba, que já passou por vários percalços em sua existência, mas se manteve firme como bastião da imprensa livre e da liberdade democrática. Viva o Sinjorba, agora setentão!”, saúda, em homenagem ao sindicato, o chefe do Legislativo da Bahia.

  Menezes relembra que o Sinjorba foi reconhecido legalmente em 17 de Abril de 1951, pelo extinto Ministério do Trabalho, mas que, de fato, foi reconhecido pela sociedade como a principal entidade dos Jornalistas da Bahia pela defesa que fez, ao longo de sete décadas, contra toda forma de arbítrio e tirania. “Durante a ditadura, a partir do golpe militar de 1964, o Sinjorba foi fechado e sobreviveu clandestinamente até a reabertura democrática e a Lei da Anistia, em 1979. Agora, resiste a mais uma tentativa de amordaçar a liberdade de expressão, além de se reinventar em um tempo de mudanças na comunicação, com o advento das redes sociais. Tenho certeza, contudo, que o Jornalismo não só vai sobreviver, como será imperioso para filtrar e desmascarar as fakenews”, aposta Menezes.

O presidente da ALBA externou a sua Moção de Congratulações à diretoria do Sinjorba, na pessoa do presidente Moacy Neves: “Também quero saudar a Federação Nacional dos Jornalistas, na pessoa de sua presidenta, Maria José Braga; todos os jornalistas baianos, especialmente os assessores de Comunicação dos 63 deputados da ALBA; a Assessoria de Comunicação da Casa, na pessoa do jornalista Paulo Bina; e da assessoria da Presidência, especialmente na pessoa de nosso colaborador e jornalista Alberto Freitas, ex-presidente do Sinjorba”.

  O Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) teve a sua trajetória iniciada seis anos antes, em 14 de abril de 1945, quando foi fundada a Associação dos Jornalistas da Bahia, primeira organização de profissionais, dos trabalhadores da comunicação. Até então, a categoria tinha como referência a ABI (Associação Bahiana de Imprensa), fundada em 1930. Em 17 de abril de 1951 o Ministério do Trabalho concedeu ao Sinjorba a carta sindical, o documento oficial que reconhece à organização a condição de sindicato.