quarta-feira, 08 de dezembro de 2021
Economia

EMPREENDENDO NA PANDEMIA: BISTRÔS SÃO DESTAQUES NA GASTRONOMIA BAIANA

Davi Bastos se formou em Gastronomia na UNIFACS em 2019
Luana Silva , Salvador | 22/11/2021 às 14:31
Empreendendo na Pandemia: Bistrôs são destaques na gastronomia baiana
Foto: Divulgação

Davi Bastos estava com tudo pronto para a realização de um grande sonho: montar seu restaurante. Depois de 11 meses de obras e muita expectativa, a pandemia o forçou a adiar o projeto. Empreender nesse período não foi fácil. Entre decretos de lockdown e reaberturas, o chef conta que se manteve fiel ao conceito inicial do seu Antique Bistrô, que ocupa um casarão de mais de 420 anos no Santo Antônio Além do Carmo.  

 

Davi se formou em Gastronomia na UNIFACS em 2019 e desde então planejava dar o grande passo. “15 dias depois que fechei o projeto começou o primeiro lockdown. Quando houve a reabertura, precisamos contratar funcionários, fizemos tudo e só funcionamos 26 dias. Então veio o seguindo lockdown e tivemos que fechar de novo”, conta. O Bistrô reabriu em maio e tem funcionado desde então.  

 

Para ele, empreender nesse cenário foi um desafio gigantesco. "Não imaginávamos que seria dessa forma, mas não desistimos. Pensamos que se sobrevivêssemos, sairíamos na frente de muitos estabelecimentos. Conseguimos vislumbrar um futuro bem legal”, acredita o chef. 

 

Foco na experiência 


Ao contrário de diversos estabelecimentos que precisaram se reinventar para sobreviver, apostando em tecnologia, delivery e outras soluções, Davi se manteve fiel ao conceito original do bistrô que é o foco na experiência. 

 

“Estamos em um casarão de 420 anos, que tem suas particularidades. Quem vem para o Centro Histórico quer ver o pôr do sol. A casa tem uma varanda para a Baía de Todos os Santos, temos várias grutas, uma vista belíssima. Nunca pensamos em delivery. Já há vários outros restaurantes que atuam dessa forma, mas a experiência que queremos proporcionar é única. Esperamos o tempo que foi preciso para podermos funcionar da forma como acreditamos”, declara Davi. 

 

Com a pandemia controlada e o restaurante funcionando, Davi acredita que os desafios não terminaram. “Manter um padrão de qualidade é um desafio diário”, afirma. 

 

“Empreender na pandemia foi um ato de coragem e muita determinação. Com a experiência prática que o Davi possui isso foi possível”, afirma a professora Luisa Talento, coordenadora do curso de Gastronomia da UNIFACS. “O curso tem base teórica aliada a prática, que ocorre em nossos laboratórios. Atualmente temos um espaço para aulas de confeitaria, panificação, cozinhas, espaço para aula show, salão e bar, o que prepara o aluno para os desafios existentes no dia a dia de uma cozinha de verdade”, explica.