quinta-feira, 14 de novembro de 2019
Colunistas / Causos & Lendas
Lobisomem de Serrinha

BAIANAS NA "SECA" VÃO AO VIETNÃ COMER MOQUECA PEIXE C/ PÊNIS NA CABEÇA

Pra comer com molho lambão
11/10/2012 às 10:00
Foto: BJÁ
Taí a moqueca do "culongo" que tira qualquer mulher da "secura"
   Quanto mais rezo, mais assombração me aparece. Eis que, pesquisadores asiáticos descobriram um peixe com pênis na cabeça. Era só o que me faltava.

   Já vi aqui na Serra a mula de Sêo João Devoto que não tinha cabeça e ele apitava jogo de futebol em seu lombo; já vi bode na fazenda do Sêo Bulcão com duas cabeças; vi um jegue de "caçola" no Jorrinho sendo reverenciado em festejos juninos; vi a sabiá de Sêo Godô trinando o Hino Nacional inteiro; aqui em meu sitio eu mesmo tenho um galo que berra; e Sêo Teco do Boteco tem um papagaio chamado Duda que faz conta de somar e de multiplicar.
   Agora, peixe com pênis na cabeça é a primeira vez que ouço falar. Que tem piracucu, o próprio nome diz tudo, que é gay não se tem dúvidas e as trairas do Açude da Cabeça da Vaca são mais deliciosas do que sardinhas portuguesas, não há o que se contestar.


   O tal do peixe com piroca na cabeça é do tipo Phallostethus cuulong e vive no delta do Rio Mekong, no Vietnã. A população nativa local inclusive já conhecia o cabeçudo há anos e só agora cientistas divulgam esse lero-lero e ainda colocam o nome no peixinho de "culongo", tenha paciência.

   "Culongo" que a gente vê na televisão é o da Mulher Melão, da Mulher Melancia, da Popozuda e assim por diante.


   A anatomia do peixe Phallostethus cuulong é um prato cheio para quem gosta de fazer comentários maliciosos: nos machos da espécie, o órgão reprodutor fica na cabeça, próximo ao queixo e a bióloga Lynne Parenti, da Instituição Smithsonian em Washington, DC (EUA) diz mais: "Não são apenas os órgãos reprodutores que estão ligados à cabeça desses peixes: seu ânus também", completa. O orifício fica próximo à abertura genital.


   Santo pai! Que tem gente que solta "merda" pela cabeça, isso ´também tem.


   Certa está a nossa cantante Ivete Sangalo, a gloriosa "Maria Machadão" do Bataclã de Gabriela, a qual disse através do seu twitter que tinha conhecimento de que, alguns homens tinham o "Bráulio" na cabeça, o que atesto que ser vero.


   Eu mesmo tenho um compadre da família dos colberzões que só pensa naquilo, na florzinha, na bacurinha, na fruta do prazer, e só fica falando de sua macheza, que faz isso e aquilo, que é o bam-bam-bam e assim por adelante, dizendo que sua "marinheira" é espada da boa e, sequer, nunca envergou, quanto mais decair.


   Também, depois que soube dessa história do peixinho do Mekong isso pela televisão, minha amiga aqui do Bairro do Oséas, Serena de Sêo Altino, a qual anda numa "seca" danada depois que seu falecido deu adeus a este mundo, estaria marcando uma viagem para o Vietnã com o fito de comer uma moqueca do peixinho com vitamina na cabeça pra vê se chove em sua horta.
 
    Depois que anunciou sua viagem formou-se uma comitiva da Serra: ela, dona Sônia da Urbis, dona Adelaide da Bomba, a cristã Eufrásia da Levada e a doutora Semirames, a qual sobre esta última dizem as más linguas nuncas provou dos dardos do amor.

    Levam consigo uma botella de molho lambão e a água benta da Serra contendo crisálidas que, segundo os nativos, estimula a tesão.