quarta-feira, 20 de janeiro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

VITÓRIA VOLTA AO NORMAL E PERDE PARA O LANTERNA: OESTE 2X1

ZédeJesusBarrêto comenta e diz que situação do Vitória é preocupante
19/12/2020 às 10:29
 Com um time recheado de garotos, o Vitória não resistiu à chuva e ao segundo tempo raçudo do lanterna -  o último colocado na competição; levou 2 x 1 do Oeste, em Barueri, cidade a 30 km da capital. O Leão baiano fez uma primeira etapa até equilibrada, mas nada criou na etapa final, engolido pela disposição e melhor postura do adversário. 

É a quinta derrota do rubro-negro baiano fora de casa. A segunda tendo à frente o treinador Mazolla Jr. 
 Com o resultado, o Oeste foi a 19 pontos, continua isolado na lanterna, e o Vitória, com 36 pontos, em 14º, está cinco pontos acima da zona da bagaceira. Mas a rodada segue.   
*
 Barueri
 Duelo de rubro-negros numa tarde abafada de sexta-feira no interior paulista, abertura da 30ª rodada. O Oeste na rabada, querendo ainda alimentar esperanças de não cair.  O Leão baiano (em 14º lugar) buscando por distância do grupo de baixo da tabela de classificação.
 O Vitória de branco, o Oeste no tradicional vermelho e preto. O time baiano bem mais jovem, com mais saúde e velocidade.
*
 Com bola rolando

 - A partida começou bem equilibrada, disputada no meio campo, cadenciada. O Oeste tinha mais posse de bola, o Leão bem postado apostando nos contragolpes. E chegou primeiro e bem, com um chute de longe de Rafael Carioca, assustando, e depois numa finalização de Caicedo, após bom passe de calcanhar de Frizzo, para boa intervenção de Caíque. 

 - Aos 20 e 21 minutos, respostas do Oeste, com duas precisas defesas de Yuri, salvando. Na sequência, escanteio e a cabeçada de Fábio, fora, perigando.  A equipe do Oeste cometendo faltas seguidas, pegando duro, tentando intimidar a garotada baiana. Aos 30’, Vico tentou de falta, passou perto.

 Aos 28’, numa bola cruzada da direita, Romisson saltou e meteu a mão na bola, infantilmente. O árbitro deu a penalidade, sem contestações. Quando o Vitória era melhor em campo. 

 - Gol do Oeste, 1 x 0, aos 30’. Fábio bateu o pênalti mostrando talento, deslocando o goleiro. 

 Aos 31’, Thiago tentou dar a resposta com um tiro da intermediária, forte, mas sem direção. Aos 40’, lançado em profundidade, o mesmo Thiago invadiu a área em velocidade mas desequilibrou-se na hora do chute fatal e perdeu boa chance de empatar. Aos 46’, uma bomba cruzada de R Carioca, pra fora. 
*
 Um primeiro tempo igual e o Vitória até chegou mais na frente, mas um lance bizarro de Romisson, metendo a mão na bola, no alto, definiu o placar: Oeste 1 x 0.  
*
 Duas modificações pra cada lado nos vestiários.  Começou a chover forte, com trovoadas. 

Aos 3’, Kauã, 18 anos, bateu forte de fora e por pouco não ampliou. Aos 6’, Vico bateu falta que sofreu na linha de frente da área inimiga, mas errou o alvo. Aos 9, após cobrança de falta levantada na área baiana, o lateral Maurício testou livre, por cima.  Aos 11’, Vico de canhota, defesa de Caíque. Um segundo tempo mais aberto, ofensivo, lá e cá, e muitas faltas nas disputas de meio campo.

 Aos 18 min, Yuri espalmou chute cruzado de Kauã; aos 19’, chute de Fábio raspando rodapé do arco baiano. O Oeste fustigava mais.  Samuel e Magrão em campo; saíram Frizzo e Vico – trocas de Mazolla Jr tentando mudar o panorama, então favorável ao time da casa. 

 Aos 26 min o veloz atacante Kauã lançado em profundidade, ganhou na carreira e foi derrubado na meia lua por Mateus Moraes, quando entrava de cara. O jovem estreante zagueiro baiano foi expulso no lance, era o último defensor.

 - Gol ! 2 x 0, Oeste. Mateus Rocha  bateu a falta rasteiro, com força, pelo lado da barreira, acertando o cantinho. Aos 28’. Ficou difícil. 

  O jogo estava bem administrado, na manha, pelos donos da casa, mas, no último lance da partida, nos acréscimos, Lucas Cândido diminuiu; fez 2 x 1, batendo falta de canhota, da entrada da área, cobrindo a barreira e enganando o goleiro Caíque. 
*
 Destaques

  A disposição e aplicação do time da casa, estimulado pelo treinador Roberto Cavalo (que foi ídolo como jogador do Vitória). O garoto Kauã mostrou qualidades.

  No Vitória, infelizes Romisson (cometeu um pênalti bobo) e o zagueiro estreante Matheus, expulso na segunda etapa. Leo Ceará faz muita falta. Rend também.  
 *
Escalações
- Oeste : Caíque, Matheus, Vitor Lisboa, Luanderson (Caetano) e Salomão (Maurício); Lídio e Caio; Ceará (Bruno Lopes), Pedrinho, Kauã (Betinho), Fábio. Treinador, Roberto Cavalo

- Vitória : Yuri, Van , João Victor, Mateus Moraes , Rafael Carioca; Romisson (Lucas Cândido) , Frizzo (Samuel), Thiago e Eduardo (Ewandro); Vico e Caicedo (Mateusinho). Treinador, Mazolla Jr.
Arbitragem de Mato Grosso, Rodrigo Fonseca no apito, sem grandes problemas. 
*
 O próximo compromisso do Leão, pela 31ª rodada, reta final, é na terça-feira, dia 22, no Rei Pelé, em Maceió, contra o CSA das Alagoas, que está no alto da tabela brigando por classificação. 
**
Pela Série A, o Bahia joga domingo, começo da noite, no Maracanã, contra a máquina do Flamengo.