sexta-feira, 03 de dezembro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BAHIA JOGA MUITA BOLA E DERRUBA GRÊMIO EM POA 0X1

Com esse resultado o Bahia chega a 41 pontos na tabela e busca o G6
17/10/2019 às 11:11
   Grande triunfo do Tricolor Baiano sobre o poderoso Grêmio lá no Rio Grande do Sul, fazendo uma partida sem erros, taticamente correta e boa coletividade.  O placar (1 x 0) foi construído no final, com um pênalti (anotado pelo VAR) cobrado por Arthur Caíke. Foi um jogo equilibrado e bem  jogado, sem faltas, sem  canganchas, com bola no chão e troca de passes de lado a lado. 

 - O Bahia encarou desde o início e mereceu o placar. Aliás, o mesmo placar do confronto no primeiro turno, em Salvador.

  - Com o resultado, o Bahia chegou a 41 pontos (colou no rival Grêmio) e voltou ao 7º lugar. Mas a rodada continua.

*

 No gramado

  Arena Grêmio, em Porto Alegre, com público meeiro nas arquibancadas (cerca de 13 mil pessoas), presença de uma moquequinha baiana, tricolor. Tempo bom, 29 graus.  O Bahia com seu uniforme de padrão branco com detalhes em vermelho e azul, e o Grêmio de camisas e calções em azul. Adversários e treinadores que se conhecem bem.

 Bola rolando ... 

 - Começo bem equilibrado, as duas equipes marcando adiantado e trocando passes com bola no chão no meio campo. O Bahia ameaçou primeiro, com cobrança de falta de Artur, próxima da área gaúcha, obrigando Paulo Vitor a rebater pra escanteio, aos 5 minutos.

 - Aos 10’, após cobrança de escanteio, a defesa baiana não resolveu e Geromel arrematou livre, por cima. A resposta do Tricolor baiano foi com Artur, que entrou driblando mas parou na dividida com o goleiro Paulo Vitor.

- Lá e cá. Bom ritmo, jogo limpo, bola trabalhada, boas estratégias coletivas, bom de ver.

 - Aos 20’, Gilberto puxou um bom contragolpe e achou Artur entrando livre na direita; o chute colocado passou perto.  Na sequência a resposta gremista, com Luan, nas mãos de Douglas.    

 - Aos 32’, após jogada individual de Cebolinha, pela canhota, Luan arriscou, colocado, mas Douglas salvou no rodapé, a bola descaindo, traiçoeira. Na volta, Guerra foi para com falta, que Artur bateu mas Paulo Vitor catou bem. Aos 38’, Alisson arriscou de longe, deu Douglas, no chão.

  - Aos 43’, num ataque pela direita, sempre em cima Giovanne, a bola foi cruzada forte e Juninho pegou mal ao tentar o corte, a bola encobriu Douglas e bateu no travessão, na volta Lucas Fonseca mandou a escanteio. Perigo ! Na resposta, Gilberto conseguiu se livrar da marcação dura e bateu da entrada da área, nas mãos de Paulo Vitor.

  Uma primeira etapa bem jogada, de lado a lado, e equilibradíssima. O Grêmio chegou mais pela direita, explorando as costas do lateral Giovanni que marca à distância. O Bahia explorou bem a velocidade de Artur e de Élber, pelos dois lados.  O gol não saiu.

*

  - Os gaúchos voltaram do vestiário mais ofensivos (Taciano no lugar de Maicon), valorizando muito a posse de bola, como é seu estilo, querendo encurralar o adversário. O Bahia bloqueando bem, apostando na velocidade dos contragolpes. Aos 5’,Gilberto e Artur tentaram finalizar; um foi bloqueado, o outro errou o alvo. O ritmo continua intenso.

 - Taciano arriscou colocado, de fora, assustando Douglas; passou perto. Os gaúchos inteiros no campo dos baianos, que só saem na boa, tocando. Aos 16’, Renato pôs o lépido Pepê no lugar de Álisson, haja correria. Aos 16’, Juninho arriscou da esquerda, deu Paulo Vitor.

- Aos 18, Artur puxou ótimo contra-ataque, achou Guerra livre,  fechando mas o meia gorou, mais uma vez.  Roger perdeu a paciência com o venezuelano:  pôs Marco Antonio no lugar, mais jovem, sangue novo no meio campo. Continuava aberto e parelho.  Aos 26’, no Bahia, Caíque no lugar de Gilberto. O jovem Patrick, no Grêmio, substituindo Luan.

- Cebolinha tentou de falta, aos 31’, nas mãos de Douglas. Os visitantes, com o relógio andando, fechadinho, bloqueando bem.  Aos 34’, João Pedro puxou bem um contragolpe pelo meio e achou Élber entrando pela canhota; o chute saiu forte, alto, visando o ângulo, mas Paulo Vitor salvou, espalmando a escanteio.       

  - Aos 40’, Cebolinha achou Tardelli penetrando no meio da zaga tricolor mas Douglas saiu, fechou o ângulo e ficou com a bola.  Dois minutos depois, Marco Antônio entrou na área e foi derrubado...   Olhe o VAR !!! 

  Pênalti ! Aos 43 minutos.

  - Gol! 1 x 0 Bahia, aos 44’, Arthur Caíke, batendo a penalidade com classe.

  - Ronaldo no lugar de Élber, pra segurar. O árbitro deu sete minutos de acréscimos. O time da casa tentou aquela pressão  final, mas a defensiva baiana suportou bem, sem sufocos.  Deu Bahia, grande triunfo !

*

  Destaques

 - Partidaço da dupla de zaga Lucas e Juninho.  João Pedro melhor que Giovanni, Flávio e Gregore monstruosos; Élber e Artur muito bem, velozes e criativos; Marco  Antonio entrou a todo vapor,  muito melhor quer o omisso Guerra; e Caíke matou o goleiro na cobrança de pênalti.  Elogios mais que merecidos ao treinador Roger Machado: perfeita a estratégia, o encaixe do jogo coletivo.

 

*

Escalações     

- Grêmio : Paulo Vitor, Leo Moura,  Geromel,  Kannemann e Cortez; Maicon  (Taciano), Mateus Henrique e Luan;  Alisson, Tardelli e Cebolinha. Treinador, Renato Gaucho.

 - Bahia: Douglas, João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Giovane; Flávio, Gregore e Guerra; Artur, Gilberto e Élber.  Treinador, Roger Machado. 

 Arbitragem, com VAR, de Rodolfo Marques (PR)

*

  Pela rodada 27, o Bahia recebe do Ceará na segunda-feira, às 19h30, em Pituaçu.

**

Jogos da rodada/quarta-feira

 - CSA 2 x 2 Atlético (MG)

Às 20h – Fortaleza x Flamengo; às 21h – Palmeiras x Chapecoense; Cruzeiro x São Paulo

Às 21h30 – Goiás x Corínthians; Vasco x Botafogo.

Na quinta :

Às 19h15 - Santos x Ceará; Avaí x Internacional; às 21h – Fluminense x Athlético(PR)