segunda-feira, 14 de outubro de 2019
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

NO DUELO DOS LEÕES RUBRO-NEGROS VITÓRIA FOI CASTIGADO NO FINAL

Vitória sofreu o segundo gol aos 48 minutos do segundo tempo
04/10/2019 às 09:26

 Puro castigo o gol do Sport aos 47 minutos da segunda etapa, empatando um jogo que parecia ganho pelo Vitória. Castigo pelo recuo excessivo, pelo segundo tempo acanhado do Leão baiano, que até fez um bom primeiro tempo e abriu 2 x 0 no placar, mas ...  permitiu o empate que, no final, teve um sabor bem amargo, gosto de derrota.  O torcedor saiu frustrado, cuspindo marimbondos.

 O resultado foi muito bom para os pernambucanos, com 45 pontos, entre os três primeiros colocados. Para o Vitória, péssimo. Apenas 26 pontos ganhos, em 18º lugar na tabela de classificação, o antepenúltimo colocado. E, como a rodada segue, pode cair ainda mais. 

 Tá feia a coisa pras bandas da Toca do Leão.   

*

 Clássico nordestino

 O Vitória 2 x 2 Sport na Fonte Nova, noite de uma quinta-feira fria de outubro, teve um público diminuto mas barulhento de pouco mais de sete mil pessoas. Um prejuízo. Decepção para um clássico de tradição no Nordeste.   

 O Sport em terceiro lugar, com 44 pontos ganhos e o Vitória em 18º, com 25 pontos, em crise, na zona do desespero.  Independente da fase técnica de cada equipe, uma disputa com histórico da rivalidade entre Pernambuco x Bahia.

  - Curiosidades: No Leão da Ilha do Retiro, um treinador (Guto ‘Gordiola’) e o artilheiro da equipe (Hernane, o brocador), bem conhecidos, ex-Bahia. Mais Norberto, William Farias, Elton e Yan que já atuaram pelo Leão da Barra.

  - O Leão da casa com seu tradicional uniforme em vermelho e preto; o Sport de branco total.

 *

 Com a pelota quicando ...

 - O jogo começou cadenciado e equilibrado. O primeiro lance de perigo foi de um escanteio cobrado por Gedoz, na direita; Leo Gomes testou e a bola passou perto, animando o torcedor da casa, aos 8 minutos.

 - O Leão baiano acelerando, com mais apetite e o pernambucano na treita, trocando mais passes, sem pressa. De tanto amaciar, sonolento, foi surpreendido... 

 - Gol ! 1 x 0 Anselmo Ramon, aos 30 min. Numa investida rápida, pela direita, R Andrade achou Van já na área e o lateral bateu firme; Mailson deu rebote e Anselmo Ramon, livre na pequena área, brocou, de cabeça. Há quatro jogos o Leão não fazia gol, então ... o torcedor vibrou.     

 - Só aos 45’ o time do Recife assustou, com um chute longo de Guilherme, rasteiro, a um palmo do poste. Muito pouco.

  Uma primeira etapa em que o Leão visitante teve mais posse de bola, passeou, pouco agrediu, improdutivo; enquanto o Leão baiano correu com vontade, brigou mais e achou o gol. O torcedor aplaudiu.

*

  - Nos vestiários, Guto trocou o apagado Yan por Marcinho e adiantou a marcação. O Vitória manteve a pegada forte, a vontade, agora mais encolhido.  E foi recuando, recuando...

 - Aos 3’, numa bola alçada na área baiana, a defesa não resolveu e Martin precisou se arrojar num mergulho de frente para aliviar o perigo.  Aos 5’, Pedro Carmona entrou no lugar de Leandrinho, com lesão muscular.

 - Aos 7’, após bola longa alçada por Van, Lucas Cândido testou fechando pela esquerda e, por pouco, não ampliou.  O Sport trabalha mais a bola, o Vitória é mais incisivo quando ataca em velocidade. 

 - Gol !  2 x 0 Vitória ! Aos 11 minutos.  Thyere com a bola dominada, vacilou na meia lua, errou o drible,  Leo Gomes roubou e Wesley chegou batendo de canhota, na cara do goleiro, acertando o canto. Lance casual, bobeira do becão.

 - Gol !  Sport 2 x 1, Guilherme, aos 16 minutos. Boa jogada, trabalhada por Hernane, e Guilherme arriscou de fora da área, pelo alto, acertando o canto, com o goleiro Martin adiantado. Belo chute.  

 - Na sequência, Geninho tirou o diligente R.Andrade e pôs Gabriel Bispo no setor de marcação.  

  Mas o Leão baiano encolheu-se demais e os pernambucanos foram pra cima; por pouco não empataram, aos 18’, numa cabeçada de Pedro Carmona que Martín espalmou, salvando.

  - Aos 28’, Geninho tirou Anselmo Ramon e lançou o forte, jovem e velocista Caicedo. Opção do contragolpe veloz, na bola esticada, o que não aconteceu. E novamente o Sport ameaçou, num chutaço de Carmona que raspou a trave de Martín, após boa escorada de Hernane. Quase. O Sport buscava mais, chegava mais.

- Guto Ferreira ousou, aos 35’, trocando o lateral Norberto pelo atacante Élton. Ao tudo ou nada.  Aos 36’, novamente Guilherme bateu da entrada da área, mas dessa vez Martin encaixou bem.

- Sò dava Sport, o time da casa todo na defensiva, suportando apenas a pressão do adversário, encerando, gastando tempo. Os 45’, pra garantir, entrou o grandão Dedé no lugar de Gedoz. Deu tudo errado.

  - Gol ! 2 x 2, aos 47’. Com todo o time baiano atrás, na linha da pequena área, Carmona bateu falta de canhota, quase de cima da linha lateral, do lado direito, alçada...  e a bola entrou direto; nem a zaga nem o goleirão uruguaio viram a bola.  Infelizmente.

  Sim, um castigo pelo recuo do Leão baiano, que muito pouco jogou na segunda etapa.

 

*

  Destaques

  O bom primeiro tempo de Van, R Andrade e Leo Gomes.  Negativo o recuo da equipe e queda absoluta de produção na etapa final. Pernas?

   No Sport, Leandrinho, Carmona, Hernane e Guilherme, os melhores.

*

Ficha técnica

- Vitória : Martín Rodriguez, Van, Éverton Sena, Ramon e Capa; Leo Gomes, Lucas Cândido, R.Andrade (G Bispo) e Gedoz; Wesley e Anselmo Ramon.  Treinador, Geninho.

- Sport : Maílson, Norberto, Adryelson, Thyerre e Sander; Willian Farias, Charles, Leandrinho (Carmona) e Yan (Marcinho); Hernane e Guilherme. Treinador, Guto Ferreira.     

Arbitragem, sem VAR do mineiro Felipe Fernandes de Lima.

*

Na 27ª rodada o Vitória recebe o Oeste, na terça-feira à noite. O jogo será no Barradão.

**

Caras novas

A direção do rubro-negro está anunciando novas contratações: o lateral esquerdo Carleto, o lateral-direito Bocão e o avante Negueba, de 19 anos.  São 36 contratações só este ano. ‘Vamo que vamo’, a  luta é mesmo pra não cair para a Série C.

**

   No outro jogo da noite, o América (MG) em plena recuperação venceu o CRB, em Minas Gerais, por 1 x 0, encostando com 38 pontos no grupo dos quatro primeiros colocados. A rodada segue até sábado.