sexta-feira, 20 de setembro de 2019
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

CHILE VENCEU EQUADOR NA FONTE ESTÁ CLASSIFICADO, ZEDEJESUSBARRÊTO

Um público pequeno; Ingressos caros, noite invernosa de sexta, feriadão de São João ..
22/06/2019 às 09:43

 Numa partida tecnicamente frágil, mais brigada do que bem jogada, o Chile derrotou o vizinho Equador por 2 x 1, chegou a seis pontos ganhos em dois jogos e assim classificou-se antecipadamente para disputar as oitavas de final da competição. Na rodada derradeira enfrenta o Uruguai e decidem aí o primeiro lugar no Grupo C.

*

 - Equador 1 x 2 Chile, na Fonte Nova, pelo Grupo C, fechando a segunda rodada.

Um público pequeno; Ingressos caros, noite invernosa de sexta, feriadão de São João ...

Chilenos em maioria nas arquibancadas.

 -  O Chile, atual bi-campeão da competição, com atletas mais conhecidos, mais rodados e mais caros: o goleiro Arias, o veteraníssimo Medel; os laterais  Islas e Beausejour; Vidal, Aranguiz e Pulgar no meio-campo; Sanchez e Vargas na frente.

  - No  Equador, o goleirão Dominguez, compridão; o zagueiro Arboleda, que atua no Sâo Paulo; Orenjuela, Mena, Valência, Romário Ibarra ...

  - Arbitragem argentina, com pedigree: Lousteau (filho de um árbitro famoso, século passado).  Equador e Chile são vizinhos, lá do outro lado, no litoral do Pacífico. Rivalidade natural em campo, pois.

*

Com a bola rolando ...

A partida começou em ritmo compassado, mas pegada, marcação dura, faltosa. O Chile, uma equipe mais tarimbada, melhor entrosada, com a iniciativa, atuando na ofensiva.

- Gol ! Chile, 1 x o, Fuenzalida finalizou forte, de direita, rasteiro e no cantinho, definindo uma rebatida mal feita da defensiva equatoriana após cobrança de escanteio. Aos 8 minutos.

 O Chile era melhor, mas ...

- Aos 24’,o árbitro pegou um pênalti do goleiro Arias, pegando o pé do atacante equatoriano numa bola dividida com o avante Ibarra, lançado em profundidade num contragolpe.  Nem precisou de VAR.  

 - Gol ! O Equador empata, 1 x 0; Valência cobrando a penalidade forte, no meio do gol. Aos 26’.

  - O tento estabeleceu um equilíbrio de ações no gramado. Muita disputa no corpo-a-corpo pela bola. Os chilenos  trocam mais passes, os vizinhos do norte esticando os passes, pondo correria,

 - Um primeiro tempo mais disputado, guerreado do que técnico. Empate justo.

*

 - A partida recomeçou ainda encardida, equilibrada, porém ...

  - Gol ! 2 x 1 Chile, aos 5 min. Alexis Sanches pegando bem, de primeira, do lado esquerdo, uma bola mal cortada pela zaga adversária, após cobrança de escanteio pelo alto.    

  - Ritmo travado, muitas faltas dos dois lados, passes errados e rara sequência de boas jogadas. Aos 18’, Pulgar testou bem abola alçada da direita, em cobrança de escanteio, mas o goleirão Domingues salvou, espalmando.

  -  Com o placar favorável, a equipe chile retraiu-se, deixou mais a posse de bola com o adversário e apostou nos contragolpes. O Equador avançou suas linhas mas não penetrava, não chutava.

  - Uma expulsão do lado equatoriano já aos 44’, por jogada violenta. E nada de mais aconteceu. Jogo fraco. Uma vitória chilena, sem brilho.

 **

  RODADA DECISIVA:

 Neste sábado, 22jun, a Seleção Brasileira abre a terceira e decisiva rodada da competição enfrentando o Perú, na Arena Corínthians. Às 16h.

 No mesmo horário, pelo mesmo grupo A, no Mineirão, enfrentam-se Venezuela e Bolívia.

 Brasil e Perú com quatro pontos e ainda a Venezuela com dois têm chances de classificação. Só dois seguem adiante, vão para as oitavas de final da competição.

*

 Domingo, pelo Grupo B, às 16 h, jogam Catar x Argentina na Arena Grêmio; na Fonte Nova, no mesmo horário, jogam Colômbia x Paraguai; perspectiva de um bom jogo, então.