quarta-feira, 26 de junho de 2019
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BAHIA VENCE GRÊMIO EM PITUAÇU E DORME EM 3º LUGAR

O Bahia chega ao terceiro lugar na competição
01/06/2019 às 21:27
Mais um bom e convincente jogo do Bahia. Aplicado, estrategicamente consciente. O resultado de 1 x 0 foi pouco, sobretudo pelo que o Tricolor Baiano produziu na segunda etapa, dominando e controlando as ações em campo. O time continua invicto em casa e faz um começo de Brasileirão raro. O torcedor em estado de graça.

 Com o resultado, o Bahia chegou a 13 pontos, os mesmos pontos que Palmeiras e  Flamengo, líder e vice-lider da competição.     

*

   Arquibancada tricolorida

 Bahia 1 x 0 Grêmio, Pituaçu, sábado à noite, casa cheia, noite amena, um bom relvado. Duelo de tricolores.

*

   Bola rolando ...

   Duas equipes que jogam com a bola no chão, gostam de trocar passes, e dois treinadores que se conhecem bem, gaúchos, da mesma escola. Respeito mútuo.

  A primeira jogada de perigo foi dos gaúchos, a bola enfiada nas costas de Lucas Fonseca, Montoya livre, mas Douglas saiu bem, fora da área, para evitar a finalização. O Bahia respondeu aos 11’, com perigoso chute forte e cruzado de Fernandão que varou a pequena área gremista. Equilíbrio de ações, marcação forte, jogo muito estudado. Os visitantes têm mais a bola nos pés e não se expõem aos contragolpes.

  Aos 33’, após uma bola perdida por Nino em dividida, no ataque, a equipe gremista subiu em contragolpe com três nas costas do lateral, envolvendo a marcação de cobertura, pegando a defesa baiana desarrumada; Pepê finalizou de frente mas Douglas saiu bem, fechou o ângulo e evitou o gol.

  Aos 38’, Artur levou pela esquerda e levantou na área para a subida de Fernandão, mas o goleirão gaúcho dividiu no alto, de soco, e evitou a cabeçada. Aos 42’, os baianos fizeram uma boa blitze mas não acharam espaço para concluir.

  O Grêmio teve mais posse de bola, tramou e criou duas boas chances na primeira etapa; O Bahia até chegou, fustigou, postou-se bem, mas finalizou pouco. Muito tático, pouca emoção.

*

  Na volta da merenda, as duas  equipes voltaram na mesma cadência, trabalhando e girando a bola, sem correr riscos.  Aos 7 min o Tricolor baiano armou um bom contragolpe, Artur penetrou na área, dividiu com Geromel e a bola desviou no braço do capitão gaúcho. O árbitro apitou o pênalti.

 - Gol ! 1 x 0 Bahia. Fernandão bateu forte e no canto, abrindo o placar. Aos 9 minutos.

 Aos 15’, quase os gaúchos empataram. Cruzamento da esquerda, a defesa baiana rebateu mas Montoya pegou a sobra na linha da grande área; encheu o pé mas Gregore salvou de cabeça na linha, com Douglas já batido.

  O Grêmio em cima, o Bahia insinuante nos contragolpes.  Substituições: Aos 18’, Roger trocou Élber por Arthur Caíke.  Renato Gaucho trocou logo dois, na frente. Vizeu e Montoya saíram para a entrada de Diego Tardelli  e André, atletas mais rodados.

  Aos 23 min Fernandão tabelou pela direita com Nino, que fez ótima jogada e finalizou de canhota: Paulo Victor salvou no rodapé, espalmando a escanteio. Aos 26’, D. Augusto tentou de longe mas o goleiro gremista catou bem. Saiu Fernandão, exausto, com cãibras, entrou Eric Ramires, aos 28 minutos.  O Bahia não recuou, correndo muito, incomodando na frente e suportando bem na defesa.  

  Roger trocou  de volantes: Flávio, inteiro, no lugar de Élton, cansado. Renato Gaucho tirou o lateral Capixaba e lançou mais um atacante, Patrick. Os ponteiros rodando e a partida bem administrada pelo Bahia.  Aos 40’, Ramires bateu da entrada da área obrigando Paulo Victor a espalmar outra.

Aos 43, na pressão, Douglas dividiu no chão com Tardelli, evitando o empate. Aos 45’,Arthur Caíke livrou-se da marcação e  bateu cruzado, errou o alvo. O Bahia soube segurar a bola  na frente e venceu mais uma em casa.   Um Bahia bem superior na segunda etapa. Grande triunfo!  

*

Destaques

Muito bom  jogo coletivo do time de  Roger Machado. Consciente e melhor ainda na segunda etapa,  sabendo trabalhar e garantir o placar.

 Boas atuações de Douglas, Nino, Gregore, Douglas Augusto, e sobretudo Artur.

 No Grêmio, o goleiro evitou um placar mais elástico; o eficiente Geromel e o meio-campista Jean Pyerre.  

*   

  Ficha Técnica

Bahia – Douglas, Nino, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Douglas Augusto e Élton ; Artur, Fernandão e Élber.  Treinador, Roger Machado.

Grêmio – Paulo Victor, Leonardo,  Geromel, Rodriguez e Juninho Capixaba; Michel , Montoya, Jean Pyerre  e Pepê; Thaciano  e Vizeu.  Treinador, Renato Gaúcho.

No apito, Dewson Freitas da Silva (PA)    

 
*

 Próximas paradas

O Tricolor baiano joga fora de casa nas duas rodadas que restam antes da parada geral para a  realização da Copa América.  Pela 8ª rodada, encara o Ceará, em Fortaleza no próximo sábado, dia 8 de junho.

 Fecha, na rodada 9ª, dia 12, uma quarta-feira, enfrentando o Internacional de Porto Alegre, no Beira Rio.  

*

  Liverpool Campeão !

  Num  jogo disputado mas sem brilho, até por ser um clássico inglês, o Liverpool venceu o Tottenham, em Madri, na tarde do sábado (2 x 0) e sagrou-se Campeão da Liga dos Campeões da Europa, a famosa Champions League, pela sexta vez.

  O time de Alisson, Fabinho, Firmino (brasileiros), Van Dijk, Robertson, Wijnaldum, Salah e Mané, treinado por Jurgen Hlopp, fez um gol logo no comecinho (Salah, de pênalti) e outro nos minutos  finais (Origi),  quando o adversário tentava a todo custo o empate.

  Triunfo e títulos justos e merecidos. Liverpool é a terra dos Beatles, bom lembrar.   

  Dos brasileiros, Álisson praticou boas defesas e o meio-campista Fabinho correu muito.