ter?a-feira, 25 de junho de 2019
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BAIANÃO 2019: BAHIA E FLU EMPATAM NO JOIA

Sol de verão, calor de sertão (34 graus), público aquém da expectativa. Gramado verde, em boas condições de jogo e arbitragem tranquila de Diego Pombo Lopez.
21/01/2019 às 10:38

Fluminense 0x0 Bahia
Foto: Felipe Oliveira

  Com uma  equipe  alternativa /sub-23 ( Fernando, o estreante Mateus Silva, Ignácio, Éverson e Mayk; Lepo, Luis Fernando e Filipinho; Iago, estreante, Brumado e Marco Antonio), o Bahia. comandado pelo auxiliar técnico Claudio Prates, estreou no Baianão 2019 empatando contra o Fluminense, o Touros do Sertão, no Joia da Princesa, em Feira de Santana, ambos estreando na competição.

*

  Sol de verão, calor de sertão (34 graus), público aquém da expectativa. Gramado verde, em boas condições de jogo e arbitragem tranquila de  Diego Pombo Lopez.

*

  BABA PEGADO

  O jogo começou feio, brigado no corpo a corpo, tecnicamente fraco, sem boas tramas coletivas. Os Touros do Sertão mais encorpados, rodados, e a equipe da Capital mais leve, tentando trocar passes, mas perdendo as divididas e rebotes no meio campo.

Aos 18’, a  primeira boa chance de gol,  do Flu de Feira: o veterano Reinaldo Alagoano ganhou a dividida na intermediária e deixou Banbam de frente pro gol, na velocidade, mas o arremate  saiu errado.  

 Aos 28’, a resposta do Bahia, já mais assentado em campo:  Filipinho pegou de canhota  uma bola espirrada,  na área do Flu, o tiro forte passou perto da trave do goleirão Léo Paredão. Aos 31’, Mateus cruzou da direita e Brumado testou para a Leo Paredão manda a escanteio com a ponta dos dedos. Aos 44’, Filipinho arriscou de canhota, de fora, assustando o goleiro feirense.

Aos 45’, Jucimar pegou um rebote na entrada da área e bateu rasteiro, com jogadores caídos na área do Bahia, goleiro vencido, a bola passou perto da trave, na melhor chance dos Touros.

  O Bahia teve mais posse de bola, trocou mais passes e chutou mais no gol adversário; muito pouco, porém. O zero no placar foi justo na primeira etapa.

*

 No retorno dos vestiários, as mesmas equipes. Mais correria, mais vontade de parte a parte, porém pouca inspiração. 

 - Aos 5’, o lateral Mayk cruzou da esquerda na cabeça de Brumado, mas a cabeçada saiu torta, chance perdida. Aos 11’, após cobrança de falta rasante na linha da pequena área do Flu, os zagueiros Ignácio e Éverson livres perderam o gol, na boa intervenção de Leo Paredão.

 Aos 25’, saiu o apagado Marco Antonio e entrou o desconhecido Rodrigo (23 anos, ex-Cianorte), um avante por outro. Saiu Iago, que nada fez, e entrou o grandão Caíque aos 30. No finalzinho, entrou Uéslei Jr (filho do craque Uéslei, 18 anos) no lugar de Brumado.  

- Rodrigo ainda teve duas boas chances de tiro, da linha da área, mas pegou mal na bola, em ambas. Já nos acréscimos, o Flu assustou em um cruzamento rasteiro, mas ninguém chegou finalizando. Zero merecido, futebol pobre, nada a reclamar.

*

 Destaques:

  O goleirão Fernando tranquilo, sem muito trabalho; o lateral Mateus fez boas jogadas no primeiro tempo mas sumiu no segundo. Mayk não comprometeu; bom jogo do miolo de zaga – Ignácio e Éverson; Filipinho foi bem na primeira etapa e desapareceu; Brumado perdeu duas chances e  brigou, só. Iago e Marco Antonio decepcionaram.  

*

- O Bahia tem  47 títulos de Campeão Baiano. Nesta década, venceu em 2012, 14, 15 e 2018.

 *

- Os próximos confrontos do  Tricolor : quarta-feira próxima contra o Juazeirense, pelo Baianão, na Fonte Nova, e sábado contra o Santa Cruz (Recife), pelo Nordestão.

**

  Novidades em Itinga

 - O zagueiro-capitão Tiago, 28 anos, está sendo negociado com o Lanus da  Argentina.

  - Chegam o apoiador Douglas, 22 anos, emprestado pelo Corínthians; o zagueiro Ernando (ex-Sport) e o meia Fernando, canhoto, irmão gêmeo do apoiador Flávio.

 
**

 Outros jogos

Valendo pela primeira rodada do Baianão: - Juazeirense   2 x 2 Atlético de Alagoinhas.

                                                                              - Jequié 1 x 0 Jacobina.

 Bahia de Feira 2 x 1 Jacuipense, no sábado, na nova Arena dos Cajueiros, da equipe feirense.

 No meio da semana, fechando a rodada, Vitória x Vitória da Conquista, no Barradão.