sexta-feira, 19 de outubro de 2018
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

Bahia cede empate em casa e o Vitória ganha fora


Um bom público da Fonte Nova, duelo de tricolores. O Bahia de beca tricolorida, listrada, e o São Paulo de branco.
13/05/2018 às 20:00


  Um gol em chute incrível no último lance do jogo e o São Paulo arrancou um empate contra o Bahia, na Fonte Nova (2 x 2), numa partida de alto nível, em que o Tricolor baiano esteve na frente e, nos contragolpes, teve todas as chances de golear.   

 Em São Januário, numa partida de cinco gols e uma briga de desesperados, o Vitória se deu bem, aproveitou-se da crise do Vasco e venceu (3 x 2), aliviando o clima nas hostes do Leão.

*

  Com os resultados da rodada, até agora, as equipes baianas já penam nas derradeiras posições. Com cinco pontos, o Tricolor está na porta da zona de rebaixamento, em 17º lugar. O primeiro dentro da zona, com quatro pontos, é justamente o Vitória, em 16º posição na tabela de classificação.


**

  O 13 de maio

  - Dia oficial da assinatura da Lei Áurea pela Princesa Isabel, chancelando a Abolição da Escravidão Negra no Brasil, em 1888.

  - Domingo, Dia das Mães neste ano de 2018. Viva as Mães, senhoras dos segredos da vida.

  - Dia da celebração católica da aparição de Maria (Nossa Senhora, a Mãe de Jesus) a três crianças pastoras na Cova da Iria, em Fátima, Portugal, no ano de 1917. É o dia de Nossa Senhora de Fátima no calendário litúrgico católico.

  - E no dia 13 de maio de 1899 foi fundado, como então um clube de cricket, o Esporte Clube Vitória, o Leão da Barra.  

**

  Dois pontos perdidos

  Um bom público da Fonte Nova, duelo de tricolores. O Bahia de beca tricolorida, listrada, e o São Paulo de branco. Jogo muito estudado, até os 9 minutos, quando Zé Rafael foi empurrado e atropelado na área paulista; o árbitro marcou pênalti.

 - Gol !  1 x 0, Edigar Junior; bateu rasteirinho e colocado, o goleiro chegou a tocar na pelota. Aos 10 minutos.

  Aos 16’,  Zé Rafael pegou de primeira uma cruzamento da direita, de voleio, e acertou a trave. Aos 19’, Éverton salvou o empate, nos pés de nenê, com Douglas já batido no lance. Jogo com muita intensidade, lá e cá, corrido, ofensivo. Aos 26’, após cobrança de falta, Arboleda testou para ótima defesa  de Douglas.  A resposta tricolor, no contragolpe,  com defesa salvador de Sidão em chute  colocado de Élber.  Jogão !

  - Gol ! 1 x 1 , São Paulo, Trellez, pegando de primeira um lançamento de Nenê, na área. Cochilo no miolo da zaga. Gol de centroavante nato.

  O jogo continuou movimentado, bom de ver, lá e cá.

  - Gol ! 2 x 1, Bahia, Edigar Junio. Gol de atacante artilheiro. Raspão de cabeça de Elber, pela direita, na sobra, dentro da área, Edigar acertou o canto, de prima, aos 39’.

   Quarenta e sete minutos bem jogados, na bola, bom de ver.

*

 A partida continuou pegada na volta da merenda. O tricolor paulista em cima, brigando pelo resultado. Por volta dos 18 minutos, o treinador uruguaio do São Paulo avançou mais a equipe: trocou Militão e Lucas por Régis e Valdívia.  Os paulistas ganhando mais as divididas. Aos 25, Guto pôs Regis no lugar de Vinícius.

 Aos 26’, após cobrança de escanteio, Éverson perdeu o gol na pequena área,livre.  Aos 30, num contragolpe rápido, Edigar ficou de cara mas demorou.  Mena no lugar de Élber, Guto se acautelando. O Bahia perigando nos contragolpes.   Aos 43’, Régis deixou Kayke cara a cara, mas o atacante carimbou o goleiro, feio. Aos 47’, novamente Kayke perdeu  gol feito, e...

- Gol ! 2 x 2 Shaylon, de longe, aos 48 minutos, acertou um chutaço feliz  no ângulo !

  Sorte para os paulistas, que já parecia sem forças. Malasuerte para o Bahia, que foi melhor.    

  Um empate imerecido pelo que o Bahia produziu, pelas chances de contragolpe desperdiçadas.  Justo até, pela luta brava da equipe sampaulina até o último minuto. Suportou melhor fisicamente.

- Destaques :

   O garoto Éverton, zagueiraço, e o meia Zé Rafael foram os melhores. Gregore e Élton mantiveram o nível no meio campo. Elber correu o quanto pode. Edigar fez dois gols; Régis entrou bem  e Kayke muito mal.  

*

Ficha Técnica

Bahia – Douglas, João Pedro, Everton, Lucas Fonseca e Leo; Gregore, Élton, Vinícius (Régis) e Ze Rafael; Élber (Mena) e Edigar Junio (Kayke).   Técnico, Guto Ferreira.

São Paulo – Sidão, Jucieli, Militão (Régis), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo;  Hudson, Lucas Fernandes e Nenê (Shaylon); Éverton (Valdívia) e Trellez.  Treinador, Javier Aguirre.

No apito, Dewson Freitas da Silva (Pará), trapalhão.   

 

**

  Leão papou o Bacalhau  

  O rubro-negro vestido com o preto predominando no uniforme novo, escalação muito mexida ; o Vasco, de branco.

  Pikachu aos cinco, por cobertura, errou. André Lima não alcançou  cruzamento, a zaga cruzmaltina parada pedindo impedimento não marcado. O Vasco melhor, mas ...

- Gol !  Vitória 1 x 0, André Lima, após vacilão do goleiro e da defesa  dos vascaínos, errando na saída de bola. Valeu a marcação adiantada dos rubro-negros.

  Muito equilíbrio, disputa e pouca técnica.  O Vasco mais ofensivo, o Leão   

  Aos 37’, Rhayner cometeu pênalti tolo, André Rios cobrou e Caique defendeu; na sequência, o goleiro dividiu a sobra no carrinho e cometeu outro pênalti.

 - Gol !  1 x 1, Pikachu bateu no canto oposto, rasteiro, Caíque triscou mas ela entrou. Aos 39’.

  Aos 45’, após bobeira defensiva dos baianos, Wagner ficou de cara,livre, mas perdeu, bateu na rede por fora.

  Empate justo na primeira etapa pelo equilíbrio e volume de jogo das duas equipes. O Vasco tentou mais por a bola no chão; o rubro-negro foi muito chutão e correria.

*

Aos 15’, Galhardo, de frente,  parou na eficiente  defesa de Caíque. Aos 19’, Pikachu bateu forte para nova defesa salvador de Caíque. O Vasco mais aceso, querendo mais.

- Gol ! 2 x 1 Vitória.  Lucas Fernandes, que tinha acabado de entrar no lugar de Rhayner, entrou livre pela esquerda, de surpresa,  e bateu de chapa, a bola desviou na zaga e matou o goleiro uruguaio.  Quando o time carioca era melhor em campo.

 - Gol ! 3 x 1 Vitória. Werley, contra. Cobrança de escanteio fechado e lambança do zagueiro.

Melhor !   Caíque salva outra aos 35’, mas...

 - Gol ! 3 x 2 , Andrés Rios, aos 37. Passe de Kelvin, a defensiva baiana espiando.

  O Vasco foi todo pra cima, mas cadê competência ?  

*

Ficha Técnica

Vasco – Martin Silva, Galhardo, Werley, Breno e Henrique; Bruno, Desábato, Wagner e Pikachu; Caio Monteiro (Kelvin) e Andrés Rios. Técnico, Zé Ricardo.

Vitória -  Caíque, Lucas, Kanu, Wálison Maia e Jefferson; William Farias, Fillipe Soutto, Rhayner e Neílton; Wállyson (Lucas Fonseca) e André Lima.  Treinador, Mancini.

No apito, o gaúcho Leirson Martins.  

**

 Próximos confrontos

 Pela sexta rodada do Brasileirão 2018, o Bahia volta a campo no sábado às 21 horas, quando enfrenta o Palmeiras, uma das melhores equipes do momento no futebol brasileiro, na Arena do Verdão, em SP.

O Vitória joga domingo, às 11 hs, no Barradão, contra o Ceará, atual campeão cearense.   No meio da semana enfrenta o Sampaio Correia (MA), em São Luiz, pelo Nordestão.

 

**

  Outros jogos da rodada

  Grêmio 0 x 0 Internacional; Cruzeiro 2 x 0 Sport; Atlético (PR) 1 x 2 Atlético (MG)

  Chapecoense 3 x 2 Flamengo; Corínthians 1 x 0 Palmeiras; Santos x Paraná (19 horas)

  Na segunda-feira, 20hs: Botafogo x Fluminense; Ceará x América (MG)


**

 Convocação para a Copa

 Com o baiano Daniel Alves fora (joelho estourado) e o avante Neymar já liberado para treinar com bola, sai nesta segunda-feira, 13 horas, na sede da CBF (RJ) a convocação do treinador Tite, nomeando os 23 atletas que começam a treinar sob o comando dele para encarar a Copa do Mundo na Rússia, que começa no meado de Junho.

  Alguns já têm o passaporte assegurado, até pelo que mostraram até agora com a camisa verde/amarela sob o comando de Tite:

Os goleiros Alison e Ederson; o lateral Marcelo; os zagueiros Miranda, Tiago Silve e Marquinho; os apoiadores Cassemiro, Fernandinho; os meias Phillipe Coutinho, William; os atacantes Neymar, Firmino. Esses estão assegurados.   Teremos surpresas?