segunda-feira, 21 de outubro de 2019
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BAHIA faz marketing de Salvador em Orlando e perde

A maratona de jogos para a dupla BAVI e as contratações para o ano 2017
13/01/2017 às 20:25
O Bahia, cheio de novidades, estreou em 2017 com um empate - 0 x 0 - contra a equipe sub-23 do Wolfsburg (Alemanha) pela Flórida Cup, nos EUA, quinta à noite. Típico amistoso de preparação, pré-temporada, válido.


O tricolor teve mais a bola, o controle do jogo, criou algumas chances de gol e não foi molestado, na primeira etapa, com Jean no gol, Tinga e Armero de laterais, o miolo de zaga do ano passado, Tiago e Jackson, Roque Jr, Juninho e Régis no meio campo; Zé Rafael, Hernane e Edigar Junio no ataque. Até deu pra ver o baba. 

Na segunda etapa, o treinador Guto ‘Gordiola’ mandou a campo outra equipe. O goleiro Anderson, Yuri, Éder, Lucas Fonseca e Mateus Reis; Édson, Feijão, Cajá, Diego Rosa, Mário e Gustavo... (depois, entraram Becão e Kaynan, garotos da base). Menos entrosamento porém mais pegada, mais velocidade em campo. Pouca criatividade de lado a lado.
 
O time alemão chegou mais do que na primeira etapa, até meteu uma bola na trave tricolor, num chute longo da esquerda, a chance mais clara de gol de toda a partida. O gol não saiu e o ganhador do jogo foi decidido nos tiros diretos da marca penal. 

Deu Wolfsburg. Gustavo, Cajá e Feijão perderam suas cobranças. 

*

O Bahia usou a camisa tricolor com o nome da cidade – Salvador, uma ‘jogada’ com a prefeitura da Capital. 

*

O próximo jogo da equipe baiana na tal Flórida Cup é domingo, às 19h30, contra o Estudiantes da Argentina, que tem como atração o meio-campista Veron, 42 anos. 
**

BaVi fora

As equipes sub-20 do Bahia e do Vitória estão fora da Copinha/ a Copa São Paulo de Juniores. Caíram juntas. Perderam logo o primeiro confronto da segunda fase da competição, jogo eliminatório e ... a garotada de Itinga e Canabrava volta pra casa mais cedo. 

Nenhuma tragédia, claro, mas os resultados devem provocar avaliações e reflexões em ambas as equipes que, afinal, possuem estruturas bem melhores que muitas outras que continuam na competição. O que há de errado com as nossas divisões de base? Preocupante, sim. 
**

Caras novas

Bahia e Vitória anunciam contratações para a maratona 2017 – Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, Série A. Muitos jogos, é preciso ter elenco qualificado.

No tricolor, os volantes Édson (ex- Flu do Rio), um certo Diego Rosa, mais a renovação de Roque Jr; Os laterais Wellington Silva (ex-Flu do Rio), o rodado colombiano Armero, Mateus Reis (ex-SP) e mais a renovação de Eduardo; os meias Zé Rafael (veio do Coritiba) e o argentino Allione (ex-Palmeiras, quase certo), mais o avante Gustavo (emprestado pelo Corínthians). Pode chegar ainda o meio-campista Mateus Sales, ex-verdão (SP). 
Darão liga? 


No rubro-negro, ainda administrando a novela ‘vai não vai’ do atacante Marinho (com um pé na China), algumas caras novas de peso, conhecidas dos que acompanham o futebol: os apoiadores Uilian (ex-Santa Cruz e Caeará) e o veterano Claiton Xavier (Palmeiras); o zagueirão Fred, gaúcho; dois meias argentinos: Dátolo e Piscullini (é assim que escreve?); os laterias Allan Costa e Géfferson (este baiano de Lauro de Freitas, ex-Inter colorado e que já vestiu a camisa da seleção) e mais dois atacantes, a confirmar. Na pré-temporada está previsto um amistoso na Toca contra uma seleção do Interior do Estado. 

Sem Marinho, o time vai precisar mesmo de avantes, finalizadores. 
*
Não gosto de opinar pelo nome, pelo currículo, pelo vídeo dos melhores lances, pela indicação do empresário, pelo arriar das malas. Prefiro vê-los em campo, atuando, numa sequência, valendo pontos, buscando espaço e entrosamento. 
** 
Cagaço
Não sei se dá tristeza ou raiva o abandono do Maracanã, que foi durante décadas o ‘maior estádio do mundo’, cartão postal do Rio de Janeiro, todo recauchutado a bilhões para a Copa de 2014, utilizado como referência também nos jogos olímpicos 2016. Uma vergonha.
Cheio de lixo, entulhos, com equipamentos quebrados, danificados, arrombado e invadido, uma festa para os ladrões que estão depenando, saqueando tudo. Ninguém assume a responsa pelo que está acontecendo, nem o governo do rio, nem as empresas, nem o comitê olímpico, terra de ninguém. Sò falta ser invadido pelos sem teto e sem terra e sem escrúpulos. 
Absurdo. Afinal, ali estão jogados milhões do dinheiro público. Inacreditável. Crime. 
**
O cara
CR-7, o gajo marrento Cristiano Ronaldo foi mais uma vez escolhido o melhor do ano pela FIFA. Justo, pelos feitos, gols, conquistas na temporada. Como bem disse Tostão, CR-7 foi o melhor de 2016, mas o ‘la pulga’ Messi continua sendo o melhor do mundo. 
Messi tem cinco escolhas e Cristiano tem quatro, até agora. Acho que têm muitos interesses e 
armações nessas escolhas. Mas... o mundo vive disso, as celebridades adoooram. Já Neymar... continua na praia, à espera de que o aceitem na patota dos maiorais. 
Além desses nomes, gosto muito de Iniesta, Pogba, Dybala, Griesmman...