sexta-feira, 10 de julho de 2020
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BAHIA vence Tremendão 2x0 e Juazeirense 2x0 Jacobina

O tricolor da capital manteve o ritmo até o final e mereceu o resultado, tem a vantagem e toda chance de estar nas semifinais do Baianão
20/03/2016 às 20:16

   O Bahia da Capital, atual campeão baiano, foi ao sertão e se deu bem contra o Bahia de Feira, vencendo o primeiro confronto entre os tricolores pelas quartas de final do Campeonato Baiano 2016,  praticamente assegurando-se nas semifinais, com dois gols de vantagem sobre o adversário. A equipe de Doriva foi superior e poderia ter aplicado uma goleada, não tivesse perdido tantas oportunidades na partida. 

  No outro jogo, o Juazeirense aplicou 2 x 0 no Jacobina e também se credencia para estar numa das semifinais, caso ratifique a superioridade na partida de volta.       

 - Bahia, Fluminense de Feira, Juazeirense e Flamengo de Guanambi saíram na frente. 

*

    Um BaBa quente 

    Abertura do outono, tarde ensolarada de verão no sertão norte, estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim com o gramado verdinho, alto e bastante irregular.  Nas acanhadas arquibancadas, cerca de 1.200 torcedores, a maioria do Bahêa .  

    O jogo :

    A pegada forte do time interiorano, dificuldades no domínio da pelota para ambos, alguns chutões, muito corpo a corpo e uma partida até animada, boa de ver na primeira etapa. 

   O Bahia da capital tentando por mais a pelota no chão, tramando, segurando mais as rédeas da partida, buscando o ataque desde o começo. Mas, aos poucos, com o decorrer da partida o BaFe foi se soltando e nos contragolpes, nos erros do adversário, metendo sustos. O Bahêa foi tecnicamente superior na primeira etapa, com mais volume de jogo.  

   Aos 5 minutos aconteceu a primeira chance clara de gol: Juninho de fora arriscou, mas Valdson espalmou. No escanteio, Paulo Roberto livre, de frente, na linha da pequena área, pegou muito mal e perdeu, bateu por cima. A resposta veio aos 10’, numa roubada de bola meio campo, a defesa do Bahêa aberta, o avante Lourival (da base do Bahia e emprestado ao coirmão) bateu oportunidade achada. 

   Aos 12’, após boa arrancada de Edigar Jr pela esquerda, o goleiro Valdson atirou-se aos pés de Ze Roberto, evitando a finalização. Aos 14’, o Bahêa entrou tabelando e Paulo Roberto finalizou forte, de frente, mas Valdson defendeu mais uma. Aos 25’, noutra boa trama, Edigar arrematou forte e a bola raspou o travessão. Aos 39’, enviesado pela esquerda, Edigar Jr entrou livre e perdeu mais uma, chutou fora. Foram muitas as chances perdidas pelo tricolor da Capital na primeira etapa. 

*

   Após o intervalo, o mesmo panorama, muita correria. O Bahêa buscando mais o ataque e o BaFeira postado, marcando, na boa do contragolpe, apenas. A equipe da Capital superior tecnicamente, com um elenco muito mais caro e mais qualificado.    

 No primeiro minuto, Luizinho meteu em profundidade pra Ze Roberto que deixou escapar um pouco mas bateu forte; ponta de dedo do goleiro Valdson. Aos 12’, Paulo Roberto bateu de canhota, pegando rebote, para fora. 

   Aos 13’, Doriva colocou Henrique em lugar do ineficaz Zé Roberto. O estreante entrou pelo lado esquerdo e Edigar Jr deslocado, mais centralizado. De imediato, o treinador Quintino Barbosa pôs Paulo Miranda em lugar de Gofinha, para marcar o rápido Henrique. Mais tarde, o lateral canhoto Moisés substituiu o sumido João Paulo. 

  O primeiro gol saiu aos 25’, após boa jogada do lateral Hayner pela direita. O goleirão falhou espalmando o cruzamento do fundo, forte, contra as redes: 1 x 0.  Aos 35’, um golaço de Juninho, arrancando e enchendo o pé da entrada da área: 2 x 0, gol do aniversariante do dia, fechando o caixão. 

   O tricolor da capital manteve o ritmo até o final e mereceu o resultado, tem  a vantagem e toda chance de estar nas semifinais do Baianão. Quem sabe enfrentando o Fluminense de Feira, duelo mais que provável. 

**

Destaques no time vencedor para Hayner, a sobriedade da dupla de zaga (Robson e Eder), Juninho foi o dono do meio campo, ao lado de Paulo Roberto; Edigar Junior o melhor no ataque.

Pela equipe feirense, o goleiro Valdson (apesar da falha no gol de Haynermostrou serviço, o zagueiro Menezes e o meia Marcone acima dos demais. 

*

  O próximo confronto  Ba x Ba será na Fonte Nova, jogo de volta domingo, com toda a vantagem para a equipe da capital, podendo até se classificar com uma derrota por dois gols de diferença.    

*

   Nordestão

   Antes, na quarta-feira à noite tem Bahia x Santa Cruz na Fonte Nova, valendo pela última rodada da primeira fase, a classificatória da Copa do Nordeste. Nesse clássico de tricolores nordestinos, o baiano já entra em campo classificadíssimo. A partida vale pela rivalidade Bahia x Pernambuco, também, e as duas equipes são as de maior torcida em seus estados.    

*

 Outros jogos/Baianão: 

 O Juazeirense ganhou por 2 x 0 do Jacobina.   

Pelo torneio da morte, que decide que cai para a segundona do Baiano 2017: Jacuipense 2 x 1 Feirense;  o Colo Colo empatou com o Vitória da Conquista , 0 x 0. 



 ** 

  Seleção

  Pelas Eliminatórias da Copa 2018/Rússia, no dia 25 a Seleção Brasileira treinada por Dunga encara o Uruguai, na Arena Pernambuco.  Os pernambucanos vão ver de perto o confronto entre dois grande astros do Barcelona, amigos e companheiros de ataque: o genial Neymar e o goleador Luizito Suarez.

  No dia 29, Paraguai x Brasil, em Assunção. 

Olho na telinha.

**

  Champions League

  Quartas de final da Liga dos Campeões da Europa com confrontos definidos:

- O Real Madrid enfrenta o alemão Wolfsburg. Favoritismo para a equipe espanhola de CR 7. 

- O Bayern Munique de Guardiola encara o Benfica de Jonas e Talisca. Os manos ‘portuga’ têm chances remotas, os alemães são teoricamente superiores. Mas...   

 - O campeão francês PSG – Paris Saint Germain, de Ibrahimovic, encara o inglês Manchester City, páreo duro. 

 - O atual campeão da competição, o super Barcelona de Messi/Neymar vai se defrontar com o Atletico de Madrid, clássico espanhol. O Barça é o melhor time do mundo, porém... é clássico, rivalidade pura. Imprevisível.


**

  Outro papo

1º dia do outono 2016/ 20 março, domingo de Ramos, começo de Semana Santa dos católicos.


  -  "Aprendi diretamente a ciência da dor recolhendo lágrimas, a ciência da vida partilhando esperanças, o segredo de quase tudo no amor para com todos" (Padre Gaspar Sadoc da Natividade, filho de Santo Amaro, 100 anos de idade, monsenhor da Igreja Católica). 

    Exemplo de fé cristã. Sua benção, pai. 

*

  Todo sentimento pelo falecimento de Antônio Lima, ex-vereador, ex-feirante (Água de Meninos e São Joaquim), homem simples e decente.