quinta-feira, 22 de abril de 2021
Turismo

MOVIMENTO CENTRO HISTÓRICO QUER APÓIOS DO GOVERNO E PMS PARA RENASCER

E realiza reunião virtual com os mais diversos setores ligados à economia e ao turismo na capital*
Tasso Franco , da redação em Salvador | 04/04/2021 às 19:11
O turismo no centro histórico foi à lona com o lockdown
Foto: BJÁ

  A ACHE Salvador, Associação do Centro Histórico Empreendedor, inicia movimento de retomada da economia buscando desenvolver a conscientização da importância da cidade de Salvador se tornar polo de conhecimento, consumo e entretenimento para turistas e moradores da cidade. 

  Para tanto realiza nesta terça-feira, dia 6 de abril, às 17h, uma reunião virtual através da plataforma Zoom para a qual convida todos os setores envolvidos com o trade turístico da cidade.  O intuito é fortalecer ainda mais Salvador como destino e chamar a atenção do Brasil e do mundo. Para participar basta acessar http://encurtador.com.br/glmBM.Há muito tempo se debate o fortalecimento comercial e econômico da cidade em diversos setores. 

  Nesse momento o turismo, nas esferas local, regional, nacional e internacional, deve ser colocado como uma das pautas principais para organização e desenvolvimento econômico da cidade. Segundo pesquisas, com fonte da “melhoresdestinos.com.br”, a Bahia foi eleita como o melhor estado turístico do Brasil e Salvador, com fonte da “Braztoa”, lidera o ranking nacional de destinos de interesse entre as capitais. Mas, economicamente, esse resultado não se reflete de forma consolidada na cidade.

 Há muita procura pelo destino e pouca efetividade na tomada de decisão por visitar a cidade ou passar mais tempo nela quando se decide pela visitação. Existe também uma concorrência efetiva pelos balneários vizinhos a Salvador e um comum enfraquecimento da movimentação econômica da cidade.

É reconhecido os trabalhos de melhorias estruturais realizados pela Prefeitura Municipal de Salvador e Governo do Estado, mas falta melhorar a organização patrimonial, o ordenamento público, a estruturação social, o respeito à diversidade cultural e principalmente o apoio ao desenvolvimento econômico.

Esse é o papel principal dos governantes: Fazer a cidade ser boa para os turistas, moradores e todos aqueles que movimentam a sua economia. O mapa turístico de Salvador demonstra que há oportunidade de desenvolvimento em toda a cidade e para todos os setores: Comércio, Hotéis, Bares, Restaurantes, Shoppings Centers, Serviços, Entretenimento, História e Cultura.

É o momento de iniciar movimento pela retomada da cidade, fazer de forma diferente ações que despertem o interesse pelo conhecimento e pela movimentação econômica, empresarial, empreendedora e de geração de empregos em Salvador.

Fato é: Para o visitante, o Centro Histórico é lugar obrigatório por quem opta pelo destino Salvador e apoiar o desenvolvimento dessa região é fortalecer a imagem de toda a cidade. Por este motivo, a ACHE Salvador inicia movimento de conscientização e passa a buscar apoio e reconhecimento de todos os setores da economia, da cultura e do poder público. Berço da cidade, da Praça Castro Alves ao Largo do Carmo, o Centro Histórico possui o maior patrimônio artístico e cultural da América Latina.

Da música à cultura popular, do artesanato à gastronomia, essa região da cidade é a referência e o principal cartão de visita do Estado. Infelizmente, não há movimento amplo de construção de uma nova organização da região e toda a cidade é impactada por isso, pois muitos moradores de Salvador desconhecem o potencial econômico do lugar e o turista sente-se impactado pela falta de ordenamento estrutural das atividades econômicas desenvolvidas no local.

O contraste é significativo: Gastronomia, Bares, Moda, Cultura, Hotéis, Pousadas, Museus, Igrejas, Artesanato e Comércio de Economia Popular são impactados pela falta de medidas de ordenamento e inclusão social que geram uma sensação de insegurança e desorganização da região mais importante da cidade.

Todos os setores da economia precisam se juntar a este movimento: pelo bem da cidade e pelo bem de todos! Fica aqui o convite para “abraçarem” essa causa e apoiarem o nosso movimento. Independente da sua atividade, da instituição ou órgão que participa ou representa, reflita sobre a importância de fazer Salvador se consolidar como referência em receptividade, moradia e desenvolvimento econômico.

Fortalecer o Centro Histórico é chamar a atenção do Brasil e do mundo, é garantir desenvolvimento para toda a cidade através do Turismo. No dia 06 de Abril às 17h00minh, haverá uma Live para tratar do assunto e sua participação é importante e fundamental.

Não deixe de se programar, pois há uma conscientização de que a revitalização da imagem do Centro Histórico será boa para toda a cidade. Caso não seja possível, entre em contato com a diretoria da ACHE e combine um horário para aprofundar mais conhecimento e não deixar de participar do movimento.