quarta-feira, 30 de setembro de 2020
Turismo

CALP, NA COMUNIDADE VALENCIANA, PARECE O RIO DE JANEIRO, p TASSO FILHO

Um local belíssimo à beira do Mediterrâneo
Tasso Filho , Valencia | 15/09/2020 às 18:46
Calp, a beira do Mediterrâneo
Foto: TFF
O verão esta se aproximando do fim no continente europeu mas as praias da Espanha, mesmo com a pandemia do coronavírus, não param de bombar e a bola da vez é Calp. Diria que de todas as cidades da Comunidade Valenciana que conheço foi a que mais me chamou atenção, a que mais gostei e é sem duvidas a melhor estruturada. 

Calp possui uma população de 22.725 habitantes, sendo que 47% deles são de nacionalidade não-espanhola, e fica a 125km de Valencia (cerca de 1h e 30 min de carro) na província de Alicante, na chamada Costa Blanca espanhola. 

       A principal atração turística e cartão postal da cidade é o Parque Natural Peñón de Ifach. Uma pedra de rocha calcária de cerca 50.000 m² a uma altura de 332m e 1km de comprimento. Essa pedra imponente no estilo da Pedra da Gávea divide as duas principais praias da cidade e é um ponto de encontro de escaladores e mergulhadores de todo o mundo, além de ser um dos principais símbolos da Costa Blanca. 

   Quem gosta de fazer caminhadas, existe uma trilha de 1h:30 min aproximadamente, que você pode ir até o topo da pedra. O visual é belíssimo e de tirar o fôlego.

    Chegando em Calp é notável a diferença de padrão se compararmos com outras cidades litorâneas da comunidade. Antes de chegar na praia e se deparar com o principal cartão postal local, quem chega na cidade passa por uma grande lagoa chamada de Las Salinas de Calpe. Lagoa menor que a Rodrigo de Freitas mas cercada também por prédios e casas de alto padrão.

A orla da cidade é dividida pelo Peñón de Ifach. Ao norte da pedra temos a Playa de la Fosa e ao sul a Playa del Arenal-Bol. Ambas com grandes edifícios residenciais, hotéis, resorts, restaurantes e bares. 

Uma curiosidade é que a cidade também é uma zona piscatória dedicada a pesca esportiva. Lá é um dos principais locais onde existe a pesca à sardinha. 

As águas cristalinas do mediterrâneo compõem perfeitamente a paisagem paradisíaca que lembra muito o Rio de Janeiro. Se em matérias passada falei que a Cullera era o Rio de Janeiro espanhol, hoje digo que é Calp. Uma cidade maior que a Cullera, menor que o RJ, mas maravilhosa em todos os sentidos.