segunda-feira, 13 de julho de 2020
Turismo

Parque Klaus Peteres contribui para equilíbrio ecológico LITORAL NORTE

No dia mundial do meio ambiente, o Município celebra a eficiente gestão dos recursos ambientais e a Unidade de Conservação da Praia do Forte
Prefeitura de Mata de São João , Mata de São João | 05/06/2020 às 11:00
Parque Klaus Perters
Foto: Fábio Lima

Mata de São João tem muito para comemorar no Dia Internacional do Meio Ambiente, que é celebrado nesta sexta-feira (5). O município tem tradicionalmente uma vocação ambiental, por possuir muitas riquezas naturais e uma atividade turística pulsante, voltada prioritariamente para a valorização e preservação da fauna e da flora.

 

Entre as diversas ações e serviços de gestão ambiental, o Mata de São João criou, em 2008, através da Lei 367/2008, o Parque Natural Municipal da Restinga de Praia do Forte, conhecido como Parque Klaus Peters. O Município tem também uma rigorosa e eficiente política de monitoramento, fiscalização e análise ambiental, que são responsáveis por promover um desenvolvimento sustentável na região.


A Unidade de Conservação, que tem 244 hectares (equivalente a 254 campos de futebol), desempenha um papel fundamental no equilíbrio ecológico da região. Não apenas pelos serviços ecossistêmicos gratuitos, prestados à sociedade pela própria natureza, mais também pelo acolhimento de estudantes de todos os níveis de ensino e pesquisadores de todo o Brasil. O parque é também um precioso espaço público de laser e de contemplação da natureza e um importante corredor ecológico.


De acordo com o biólogo, coordenador de Unidades de Conservação da Prefeitura de Mata de São João e Gestor do Parque Klaus Peters, Fábio Lima, ao longo desses anos, mais de 5 mil estudantes foram contemplados, através do programa de vistas guiadas. O biólogo conta ainda que 158 animais foram relocados e que mais de 10 linhas de pesquisas sobre a Unidade de Conservação estão em andamento, executadas por graduandos,  mestrandos e doutorandos.

“Paralelo a essas atividades, o Parque vem realizando o monitoramento de fauna com a utilização de câmeras Trap, para realizar os registros. As etapas para criação do museu sensorial para atender as pessoas com mobilidade reduzida continuam a avançar e os passeios realizados por operadoras de turismo parceiras seguem atraindo cada vez mais pessoas para próximo da natureza”, acrescenta Lima.


Gestão ambiental - A gestão do Prefeito de Mata de São João Marcelo Oliveira vem desempenhando um papel fundamental no planejamento da preservação e da conservação da natureza, a longo prazo. Fábio Lima afirma que o município segue em passos largos para criação de outra Unidade de Conservação e a incorporação de novas áreas ao Parque Klaus Peters.


Dados do programa “Aqui tem Mata?”, da Fundação SOS Mata Atlântica, apontam que o Mata de São João possui 12.192 hectares de Mata Atlântica, o que representa 19,25% de mata original no Município. Os dados ainda mostram uma queda acentuada no desmatamento de 2014 até 2018, último ano de divulgação de informações pelo site.


Em 2018, o Parque Klaus Peters recebeu o titulo de Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica – UNESCO pelos trabalhos desenvolvidos. É com esse balaço positivo ao longo dos anos que comemoramos o dia mundial do meio ambiente.