segunda-feira, 13 de julho de 2020
Tecnologia

Túneis de Desinfecção do Senai são implantados em mais seis hospitais

A ação é fruto de uma parceria entre o Senai Cimatec e o Governo do Estado
Ascom Seplan , Salvador | 04/06/2020 às 20:10
Túneis de Desinfecção do Senai são implantados em mais seis hospitais da BA
Foto: Divulgação

Túneis de Desinfecção voltados para profissionais que utilizem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) foram implantados, nesta quinta-feira (04), nos hospitais de campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador, de Clínicas de Conquista e Geral de Vitória da Conquista, Geral de Itaparica, da Chapada (Seabra), e Regional Dantas Bião (Alagoinhas). A ação é fruto de uma parceria entre o Senai Cimatec, responsável pelo desenvolvimento do equipamento, e o Governo do Estado.


Com estes, já são 19 unidades com o equipamento, sendo que outros 13 túneis já foram implantados em hospitais e unidades de Saúde da Bahia que atendem pacientes com sintomas da Covid-19: Instituto Couto Maia, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vale dos Barris, hospitais Santo Antônio (Obras Sociais Irmã Dulce), Espanhol, Subúrbio, Ernesto Simões Filho e Martagão Gesteira em Salvador, além do Costa do Cacau, em Ilhéus, Calixto Midlej Filho, em Itabuna, São Vicente e Prado Valadares, em Jequié, Riverside, em Lauro de Freitas, e UPA de Ipiaú.


“Estamos implantando túneis de desinfecção em diversos hospitais da Bahia, ampliando assim a segurança dos profissionais que estão na linha de frente, em contato direto com pacientes da Covid-19. Eles são desenvolvidos para que estes profissionais possam ter mais segurança justamente no momento em que vão se desparamentar dos seus EPIs”, ressalta o secretário do Planejamento, Walter Pinheiro.


Os túneis de desinfecção foram desenvolvidos sob a supervisão do infectologista Roberto Badaró, pesquisador chefe do Instituto de Tecnologia da Saúde do Senai Cimatec, e atendem adequadamente aos requisitos especificados pela Anvisa. “A gente sabe que a contaminação do profissional da área da saúde, cerca de 50% ocorre não no contato com o paciente, mas quando ele vai se desparamentar. Ao passar pelo túnel de desinfecção e receber o spray, o profissional pode retirar estes equipamentos de proteção individual sem risco de contaminação”, explicou Badaró.


O túnel do Senai Cimatec possui formato de um corredor de 2,5 metros, pelo qual o profissional de saúde passa ao final do seu expediente, antes da retirada do EPI, para desinfecção. O equipamento possui estrutura de alumínio, com tubulação de PVC, uma bomba de alta pressão e bicos aspersores que fazem o processo de nebulização. O desinfetante utilizado (hipoclorito) já é amplamente recomendado e utilizado, por décadas, para uso na desinfecção de superfícies de ambientes hospitalares e domiciliares, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e órgãos internacionais de saúde, inclusive com eficácia comprovada para o novo Coronavírus.


O hospital de campanha da Arena Fonte Nova está previsto para iniciar as atividades nesta sexta-feira (05) e vai contar com 100 leitos de terapia intensiva e 140 leitos de internamento em enfermaria. O Hospital Geral de Vitória da Conquista já conta com 15 leitos dedicados ao coronavírus, de um total de 45 que estão em processo de implantação na unidade. Já o Hospital de Clínicas de Conquista (HCC) foi contratado pelo Governo do Estado e dispõe de 40 leitos dedicados a pacientes suspeitos e com diagnóstico positivo para a Covid-19.


O Hospital da Chapada, em Seabra, possui 36 leitos dedicados à Covid-19, sendo a principal referência para mais de 400 mil habitantes da região. O Hospital Regional Dantas Bião, em Alagoinhas, possui 24 leitos, sendo 12 de UTI exclusivos para pacientes com o diagnóstico de coronavírus. Já o Hospital Geral de Itaparica possui 10 leitos exclusivos para atender pacientes com sintomas da Covid-19.