segunda-feira, 20 de janeiro de 2020
Tecnologia

MISSIL TERRA-AR DO IRÃ TERIA ABATIDO BOEING UCRANIANO, APONTA NYT

Com informações do G1
Da Redação , Salvador | 09/01/2020 às 19:14
Momento de ataque ao avião
Foto: NYT
    O jornal "The New York Times" divulgou nesta quinta-feira (9) um vídeo que aparenta mostrar o momento em que o avião ucraniano que caiu no Irã e matou 176 pessoas é atingido por um míssil.

   "Para analisar o vídeo, confirmamos que ele foi filmado perto da rota de voo do avião a partir de Teerã" , explicou o diário americano.

   Segundo o jornal, o vídeo mostra que uma pequena explosão aconteceu quando o míssil atingiu o avião, mas o avião em si, em um primeiro momento, não explodiu: continuou voando por alguns minutos e virou na direção do aeroporto. A aeronave então continuou voando, em chamas, para o aeroporto antes de explodir e bater no solo, segundo mostram outros vídeos verificados pelo "The New York Times".

A filmagem foi obtida pelo jornal de uma pessoa chamada Nariman Gharib. A aeronave caiu na quarta-feira (8) em Parand, perto de Teerã, a capital iraniana. Ninguém a bordo sobreviveu.P

PREMIER CANADENSE

Mais cedo, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que múltiplas fontes de inteligência apontam que o avião foi derrubado por um míssil iraniano. Trudeau afirmou que a derrubada pode ter sido acidental, mas apontou que a investigação do caso precisa ser completa.

"Temos inteligência de várias fontes, incluindo nossos aliados e nossa própria inteligência. As evidências indicam que o avião foi abatido por um míssil terra-ar iraniano. Pode ter sido não intencional", disse.

Trudeau ainda disse que está em diálogo com a chancelaria iraniana -- 63 dos 176 passageiros que estavam no avião eram canadenses, e 138 deles tinham o Canadá como destino final. Teerã estaria mostrando abertura para permitir que agentes consulares canadenses fossem ao Irã para ajudar as famílias das vítimas.

Segundo o líder canadense, ainda é cedo para atribuir culpa pelo desastre ou tirar conclusões.