ter?a-feira, 20 de agosto de 2019
Tecnologia

Globo inaugura MG4 maior complexo de conteúdo em TV da América Latina

Com informações do portal Globo.com
Da Redação , da redação em Salvador | 08/08/2019 às 16:39
Os irmãos Marinhio
Foto: Miguel Folco
A Globo inaugurou, nesta quinta-feira (8), três novos estúdios, ampliando o maior complexo de produção de conteúdo da América Latina, os Estúdios Globo, na Zona Oeste do Rio.

Com setores de produção e armazenagem, os novos espaços ocupam uma área total de 26 mil metros quadrados – cerca de quatro campos de futebol. Entre pesquisa e obras, foram cinco anos para concluir o projeto – chamado Módulo de Gravação 4 (MG4) –, que teve um investimento de R$ 207 milhões.

Apostando em inovação tecnológica e voltado à dramaturgia, o MG4 parte de um conceito que prevê a adoção de métodos de gestão e uso de recursos com que contam grandes produções internacionais. Os três estúdios estão habilitados para os formatos 4K e 4K HDR, por exemplo (leia mais abaixo).


"A inauguração deste novo complexo de estúdios é a prova de que os meus irmãos e eu – e agora também nossos filhos – honramos essa tradição. Ao longo das décadas, o Brasil pôde testemunhar que, em essência, somos excelentes contadores de história, não importando o meio de distribuição", declarou Roberto Irineu Marinho, presidente do Conselho de Administração do Grupo Globo, na solenidade oficial de inauguração realizada nesta manhã, em que também estiveram presentes os acionistas João Roberto Marinho e José Roberto Marinho, além de elenco e executivos das empresas Globo.

"Nossos conteúdos – nossas histórias – ao mesmo tempo são impactados por nossa cultura e por nosso povo e impactam essa mesma cultura e esse mesmo povo. Essa é a chave do nosso sucesso no passado, no presente e no futuro. E é o que nos dá confiança para realizarmos investimentos tão vultosos quanto os necessários para a construção destes três novos estúdios, em que mais histórias serão produzidas para serem contadas."

Em discurso na inauguração, Jorge Nóbrega, presidente-executivo do Grupo Globo, afirmou: "Eu queria fazer uma homenagem às pessoas que fizeram isso aqui, às pessoas que estão fazendo esses sonhos todos os dias, e dizer que a vista que a gente tem depende da montanha que a gente sobe. E a Globo não tem medo de altura".

Os três inaugurados agora aumentam a capacidade de produzir novelas, séries, minisséries, realities, formatos originais, programas de humor e variedade. A média atual dos Estúdios Globo é de cerca de 3 mil horas de entretenimento por ano.

Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da Globo, disse: "O que temos aqui vai além dessas paredes. O que temos aqui vai muito além do que é possível enxergar a olhos nus. Temos que olhar isso sob a lente do talento – do talento de cada um de vocês. É do talento brasileiro que isso aqui é feito. A partir daqui, vamos fazer o brasileiro se emocionar, sorrir um pouco mais. (...) Ficção faz sonhar, faz imaginar, faz evoluir".