segunda-feira, 20 de maio de 2019
Tecnologia

Lauro de Freitas sediará o Seminário MetroUrbi e analisará o Aeromóvel

Ao final do seminário, previsto para às 19h, será elaborada uma Carta Técnica que será encaminhada para as autoridades dos Governos Estadual e Federal
PG , Salvador | 24/04/2019 às 13:09
Mauro Cardim, secretário do Planejamento de Lauro de Freitas
Foto:

Os treze municípios que integram a Região Metropolitana de Salvador (RMS) estarão debatendo temas comuns durante a realização do Seminário Metropolitano de Desenvolvimento Econômico, Mobilidade Urbana e Inovação, confirmado para o próximo dia 29 de abril (segunda-feira), no Cine Teatro de Lauro de Freitas (Praça da
Matriz-Centro), com início às 8h.

Segundo o curador técnico do METROURBI, Mauro Cardim, “a RMS concentra mais de 70% do PIB de toda a Bahia, mas com particularidades próprias e desafios que ainda precisam ser superados, principalmente quando o tema é a logística de escoamento da produção regional e da mobilidade urbana. Sou defensor da ideia continuada pelas soluções integradas e de uma
agenda de trabalho permanente, suprapartidária e sobretudo técnica entre os gestores públicos da região”.

De acordo com Mauro Cardim, vários secretários municipais e vereadores também buscam compartilhar conhecimentos e apostam no caminho da inovação na gestão pública como mecanismo fundamental para o desenvolvimento das regiões metropolitanas da Bahia.

Além dos secretários de Planejamento, de Desenvolvimento Urbano e de Inovação dos municípios da Região Metropolitana de Salvador, participarão do evento o vice-governador do Estado, João Leão, e o secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster. Também estão confirmados o secretário nacional de Mobilidade Urbana do Governo Federal, Jean Carlos Pejo, o secretário de Transporte e Obras do Espírito Santo, Fábio Ney Damasceno, o diretor de Fomento e Originação de Negócios do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), Caio Ramos e representação do Ministério Público da Bahia, dentre outros convidados.

Aeromóvel

Ao final do seminário, previsto para às 19h, será elaborada uma Carta Técnica que será encaminhada para as autoridades dos Governos Estadual e Federal, além da divulgação na imprensa. 

Mauro Cardim também destacou que o modal aeromóvel é uma opção  de mobilidade urbana sustentável, principalmente pela agilidade na sua implantação e na relação custo x benefício do modal em relação aos seus concorrentes. 

Ele também afirmou que a empresa do Grupo Coester vai expor uma veículo para visitação dos
participantes do Metrourbi-2019.

As inscrições para as últimas vagas destinadas à profissionais e estudantes da área podem ser
realizadas através do site: http://metrourbi.com.br/