segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Colunistas / Política
Tasso Franco

PESQUISA aponta liderança WAGNER e este seria melhor nome a governador No título de cidadã

Deputados ligados a Wagner preferem ele a Rui Costa
01/12/2017 às 17:32
1. A pesquisa do Instituto Paraná divulgada hoje pela TV Record Bahia mostra que o PT baiano está bem na fita apesar do desastre que foi o governo Dilma Rousseff. O governador Rui Costa tem 33% das intenções de votos contra ACM NETO com 49%, mas isso representa apenas um indicador pois ainda estamos muito distante do pleito. O PT venceu as últimas três eleições na Bahia no primeiro turno, duas com Wagner e uma com Rui. E, Wagner, para o Senado, aparece com 40% em primeiro lugar.

   2. Ao que tudo indica nessa leitura preliminar dos números o nome de Wagner é muito forte e, no meio politico petista, há quem defenda sua candidatura ao governo e não ao Senado. No nosso ponto de vista também achamos isso, até porque Wagner teve uma Comunicação democrática o que não acontece com Rui, e sabe fazer política melhor do que Rui. Mas, isso é uma questão partidária, o governador é o candidato natural e certamente será ele.

   3. Vale também observar o seguinte: historicamente, o governador eleito puxa os senadores e os elege, ou ajuda a eleger na enxurrada dos votos. Isso vem acontecendo desde 1986, com Waldir Pires governador elegendo Rui Bacelar e Jutahy Magalhães. E segue até os dias atuais. Na eleição de 1986, o favorito era Lomanto; e, recentemente, César Borges, então senador, era favorito e perdeu. Imbassahy também saiu favorito e deu João Durval. Então, a pesquisa de senador tem pouca relevância.

   4. A questão para o Senado é compor as chapas. Parece consensual que Wagner ocupará uma vaga com Rui; e na outra disputam, Angelo Coronel, Lidice da Mata e Alice Portugal; no DEM de Neto, o melhor colocado na pesquisa é Imbassahy, mas tem também Jutahy e Tia Eron querendo; e parece consenso que a outra vaga seria de Zé Ronaldo.