sexta-feira, 18 de outubro de 2019
Colunistas / Política
Tasso Franco

GOVERNO falha ao levar Rui a Cidade do Saber com protesto na FORD

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), lançou o novo site de mobilidade (www.mobilidade.salvador.ba.gov.br)
23/10/2015 às 18:01
  1. Ainda não está claro quem colocou o governador Rui Costa numa saia justa durante a visita que fez com o presidente da Ford para a AL na Cidade do Saber, em Camaçari, na última terça-feira, 21.  O primeiro evento de relevância que o governador participava após sua viagem a Europa, com sinais de bons resultados para a Bahia. 

   2. A Secom convocou a imprensa e até colocou uma van à disposição dos veiculos de comunicação entendendo que a assinatura de um convênio compromisso da Ford para atender 100 estudantes dentro do programa 'menina dos olhos' do governo "Educar para Transformar", era de grande importância.

   3. Diria que nem tanto pela quantidade de alunos atendidos, apenas 100 quando a Ford poderia atender 1000 dada a sua grandeza, mas, tem um relevante significado emblemático, uma vez que o governador está empenhado em melhorar a qualidade da educação no estado e necessita de apoios da sociedade, especialmente da agegação de empresas. Até agora, poucas participando.

  4. Teria havido, no entanto, uma falha na informação do governo que se deparou com uma manifestação sindical cobrando da Ford compromissos com os trabalhadores e não demissões entendendo que a empresa não reduziu sua produção de veiculos na Bahia, portanto, não fora atingida pela crise. Além do que, segundo veiculou-se no meio sindical o lucro da Ford em 2015 será da ordem de 9 bilhões de dólares.

   5. Evidente, cremos, que se o governo soubesse dessa manifestação teria mudado o local do evento. Ora, uma manifestação dessa natureza não se faz de uma hora para outra. Tem uma organização, tem uma estratégia, e politicos integrantes do PT participaram no apoio aos trabalhadores. Então, se supõe que o governo deveria ter sido informado desse movimento paredista e se não foi cometeu uma falha e colocou o governador numa 'saia justa'.

   6. Óbvio que o movimento não foi contra Rui e seu governo e ele soube sair-se muito bem no diálogo com os trabalhadores, sobretudo porque veio da base, do movimento sindicalista do Pólo Petroquímico, porém, o protesto encobriu o evento da Ford com Rui pela educação ocupando mais espaço na midia do que o programado pelo governo.

   7. Fica a lição. Não saberia dizer se o governo está analisando essa situação internamente, mas a lição deve ter sido assimilada para que novas falhas não aconteçam.