ter?a-feira, 21 de setembro de 2021
Colunistas / Política
Tasso Franco

SENADORA LIDICE e as dificuldades que terá em 2018 para reeleger-se

PSB nacional emite nota da Executiva que vai ter candidato (a) a presidente em 2018
17/10/2015 às 19:34
   1. No decorrer desta semana, a Executiva Nacional do PSB emitiu uma nota à imprensa afirmando que pretende lançar um (a) candidato (a) a presidência da República, em 2018, e não apoia as manifestações e requerimentos de parte da oposição pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff; nem muito menos apoia as ações do governo. 

   2. Adotou uma postura de independência e se considera uma alternativa para dirigir o país a partir de 2019.

   3. Essa postura do PSB já sustentada na eleição de 2014 primeiro com Eduardo Campos e depois com a morte deste apoiando Marina Silva (Rede/PSB) não causou surpresa no meio político embora existam as peculiaridades regionais (o partido sempre as respeitou), cada estado, no plano local, adotando a postura que mais lhe convém. 

   4. Assim, na Bahia, por exemplo, a senadora Lidice da Mata, candidatou-se a governadora em 2014, sem êxito eleitoral em vitória, e depois alinhou-se com o PT de quem é coligada e cujo partido tem cargos no governo Rui Costa. Lidice ainda tentou ser uma terceira via sem esses penduricalhos, porém, foi pressionada por socialistas e cedeu.

   5. O que se depreende dessa nova posição do PSB nacional é de que o partido certamente vai lutar para ter um candidato ou candidata a prefeito (a) da capital e de outros municípios da Bahia, em 2016, e um (a) candidato (a) a governador (a), em 2018. 

   6. Como o PSB da Bahia tem lideranças poucas expressivas, salvo a senadora Lidice da Mata, em princípio, o nome para essas missões continua sendo o de Lidice. Mas Lidice também não pode ser 'pau-pra-toda-obra' candidata a prefeita da capital (2016) e depois a governadora (2018) porque ela tem um mandato que se renova exatamente, em 2018.

   7. Vá lá que, em 2016, ela arrisque uma eleição em Salvador. Em 2018, no entanto, se arriscar pode ficar 'sem o mel e a cabaça'. Vencendo passa a ser governadora; perdendo deixa também o Senado e fica sem mandato, por pelo menos 2 anos ou 4 anos, o que representa um risco.

   8. E, em não sendo Lidice quem seria no PSB um (a) provável candidato (a) a prefeito (a) da capital? 

   9. O partido tinha o deputado sargento e pastor Isidório, o qual deixou-o depois de suas posições sobre os movimentos LGBT crítico ferrenho que é dos gays. Isidório, hoje, ensaia uma candidatura própria a prefeito da capital e diz-se, sonha com o apoio do PT, o que é improvável. O PT não dá encosto e terá um nome na disputa na capital, ainda mais que o governador Rui está bem na fita em Salvador e seu governo com obras na mobilidade urbana e encostas.

   10. Uma alternativa na capital (fora Lidice) seria a deputada Fabíola Mansur, ex-vereadora e agora na Assembleia Legislativa. A questão é que Fabíola não é tão popular quanto Lidice e o PSB não vai agregar alianças no primeiro turno porque o PT tem mais poder de fogo para isso; e do outro lado está o DEM do prefeito ACM Neto, a essa altura já com PMDB/PSDB/PP/PV/PDT/PTB etc.

   11. Queimar Lidice numa empreitada dessas seria um risco uma vez que, pelo menos hoje, Neto é o favorito no pleito. Lidice, em 2018, para governadora, aí o risco ainda é maior, pois, deverão se defrontar (ao que se vislumbra hoje) ACM Neto x Rui Costa este à reeleição. 

   12. Se a decisão do PSB for pra valer em ter candidato a presidência, em 2018, Lidice fica até na dificil missão (salvo se o partido liberar) de se candidatar ao Senado na chapa de Rui, vaga que está sendo observada pelo deputado Marcelo Nilo, ainda no PDT com pedido de desfiliação no TRE. 

   13. Hoje, a chapa de Rui, ao que se fala, seria Rui/Leão; Wagner e Lidice para o Senado; a de Neto ainda não está pré-formatada.

   14. Essa, portanto, a situação do PSB na Bahia. O partido, em principio, vai trabalhar para fazer a maior quantidade de prefeitos e vereadores na capital e no interior.
                                                                               *****