sexta-feira, 05 de junho de 2020
Colunistas / Política
Tasso Franco

MARINA diz que tem senso de responsabilidade e será a candidata

Mariana diz que há uma providência divina em relação a ela
17/08/2014 às 12:17
1. O momento ainda é de dor e muita emoção, sobretudo em Recife, com a morte de Eduardo Capos, candidato a presidência da República que será sputaldo no domingo, 17, à tarde. Ninguém vai falar sobre politica nesta data. Como a emoção do povo brasileiro dura pouco em termos de política - é só olhar o que aconteceu com a Copa do Mundo já ninguém fala dela - na segunda, 18, deverá ser sacramentado o nome de Marina Silva como a substituida de Eduardo e, dia 20, na quarta, anunciado oficialmenmte.

   2. A dúvida, agora, parece ser em relação a quem será o (a) vice de Marina e fala-se na viúva de Campos, Renata, como provável nome. O governador de PE, João Lyra, acha pouco provável. Entende que ela teria, de imediato, a missão de consolar e amparar os filhos e se envolver numa campanha num momento delicado desse seria inoportuno. 

   3. Mas, a política é a arte do imprevisível e ecoa no sentimento dos pernambucanos e alguns brasis, a imagem e os ideais de Campos como um politico que poderia mudar o Brasil.

   3. Lula teve essa chance e Dilma também e até fizeram muita coisa. Porém, ambos se deixaram envolver por personalidades que são os eternos "coveiros" do Brasil, por demais conhecidos e que controlam casas no congresso e ministérios. 

   4. Esse sentimento de que o Brasil precisa de alguém que possa virar essa página, não se misturar com essa gente, estaria encarnado em Campos. Os depoimentos das pessoas em Pernambuco são emocionantes. Nunca se viu no país uma situação dessa natureza independente da trágica morte. Mas, o fato do país está homenageando um político honesto. Ave rara na Nação.

   5. A ex-senadora Marina Silva já se encontra em Recife para o velório e sepultamento de Campos. Ela não confirmou se será mesmo a candidata do PSB à Presidência, mas seu nome é dado como certo. Ao pousar na capital pernambucana, Marina declarou ter senso de responsabilidade, e afirmou que vai manter os compromissos definidos com Campos. 

   6. Vice do candidato do PSB na disputa pela Presidência da República, ela evitou falar sobre seu futuro político. Durante o voo, com duração aproximada de três horas, Marina leu o salmo 23 da bíblia — que traz os dizeres “o Senhor é meu pastor, e nada me faltará” — e foi lacônica ao ser questionada sobre os rumos que serão tomados pelo PSB após a morte de Campos:

   7. — Tenho senso de responsabilidade e compromisso com o que a perda de Eduardo nos impõe — disse, sem dar espaço para tratar das discussões com os socialistas, disse aos jornalistas.

   8. Marina também comentou sobre o seu sentimento em relação ao acidente, e o fato de não ter embarcado naquele voo para seguir para Santos, como estava previsto:’

   9. — Penso que existe uma providência divina em relação a mim, ao Miguel, a Renata e ao Molina — disse ela, segurando forte na mão da repórter, sinalizando que não pretendia mais falar sobre o assunto.

   10. Na Bahia, Para Leonelli, só a presença de Lídice nas eleições estaduais garantirá a existência de um segundo turno. “Paulo Souto não caiu como o PT projetou e, mesmo com todo o aparato, Lídice aparece empatada tecnicamente nas pesquisas encomendadas pela chapa governista em institutos como o DataNilo, por exemplo”, disse.

   11. Segundo o secretário do PSB, Rui Costa apresenta, em sua base de apoio, praticamente a mesma quantidade de prefeitos que Paulo Souto tinha quando foi derrotado em 2006. “Ele não compreende isso e ainda exibe os prefeitos infiéis do PSB como se fossem troféus, num claro exemplo de traição ideológica”, afirmou.