sexta-feira, 10 de julho de 2020
Colunistas / Política
Tasso Franco

APAGÃO PREJUDICA CANDIDATOS DO PT NA REGIÃO NORDESTE

VIDE
26/10/2012 às 14:55

Campanhas politicas sempre têm fatos de última hora preocupantes. O apagão que aconteceu na noite de ontem e inicio da madrugada de hoje, sem dúvida, prejudica mais os candidatos do PT as prefeituras de capitais do Nordeste, especialmente Salvador e Fortaleza, do que seus adversários.


   O raciocínio é lógico: o apagão do Nordeste está diretamente ligado ao governo da presidente Dilma, a qual inclusive foi a coordenadora do programa de energia no governo Lula, e, hoje, sempre que acontecem apagões em várias partes do país, o governo, ao contrário do que acontecia na época de FHC quando os petistas classificavam esses momentos de apagões, agora, são momentâneas panes ou faltas de energia.

  Que nome seja dado aos atuais apagões o que importa mesmo para as pessoas, para os consumidores, são os prejuizos provocados e Salvador sentiu isso na pele com problemas que se arrastam até esta manhã, muitas sinaleiras da cidade foram desprogramadas e o trânsito está problemático (lembrando que ainda tem o engarrafamento já programado para a área da Paralela e adjacências com jogo no Barradão, Vitória x São Caetano) e isso é ruim para Nelson Pelegrino, candidato petista, que está exatamente mais fraco em votos junto à classe média.

   O mesmo pode se dizer do candidato petista Guilherme Meneses, em Vitória da Conquista, ainda que Hérzem Gusmão seja da base do governo Dilma pois integra o PMDB. A questão é que a conta politica do apagão fica mesmo no contencioso da presidente Dilma, a qual tem dito que o sistema elétrico é confiável e o pais estaria livres dessas "faltas de energia" momentâneas.

   O desdobramento deste fato, politicamente, deveremos acompanhar no dia de hoje e é bem provável que chegue ao debate da TV Bahia entre os candidatos do PT e DEM logo mais às 23 horas. (TF)