quarta-feira, 21 de abril de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BAHIA TEM 100 MORTOS NESTE SÁBADO PELA COVID; BRASIL MAIS RECORDE 3438

A Bahia mantém a pandemia com controle, mas alguns estados seguem sem controle e SP tem mais de 1.000 mortos pela segunda vez
27/03/2021 às 19:36
   1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.185 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.662 recuperados (+0,5%). O boletim epidemiológico deste sábado (27) também registra 100 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje. Dos 791.481 casos confirmados desde o início da pandemia, 760.511 já são considerados recuperados, 16.084 encontram-se ativos e 14.886 tiveram óbito confirmado.

2. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.113.134 casos descartados e 184.933 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado. Na Bahia, 45.236 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

3. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.886, representando uma letalidade de 1,88%. Dentre os óbitos, 55,75% ocorreram no sexo masculino e 44,25% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,89% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,36%, preta com 15,20%, amarela com 0,50%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,91% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 67,98%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,00%).
                                                    *****
4. Empenhado na abertura de novos leitos para atender a demanda de pacientes que necessitam de assistência contra a Covid-19, o Hospital Metropolitano abriu, nesta sexta-feira (26), 30 leitos clínicos, chegando a um total de 90 em operação.

5. Continuando a expansão na oferta dos seus serviços, o HM ganha mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neste sábado (27). Assim, o Metropolitano passará a disponibilizar 40 leitos de UTI para atendimento aos casos mais graves da Covid-19. Ao todo, somados os leitos clínicos e de UTI, o hospital contará com 130 leitos.

6. De acordo com o diretor técnico do HM, Gabriel de Carvalho Cunha, “o Hospital Metropolitano está estruturado de forma a se tornar o equipamento mais completo do Estado quando do seu funcionamento como hospital geral”, passado o período de atendimento exclusivo a pacientes infectados com o novo coronavírus.
                                                     *****
7. O Brasil passou mais uma vez da marca das três mil vítimas da covid-19, registrando 3.438 óbitos em 24 horas, e chegou nas 310.550 mortes desde o início da pandemia, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) neste sábado (27).

8. Essa é a terceira vez em menos de uma semana que o número de mortos passa de três mil: a primeira foi no dia 23, com 3.251, e o recorde foi registrado nesta sexta-feira (26), quando 3.650 brasileiros perderam a vida em um dia. Desde segunda-feira (22), foram contabilizadas pelo Conass 16.508 falecimentos, mais um recorde negativo na pandemia.

9. Também pela terceira vez na semana, São Paulo registrou mais de mil mortes: foram 1.051 registros no sistema. Com isso, o estado continua liderando a quantidade vítimas quando considerados os dados totais, com 71.747.
                                                   *****
10. A insensibilidade da direção da OAB.BA às dificuldades vivenciadas pela maioria dos advogados baianos restou mais evidenciada neste longo e angustiante período de pandemia pelo qual estamos atravessando. 

11. Nenhuma ação efetiva em favor da advocacia... num silêncio estarrecedor e incompreensível por parte de quem tem o dever e obrigação de desenvolver ações que amenizem as dificuldades geradas pela falta de andamento normal nos processos que tramitam no Judiciário Baiano já combalido por escândalos de corrupção. 

12. Essa insensibilidade, indiferença, omissão, covardia e frieza ao sofrimento da maioria dos advogados baianos, é tão absurda, que, ao executar alguma ação, essa é para prejudicar a grande maioria dos advogados, a exemplo do pedido de suspensão dos prazos judiciais junto ao TJBA e TRT, dos processos físicos e eletrônicos. Dinailton Oliveira - Presidente da OAB.BA, período 2004/2006.

13. O novo decreto do Governo do Estado que será publicado no Diário Oficial deste sábado (27) irá prorrogar a restrição da comercialização de bebidas alcoólicas na região de Brumado, no sudoeste baiano. A medida, que estava em vigor até esta sexta-feira (26), agora terá validade até as 5h de 5 de abril.

14. Está vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery). A ação visa conter aglomerações e o avanço da pandemia do coronavírus. Os estabelecimentos comerciais deverão isolar seções, corredores e prateleiras nos quais estejam expostas bebidas alcoólicas.

15. A região de Brumado inclui os seguintes municípios: Aracatu, Barra da Estiva, Boquira, Botuporã, Brumado, Caturama, Contendas do Sincorá, Dom Basílio, Érico Cardoso, Guajeru, Ibicoara, Ibipitanga, Ituaçu, Jussiape, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Malhada de Pedras, Paramirim, Rio de Contas, Rio do Pires e Tanhaçu.

16. Em um ano da pandemia de Covid-19 em Salvador, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), concedeu auxílio funeral a 1.482 famílias de baixa renda. O benefício visa amparar às famílias em vulnerabilidade social que não têm condições de financiar o sepultamento digno de um ente querido, sobretudo devido ao novo coronavírus.

17. A assistência funerária consiste na concessão de urna funerária, traslado do corpo e coroa de flores artificiais ou cremação. É disponibilizada para as famílias com renda igual ou inferior a R$ 550, correspondente a meio salário mínimo. Para ter acesso ao auxílio funeral, o responsável do familiar deve apresentar documentos pessoais como CPF e RG, assim como também do falecido, além da certidão de óbito.

18. Se o óbito acontecer numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou em hospital, o benefício deve ser solicitado junto ao setor de serviço social. Se o fato ocorrer na residência, é necessário acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atestar o óbito e emitir a declaração.

19.  Com isso o representante da família entra em contato com a equipe da Sempre, através do número (71) 99623-2915 e solicita o auxílio. Porém, se o corpo estiver no IML, é necessário apenas procurar o setor de liberação de corpos e solicitar a assistência funeral.

20. O secretário da Sempre, Kiki Bipo, destaca a importância do papel da assistência social. “Amparar as pessoas em vulnerabilidade social, principalmente nesse momento difícil, é fundamental. O auxílio funeral é mais um suporte que a Prefeitura oferece para apoiar e garantir o direito da família se despedir do seu ente querido de uma maneira digna.

21. Alinhamento – Em reunião realizada nesta sexta-feira (26), gestores e técnicos da Sempre e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) definiram estratégias para minimizar a burocracia para recebimento do auxílio funeral, sobretudo nesse momento de pandemia do coronavírus. O encontro foi realizado na sede da Sempre, no Comércio.

22. Na praia do Farol da Barra, neste sábado, somente surfistas e pescadores. No Porto, a Policia teve que retirar banhistas.