quarta-feira, 21 de abril de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BRASIL TEM NOVO RECORDE DE MORTES E PASSA DE 3.000; BAHIA 133

Bahia passa de 1.000 de pessoas vacinadas 1ª dose
23/03/2021 às 21:23
  1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.061 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 4.298 recuperados (+0,6%). O boletim epidemiológico desta terça-feira (23) também registra 133 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje. Dos 774.491 casos confirmados desde o início da pandemia, 744.732 já são considerados recuperados, 15.402 encontram-se ativos e 14.357 tiveram óbito confirmado.

2. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.098.995 casos descartados e 179.942 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira. 

3. Na Bahia, 44.929 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

4. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.357, representando uma letalidade de 1,85%. Dentre os óbitos, 55,95% ocorreram no sexo masculino e 44,05% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,05% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,22%, preta com 15,04%, amarela com 0,52%, indígena com 0,14% e não há informação em 8,03% dos óbitos.

5. O percentual de casos com comorbidade foi de 68,54%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,03%).

6. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                                       ******
7. O Brasil registrou mais 3.251 mortes e 82.493 casos na pandemia de covid-19, elevando os totais de vítimas e contágios a 298.676 e 12.130.019, respectivamente, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta terça-feira (23).

8. Este é o maior número de vítimas em um dia contabilizado desde o início da pandemia do novo coronavírus Sars-CoV-2, em março de 2020.

9. O estado de São Paulo, sozinho, é responsável por 1.021 óbitos no boletim nacional. O território registrou hoje o maior número diário desde o ano passado e acumulou 68.623 mortes, desconsiderando a subnotificação.

10. Entre os estados com mais pessoas que perderam a vida estão Rio de Janeiro (35.331), que também tem a maior taxa de letalidade do país (5,6%), seguido por Minas Gerais (22.123) e Rio Grande do Sul (17.499).
                                                         ******
11. A equipe do Hospital Metropolitano (HM) celebrou a primeira alta hospitalar da unidade, ocorrida no final da tarde desta terça-feira (23). A paciente Daniela Alves dos Santos, que estava em tratamento em leito clínico da Unidade de Internação, pôde, enfim, voltar para casa.

12. Moradora de Salvador, Daniela, de 59 anos, recebeu a boa notícia e em sua saída foi solidarizada pela equipe multiprofissional, em um gesto de agradecimento pela confiança e comemoração pelo sucesso do tratamento.

13. O HM, aberto no último sábado (20), já conta com 30 leitos de UTI e 60 clínicos em funcionamento, os quais integram a primeira etapa de operacionalização dos leitos, já concluída. O hospital seguirá abrindo novos leitos de forma gradativa, com o compromisso de prestar assistência de qualidade aos pacientes, com cuidado e zelo.

14. Nesta terça-feira (23) a Bahia ultrapassou a marca de 1 milhão de baianos vacinados com a primeira dose da vacina contra o coronavírus (Covid-19). A Bahia é o terceiro estado do Brasil em número de doses aplicadas, tendo recebido 2.039.600 doses entre Coronavac e Oxford do Ministério da Saúde, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa.

15. Na avaliação do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “o número de 1.009.958 baianos vacinados representa uma esperança para a sociedade e, em breve, com a chegada da vacina Sputnik V adquirida pelo governador Rui Costa, avançaremos mais rápido na imunização”, ressalta o secretário.

16. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.
                                                     ******
17. O Governo do Estado e prefeituras das regiões de Guanambi e Brumado definiram a restrição da comercialização de bebidas alcoólicas. Em decreto a ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (24), fica estabelecida a medida restritiva para a região de Guanambi no período de 23 de março até as 5h de 05 de abril. Na região de Brumado, a medida terá validade de 23 de março até as 5h de 26 de março.

18. Desta forma, fica vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery) nos períodos citados. As ações visam conter aglomerações e avanço da pandemia do coronavírus nas regiões. Os estabelecimentos comerciais deverão isolar seções, corredores e prateleiras nos quais estejam expostas bebidas alcoólicas.

19. As medidas valem para os seguintes municípios da região de Guanambi: Caculé, Caetité, Candiba, Carinhanha, Feira da Mata, Guanambi, Ibiassucê, Igaporã, Iuiú, Jacaraci, Lagoa Real, Licínio De Almeida, Malhada, Matina, Mortugaba, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Riacho de Santana, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras, Tanque Novo e Urandi.

20. A região de Brumado inclui os seguintes municípios: Aracatu, Barra da Estiva, Boquira, Botuporã, Brumado, Caturama, Contendas do Sincorá, Dom Basílio, Érico Cardoso, Guajeru, Ibicoara, Ibipitanga, Ituaçu, Jussiape, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Malhada de Pedras, Paramirim, Rio de Contas, Rio do Pires e Tanhaçu.