quinta-feira, 04 de mar?o de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

INTERNAMENTOS E MORTES POR COVID NA BAHIA CRESCEM; HOJE, 68 ÓBITOS

Vigilância Sanitária da PMS interdita drogaria no Jardim Apipema
20/02/2021 às 19:51

   1. Pelo segundo dia consecutivo, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registra o maior número de pacientes internados em UTIs Covid-19 desde o início da pandemia. São 868 pacientes adultos e pediátricos em estado grave ocupando leitos nas diversas regiões da Bahia. 

  2. O boletim epidemiológico deste sábado (20) também registra 68 mortes, o maior número desde 25 de agosto de 2020, quando foram contabilizados 70 óbitos. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje.

  3. Com o objetivo de eliminar as aglomerações noturnas, a Polícia Militar da Bahia garantiu desde ontem (19) o cumprimento do decreto do governador do Estado, Rui Costa, que determina o toque de recolher em 343 cidades baianas por sete dias, de 22h às 5h. A determinação visa provocar uma redução da taxa de crescimento da Covid-19 no estado e seguirá em vigor até o dia 25 de fevereiro.

  4. Nas redes sociais, o governador Rui Costa disse que “se a ocupação de leitos para Covid-19 chegar a 80%, nós vamos ampliar o horário do toque de recolher e restringir atividades de maior risco à disseminação da doença. Não queremos repetir cenas como as de outros estados e estamos trabalhando para conter a Covid-19”, ressaltou o governador.

   5. O chefe do executivo baiano afirmou ainda que “já reabrimos praticamente todos os leitos para a Covid-19 e estamos em processo de mobilização e contratação de uma organização social para reabertura de leitos na Fonte Nova, caso seja preciso.

   6. Mas nós não podemos abrir leitos infinitamente! Precisamos frear o avanço da doença. Nós estamos nos precavendo, nos antecipando e constantemente fazendo alertas à sociedade. Não é hora de sair de casa, se não for por necessidade. E se sair, use máscara! A vida humana está em primeiro lugar”, frizou.

  7. As denúncias sobre aglomerações em espaços públicos ou privados serão fundamentais para facilitar o trabalho da polícia. Para isso, a população poderá utilizar os canais de comunicação oficiais através do 190, ou (71) 3235-0000 (para a capital) e no interior do estado por meio do 181. Lembrando que a denúncia é anônima e a viatura mais próxima é acionada para o local.

  8. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.100 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 4.051 recuperados (+0,7%). Dos 651.484 casos confirmados desde o início da pandemia, 623.069 já são considerados recuperados e 17.287 encontram-se ativos.

  9. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.017.902casos descartados e 150.690 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (20).

  10. Na Bahia, 41.911 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  11. Hoje foram registradas 68 mortes e o número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 11.128, representando uma letalidade de 1,71%. Dentre os óbitos, 56,61% ocorreram no sexo masculino e 43,39% no sexo feminino. 

  12. Em relação ao quesito raça e cor, 55,14% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,35%, preta com 14,54%, amarela com 0,58%, indígena com 0,15% e não há informação em 9,24% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,52%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,41%)

  13. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                                    *****
  14. O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas permanece internado em leito clínico no Hospital Aliança, assistido pelo pneumologista Sérgio Jezler e pelo infectologista Roberto Badaró. Evoluiu bem durante a noite, com resposta satisfatória ao uso de corticosteróide venoso. Segue dependente de oxigênio por cateter nasal. Ainda não há previsão de alta.
                                                    ******
  15. Para coibir descumprimentos de protocolos necessários para garantir a segurança da população durante o enfrentamento contra a Covid-19, a Vigilância Sanitária (Visa), órgão vinculado à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), visitou nesta sexta-feira (19), 88 drogarias de Salvador para fiscalizar as medidas de proteção.

  16. Durante as visitas um estabelecimento no bairro de Jardim Apipema foi interditado por não apresentar condições adequadas no controle da temperatura, recurso importante para garantir a qualidade sanitária dos medicamentos.

  17. De acordo com o subcoordenador da VISA, Raoni Rodrigues, a mobilização assegura ao cidadão que as manutenções preventivas contra o vírus nos estabelecimentos ocorram sem prejudicar a saúde pública. 

  18. “A intensificação do serviço no caso das drogarias, por exemplo, que são serviços essenciais durante uma crise sanitária, resguarda os consumidores da doença já que boa parte da circulação dessas pessoas são para comprar materiais de proteção individual como máscaras e álcool gel”, salientou.

  19. Mais de 1.034 farmácias já foram inspecionadas pela Visa desde o início da pandemia, durante as verificações são observados os itens do protocolo geral como álcool disponibilizado para clientes e funcionários, seguido de distanciamento para as filas, presença de máscaras, proteção da máquina de cartão de crédito, barreira acrílica ou faceshield para os caixas, além de garantir que as drogarias estejam cadastradas no sistema de notificação da Agência Nacional de Vigilância (Anvisa).

  20. Ainda nesta sexta (19), outros estabelecimentos comerciais também estiveram no radar da Visa como salões de beleza e restaurantes.

  21. Com o aumento no número de casos na capital, o órgão potencializou as operações especiais que vêm acontecendo desde março de 2020 com dezenas de profissionais nas ruas. O cidadão pode realizar denúncias à Vigilância Sanitária através do Fala Salvador 156.