quinta-feira, 04 de mar?o de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BAHIA ATINGE 17 MIL ATIVOS POR COVID, UTIS COM 78% E H.ARENA VOLTARÁ

Os shows e as aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada continuam suspensos em toda a Bahia. O Governo do Estado decidiu prorrogar até 28 de fevereiro o decreto nº 19.586
19/02/2021 às 19:58
   1. Nesta sexta-feira (19), a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou o maior número de pacientes internados em UTIs Covid-19 desde o início da pandemia e ultrapassou as 11 mil mortes pela doença. São 866 pacientes adultos e pediátricos em estado grave ocupando leitos nas diversas regiões da Bahia. Anteriormente, o pico tinha sido registrado em 2 de agosto de 2020, onde foi contabilizado 857 internações em UTIs.

   2. Hoje também foram registrados 17.306 casos ativos da doença, o maior deste ano e similar aos contabilizados em julho do ano passado, período de pico da pandemia no estado. A Bahia possui 2.145 leitos exclusivos para pacientes com o diagnóstico do coronavírus, sendo 1.114 de Terapia Intensiva. O número de leitos em funcionamento já é superior ao registrado em 2020.

  3. O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, destaca que recentemente foram abertos novos leitos nos municípios de Salvador, Barra, Seabra, Camaçari e nas próximas semanas Porto Seguro e Ilhéus contarão com mais leitos. 

   4. “Se não houver uma rápida redução do número de casos graves, a cada dia nos aproximamos da última reserva técnica que estava sob gestão estadual, que é a reabertura do hospital de Campanha Arena Fonte Nova, em Salvador. Lá tínhamos capacidade para 240 leitos, sendo 100 de terapia intensiva (UTI)”, alerta Vilas-Boas, ao pontuar que a taxa de ocupação de UTIs em toda a Bahia é de 78%.

   5. Com o objetivo de eliminar as aglomerações noturnas, a Polícia Militar da Bahia atua a partir desta sexta-feira para garantir o cumprimento do decreto do governador do Estado, Rui Costa, que determina o toque de recolher em 343 cidades baianas por sete dias, de 22h às 5h. A determinação, que visa provocar uma redução da taxa de crescimento da Covid-19 no estado, seguirá em vigor até o dia 25 de fevereiro.

   6. A circulação de pessoas nas ruas entre 22h e 5h será restrita e os estabelecimentos de serviços não essenciais deverão encerrar as suas atividades até as 21h30. Em Salvador, os transportes públicos funcionarão até as 22h30. 

   7. A Polícia Militar conduzirá para delegacia aqueles que descumprirem o decreto, e serão autuados pelos crimes previstos de desobediência e contra a saúde pública. A orientação é primeiramente alertar e conduzir quem insistir em permanecer em situação de aglomeração.

   8. As denúncias sobre aglomerações em espaços públicos ou privados serão fundamentais para facilitar o trabalho da polícia. Para isso, a população poderá utilizar os canais de comunicação oficiais através do 190, ou (71) 3235 0000 (para a capital) e no interior do estado por meio do 181. Lembrando que a denúncia é anônima e a viatura mais próxima é acionada para o local.

  9. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.140 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 3.056 recuperados (+0,5%). Dos 647.384 casos confirmados desde o início da pandemia, 619.018 já são considerados recuperados e 17.306 encontram-se ativos.

  10. Nesta sexta-feira (19), o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) sobre a Covid-19 registrou 65 óbitos. Apesar das mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram contabilizados hoje. Os números tem demonstrado uma tendência de crescimento dos óbitos e de quadros clínicos mais graves, o que tem ampliado a taxa de ocupação nas UTIs.

  11. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

  12. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 11.060, representando uma letalidade de 1,71%. Dentre os óbitos, 56,58% ocorreram no sexo masculino e 43,42% no sexo feminino. 

  13. Em relação ao quesito raça e cor, 55,18% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,33%, preta com 14,48%, amarela com 0,59%, indígena com 0,15% e não há informação em 9,26% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,54%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,38%).
                                                                        *******
  14. O hospital de campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador, pode ser reaberto para atender à alta demanda por leitos para o tratamento de pacientes com a covid-19 na Bahia. A confirmação foi feita pelo governador Rui Costa, em entrevista à TV Bahia nesta sexta-feira (19). Ele também informou que serão abertos mais 20 leitos de UTI nos próximos dias.

  15. Os shows e as aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada continuam suspensos em toda a Bahia. O Governo do Estado decidiu prorrogar até 28 de fevereiro o decreto nº 19.586, que venceria no próximo domingo (21). A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (20).

   16. O decreto ainda proíbe a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes.

   17. Cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas. A parte festiva desses eventos não está permitida.

  18. Nesta sexta-feira (19) entrou em vigor o decreto nº 20.233, que determina a restrição na circulação de pessoas nas ruas e no funcionamento de serviços não essenciais, em 343 cidades baianas. A medida, que visa reduzir a taxa de crescimento da Covid-19 no estado, compreende o período das 22h às 5h e vale até o dia 25 de fevereiro.

  19. Os estabelecimentos de serviços não essenciais devem encerrar as atividades até as 21h30. Em Salvador, os transportes públicos funcionam até as 22h30. Aqueles que descumprirem o decreto serão conduzidos pela Polícia Militar para a delegacia e autuados pelos crimes previstos de desobediência e contra a saúde pública.

  20. A rede de assistência à saúde de Salvador passa a contar mais um reforço para o tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus. A Prefeitura inaugurou, nesta sexta-feira (19), uma unidade com suporte ventilatório pulmonar com dez leitos de UTI, dentro da área da UPA de Valéria. A estrutura foi entregue pelo prefeito Bruno Reis, que esteve acompanhado pela vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos, e pelo titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Leo Prates.

  21. O prazo estimado para a operação da tenda é de pelo menos 90 dias (prazo que pode se estender conforme a necessidade) e o investimento mensal será de R$674,6 mil. A gestão será feita pela organização social Fundação ABM de Pesquisa e Extensão na Área da Saúde (Fabamed).

  22. O serviço possui ampla variedade de equipamentos médico-hospitalares, mobiliários e insumos condizentes com a necessidade da assistência no âmbito da Rede de Urgência e Emergência do município. O espaço funciona via demanda regulada, em regime de 24 horas durante todos os dias da semana.

  23. O corpo técnico é composto por 74 trabalhadores da saúde, entre médicos diaristas, médicos plantonistas, enfermeiros e fisioterapeutas na modalidade intensivista. Além disso, atuam no local assistente social, farmacêutico, nutricionista, coordenador de enfermagem, coordenador médico, supervisor administrativo, técnico de enfermagem, técnico de radiologia, entre outros trabalhadores da saúde.  

  24. Para atender a demanda de passageiros durante o toque de recolher, a Secretaria de Mobilidade (Semob) irá ampliar o horário de funcionamento do transporte público através dos ônibus em razão do horário de atendimento do metrô, que terá uma última saída programada para as 22h30. Desta forma, os últimos ônibus sairão às estações às 23h30, levando os passageiros que chegam pelo metrô. Já nos principais corredores de tráfego, o ultimo horário será às 22h30.

   25. Após este horário, o atendimento será finalizado, e será retomado a partir das 5h do dia seguinte. Os 20 veículos de frota reguladora disponibilizados para atender a demanda estão mantidos, e ficarão distribuídos entre as estações da Lapa, Pirajá, Mussurunga e Acesso Norte.

   26. A operação tem início já nesta sexta-feira (19), e seguirá até a próxima quinta-feira (25). As agentes de trânsito e transporte estarão nos principais pontos monitorando o atendimento e realizando os ajustes necessários para garantir o atendimento de transporte.
                                                                   *******
  27. A Prefeitura de Lauro de Freitas entrega, na manhã deste sábado (20), as obras de pavimentação asfáltica, drenagem e urbanização de três trechos da Rua Boa Vista do CAIC, da Travessa Crispiniano de Oliveira e da Rua Professor Theócrito Batista.

  28. As Travessas I e II do Alto do CAIC e a Rua Alto do CAIC, que também serão inauguradas neste final de semana, receberam piso intertravado por conta da dimensão das vias. As intervenções foram realizadas com recursos do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA).

  29. Ainda neste sábado serão assinadas as ordens de serviço para início de obras na rua do CAIC, nas Travessas do CAIC (I e II) e Professor Theócrito Batista. Essas serão realizadas com recursos de emenda parlamentar.

   30. Os recursos do FINISA também estão viabilizando a realização das obras de macrodrenagem da Avenida Brigadeiro Mário Epinghaus. As intervenções consistem na substituição de manilhas de concreto já existentes no canal, por galerias maiores, o que vai aumentar a capacidade de vazão das águas pluviais, evitando a ocorrência de alagamentos em períodos de chuvas intensas, além do desassoreamento e recuperação da pavimentação.