sexta-feira, 05 de mar?o de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

COVID COM 15 MIL INFECTADOS E 66 MORTES, RUI DECRETA TOQUE DE RECOLHER

Situação apertou no estado com o avanço da Covid 19
16/02/2021 às 20:00
1. A partir desta sexta-feira (19), ficará restrita a circulação de pessoas nas ruas e o funcionamento de serviços não essenciais após as 22h em grande parte da Bahia, exceto nas regiões oeste, de Irecê e de Jacobina, que apresentam os três menores índices de ocupação de leitos de UTI para Covid-19. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (16), em mais uma reunião com membros da União dos Municípios da Bahia (UPB), prefeitos e técnicos das secretarias estaduais da Educação e da Saúde.

  2. A restrição compreenderá o período das 22h às 5h. “O decreto que será publicado nesta quarta-feira (17) irá valer por sete dias e proíbe atividades comerciais não essenciais. É uma medida que precisamos tomar para conter as taxas de contágios e o número de casos ativos que hoje ultrapassam 15 mil. É uma forma de conter o avanço desse número alarmante que, se continuar crescendo, irá levar ao total colapso do sistema de saúde”, declarou o governador.

  3. Rui afirmou ainda que, para a volta às aulas, três critérios precisam ser obedecidos: a redução do número de casos ativos, a diminuição do número de óbitos e a queda das taxas de ocupação de leitos. “Definimos que esses critérios são os requisitos mínimos necessários para que possamos ter um retorno sem colocar em risco a vida de nossos professores, pais, alunos e todos os seus familiares”, concluiu.

  4. A declaração do governador seguiu uma apresentação de técnicos da Sesab mostrando que a Bahia alcançou uma taxa de 74% de ocupação dos leitos de UTI dedicados para atender pacientes com casos mais graves de Covid-19. “Os dados indicam um risco real de colapso do sistema de saúde e consequente aumento na mortalidade. Nesse momento, apenas medidas de distanciamento social mais severas minimizarão as altas taxas de transmissão do vírus”, explicou o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas.
                                               *****
  5. Nesta terça-feira, (16), o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) sobre a Covid-19 registrou 66 óbitos. Apesar das mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram contabilizados hoje. Os números tem demonstrado uma tendência de crescimento dos óbitos e de quadros clínicos mais graves, o que tem ampliado a taxa de ocupação nas UTIs.

  6. Neste cenário, o Governo da Bahia abriu novos leitos de terapia intensiva nos municípios de Camaçari, Seabra e Barra nos últimos dias e estão previstas ampliações nas cidades de Ilhéus e Porto Seguro, em um esforço para reduzir a pressão na rede assistencial.

  7. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

  8. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 10.864, representando uma letalidade de 1,71%. Dentre os óbitos, 56,59% ocorreram no sexo masculino e 43,41% no sexo feminino. 

  9. Em relação ao quesito raça e cor, 55,26% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,14%, preta com 14,50%, amarela com 0,60%, indígena com 0,15% e não há informação em 9,36% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,65%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,54%).
                                                                            *****
  10. O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, testou positivo para a Covid-19. O resultado foi confirmado nesta terça-feira (16), tanto pelo exame RT-PCR, que é o padrão ouro para a detecção do vírus, quanto por antígeno.

  11. “Permanecerei em isolamento, em casa, cumprindo agenda virtual de trabalho. Estou bem, com sintomas leves, com medicamentos sintomáticos. Essa doença é muito séria!”, afirma Vilas-Boas.
                                                                           *****

  12. A aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 está suspensa a partir desta quarta-feira (17) em Salvador devido a falta do imunizante.

  13. De acordo com o titular da Saúde municipal da Saúde, Leo Prates, a estrutura montada pela Prefeitura tem assegurado um processo de imunização ágil na capital baiana. 

  14. “Mesmo com o fracionamento de envio de doses para nossa cidade conseguimos implementar uma estrutura que garantiu o acesso seguro e rápido às doses na cidade. Nesse momento estamos suspendendo a aplicação da primeira dose e dando seguimentos à estratégia da dose 2. Aguardamos o recebimento de novas remessas da gestão federal para darmos continuidade ao plano de vacinação”, afirmou Prates.

  15. Nesta quarta-feira (17), a Secretaria Municipal da Saúde segue com a aplicação da dose de reforço para completar o esquema vacinal dos trabalhadores da saúde e idosos que residem em Instituições e Longa Permanência da cidade, além dos idosos nas ilhas. Nesse primeiro dia de vacinação da segunda dose, cerca de 900 pessoas completaram a imunização.

  16. As doses estarão disponíveis para os trabalhadores da saúde em 14 postos fixos e dois drive-thrus – na Arena Fonte Nova e no Centro de Convenções, na Boca do Rio -, todos funcionando das 08 às 17 horas. A imunização seguirá no decorrer da semana.

   17. As pessoas que receberão a segunda dose do imunizante devem buscar os pontos de vacinação na data agendada no cartão de vacina. É obrigatória a apresentação de documento oficial com foto e o cartão de vacina.

Postos fixos para os trabalhadores da saúde

USF Itapuã

Centro de Saúde Péricles Laranjeiras

USF Imbuí

CSU Castelo Branco

Centro de Saúde Nelson Piauhy Dourado

Centro de Saúde Virgílio de Carvalho

USF Colina de Periperi

USF Vista Alegre

USF Tubarão

CSU Pernambués

USF San Martin III

USF Vale do Matatu

USF Resgate

Arena Fonte Nova (acesso pela ladeira da Fonte)

  18. Neste momento, de tristeza e saudade, quero agradecer, em meu nome de toda a minha família, a todos – parentes, autoridades, políticos, amigos e pacientes – que enviaram mensagens de condolências e solidariedade pela passagem do nosso querido vereador  Daniel Rios. Além de um grande irmão, perdemos um parceiro valoroso na luta por mais saúde e justiça social. 

  19. O momento é de dor, mas também de esperança de que o seu exemplo de pai de família e homem público, sério, honesto e competente, possa frutificar no coração de todos que o conheceram e conviveram com ele, e também no seio das novas gerações de homens públicos que o vereador Daniel Rios soube, muito bem, representar na Câmara Municipal de Salvador.

   20. Levado precocemente do convívio entre nós, Daniel Rios deixa um rico legado de amor e amizade. É essa herança que carregaremos juntos, fazendo de todos nós a luta que foi dele, por saúde com cidadania e um mundo melhor para todas. Homem de boa-vontade, Daniel soube como poucos caminhar unido com todas as pessoas, de classes sociais e ideologias distintas. É esse bom trânsito que desejamos para ele  na eternidade, junto a Deus de Misericórdia.
Obrigados todos. A luta que foi de Daniel prosseguirá no exemplo que, em vida, ele soube semear e fazer frutificar.
Dr. David Rios