sexta-feira, 05 de mar?o de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BAHIA REGISTRA MAIS 63 MORTES PELA COVID; MOTOTAXISTAS RECEBEM CESTAS

BAHNa capital do turismo, uma jovem sai de uma festa retornando à casa e morre baleada por bandidos nas proximidades do Vale das Pedrinhas
15/02/2021 às 19:36
   1. Nesta segunda-feira, (15), o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) sobre a Covid-19 registrou 63 óbitos. Apesar das mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram contabilizados hoje. Na semana passada, os números demonstraram uma tendência de crescimento dos óbitos e de quadros clínicos mais graves, o que tem ampliado a taxa de ocupação nas UTIs.

  2. Neste cenário, o Governo da Bahia abriu novos leitos de terapia intensiva nos municípios de Camaçari, Seabra e Barra nos últimos dias e estão previstas ampliações nas cidades de Ilhéus e Porto Seguro, em um esforço para reduzir a pressão na rede assistencial.

  3. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

  4. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 10.798, representando uma letalidade de 1,71%. Dentre os óbitos, 56,58% ocorreram no sexo masculino e 43,42% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,24% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,08%, preta com 14,52%, amarela com 0,60%, indígena com 0,14% e não há informação em 9,42% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,72%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,53%).
                                               *******
   
  5. Para minimizar as perdas econômicas causadas pela pandemia de Covid-19, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), iniciou a entrega de cestas básicas para os mototaxistas nesta segunda-feira (15). As entregas serão realizadas até sexta-feira (19), na sede da Semob, em Amaralina, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h, beneficiando cerca de 1.240 trabalhadores regulamentados pelo município.

   6. Organizado de forma escalonada e de acordo com o alvará, os mototaxistas com os alvarás M-301 a M600 receberão as cestas nesta terça-feira (16). Na quarta (17), será a vez daqueles com alvará M-601 a M-900; e, na quinta (18), os de alvará M-901 a M-1269. Já na sexta-feira (19), os trabalhadores que não compareceram no dia determinado poderão retirar o benefício.

   7. “Assim como outras categorias, os mototaxistas vêm sofrendo com os impactos causados pela pandemia desde o ano passado. Estas cestas básicas permitem que, mesmo com todas as dificuldades, não falte alimento na mesa destes trabalhadores, pais e mães que trabalham muito para garantir o sustento de suas famílias”, destacou o titular da Semob, Fabrizio Muller.

   8. Para Adailton Reis, de 40 anos, que trabalha há cinco como mototaxista, esse tem sido um momento bastante complicado para a categoria, que teve que se adaptar de diferentes modos para conseguir gerar renda para a família. 

  9. “A cesta básica ajuda muito a gente, pois nem sempre temos condições de comprar. Devido à pandemia, o movimento de clientes caiu. Com isso, tivemos que migrar e adaptar nosso trabalho de transportar pessoas para fazer pagamentos em bancos ou até mesmo o serviço de delivery”, contou.

  10. Para receber a cesta básica, os mototaxistas deverão apresentar um documento de identificação com foto (RG ou CNH), além do alvará de circulação ou cartão de identificação. Em caso de perda deste documento, será aceito um boletim de ocorrência referente à documentação perdida.

   11. O acesso às dependências da Semob somente será permitido com o uso da máscara, como medida de proteção contra o coronavírus. Além disso, não será permitido o acesso de pessoas trajando bermudas e camisetas.

  12. Aparenta ser um documento oficial da Prefeitura de Feira de Santana, mas na verdade se trata de um relatório falso. O arquivo com dados adulterados sobre o índice de óbitos por Covid-19 está circulando em grupos de mensagem por aplicativo.

  13. Segundo o arquivo, os meses de julho e setembro do ano passado registraram 837 e 354 óbitos, respectivamente. Entretanto, a informação oficial consta 445 mortes pela doença até o momento.

  14. Os meses de julho e setembro do ano passado registraram, respectivamente, 83 e 35 mortes por Covid-19.

  15. A Prefeitura reitera que desconhece a origem desse material, e reforça que as informações oficiais são divulgadas de forma clara e transparente no site oficial.

  16. Aparenta ser um documento oficial da Prefeitura de Feira de Santana, mas na verdade se trata de um relatório falso. O arquivo com dados adulterados sobre o índice de óbitos por Covid-19 está circulando em grupos de mensagem por aplicativo.

  17. Segundo o arquivo, os meses de julho e setembro do ano passado registraram 837 e 354 óbitos, respectivamente. Entretanto, a informação oficial consta 445 mortes pela doença até o momento.
Os meses de julho e setembro do ano passado registraram, respectivamente, 83 e 35 mortes por Covid-

  18. A Prefeitura reitera que desconhece a origem desse material, e reforça que as informações oficiais são divulgadas de forma clara e transparente no site oficial.

  19. Uma jovem foi morta por bandidos nas proximidades do Vale das Pedrinhas quando voltava para casa de uma festa. A garota seguia para casa no Horto Florestal. A Polícia apura o crime.

  20. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a reclamar da restrição imposta pelo Facebook para que recebesse de apoiadores imagens sobre os impostos cobrados em combustíveis e disse que seria "certo" tirar de circulação jornais. Segundo o presidente, a Advocacia-Geral da União (AGU) foi acionada para que investigue o bloqueio imposto pela plataforma, que proibiu a publicação de imagens em páginas de conteúdo político.

  21.; "O certo é tirar de circulação Globo, Folha de S.Paulo, Estadão, Antagonista. São fábricas de fake news. Agora deixa o povo se libertar, ter liberdade. Logicamente, se alguém extrapolar alguma coisa, tem a Justiça para recorrer. Agora o Facebook vir bloquear a mim (sic) e a população. É inacreditável que isso impere no Brasil. E não há reação da própria mídia", afirmou Bolsonaro do litoral catarinense onde passa o período de Carnaval.

  22. Apesar da declaração, Bolsonaro disse que não tomaria providências para a censura aos jornais por ser "um democrata".

  23. Sob pressão de setores de transporte e caminhoneiros pelo preço dos combustíveis, no último dia 11, o presidente pediu a apoiadores para que abasteçam os veículos em postos de combustíveis e enviem foto de notas fiscais com os valores pagos. Segundo o presidente, o intuito é encontrar indícios de bitributação e esclarecer as alíquotas pagas em impostos federais e estaduais. O presidente afirma que sofreu bloqueio do Facebook para se comunicar, receber imagens e utilizar a rede social.