sexta-feira, 22 de janeiro de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BAHIA REGISTRA 3.094 NOVOS CASOS DA COVID COM 32 MORTES EM 24 HORAS

Governador Rui Costa diz que poderá ir ao STF para liberação da vacina contra a Covid
13/01/2021 às 14:49
   1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.094 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 2.111 recuperados (+0,4%). Dos 518.955 casos confirmados desde o início da pandemia, 501.688 já são considerados recuperados e 7.755 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

  2. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

  3. Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,35%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (10.573,41), Muniz Ferreira (8.676,91), Conceição do Coité (8.558,52), Itabuna (8.178,29) e Jucuruçu (8.174,45).

  4. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 907.587 casos descartados e 123.404 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (13).

  5. Na Bahia, 37.935 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  6. O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 32 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo.
                                                    *****
  7. O Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Paulo Afonso abrirá inscrições para Processo Seletivo Simplificado para preenchimento de vagas para médicos do quadro de pessoal da Policlínica da Região de Saúde de Paulo Afonso, situada no município de Paulo Afonso. O período para a realização das inscrições será entre os dias 20 e 29/01/2021, sendo as inscrições presenciais de segunda a sexta-feira, nos horários das 80h às 12h e das 14h às 18h. 

  8. As inscrições por endereço eletrônico: consorciosaudepa@gmail.com, serão recebidas até às 23h59 do último dia reservado para inscrições. Para efetuar a inscrição, o candidato deverá preencher a Ficha de Inscrição, declarando estar ciente das condições exigidas para admissão no emprego público e submetendo-se às normas expressas no Edital.

  10. O Processo Seletivo Simplificado destina-se ao provimento de vagas existentes no quadro de empregados públicos do Consórcio de Saúde da Região de Paulo Afonso, de médicos nas especialidades especificadas, cujas vagas resultaram do não preenchimento das vagas abertas no Processo de Seleção Convocado pelo EDITAL Nº. 01/2019, ou por desistência de aprovados, com prazo de validade de um ano, a contar da data de homologação do certame, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Consórcio. 

  11. A seleção para os empregos públicos de que trata o Edital compreenderá análise curricular para aferir conhecimentos e habilidades. A convocação para as vagas será feita de acordo com a necessidade e a conveniência do Consórcio, dentro do prazo de validade do presente processo seletivo simplificado.
                                                     *****
  14. O governador Rui Costa (PT) afirmou que vai se reunir com o procurador-geral do Estado e que estuda a possibilidade de entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para ter autorização judicial para comprar a vacina contra covid-19. Ele falou durante cerimônia de posse do novo comandante-geral da Polícia Militar da Bahia.

  15. “Pedir a ele que entre em contato com o PGR ou eventualmente a gente analise entrar com ação no STF, pedindo autorização judicial excepcional para compra emergencial da vacina e aplicação. Não é possível, aceitável, tolerável, esse prolongamento artificial que o governo federal e a Anvisa estão fazendo do início vacinação no Brasil. Não podemos ser o último país do mundo a começar a vacinar. As pessoas estão morrendo”, afirmou Rui.

  16. Rui disse que a Bahia tem um contato para comprar a vacina russa, Sputnik. “Nesse protocolo a gente tem lá garantido a compra antecipada, com fornecimento rápido, de vacina. Nós já exercemos esse direito, já mandei correspondência, e eles têm condições de entregar rapidamente a vacina aqui, numa quantidade que não é expressiva do ponto de vista da população em geral, mas é expressiva para o público alvo, especialmente saúde e segurança, teria condição de começar a vacinar em uma semana, dez dias. Mas preciso, para efetivar a compra, de uma autorização da Anvisa”, explicou ele.

  17. O secretário Fábio Vilas-Boas comentou a fala de Rui, em entrevista à TV Bahia, afirmando que a Anvisa deveria estar agindo mais rapidamente. “Toda pressão legal possível deve ser feita para acelerar o processo aprovatório da Anvisa. Estamos fazendo várias reuniões com a Anvisa, o Conass, e esse processo não tem avançado. Entendo que as regras atuais da Anvisa são mais morosas do que o adequado para o momento pandêmico”, disse Fábio.
                                                       *****
  18. Nesta quarta-feira (13/01), a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) reiterou, por meio de Ofício, encaminhado ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), o pedido de adiamento da aplicação da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 

  19. Segundo o Ofício, assinado pelo secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, “a reiteração deste pedido se baseia no direito à vida, visto como paradigma técnico para as operações que envolvem escolas, governos, famílias e formação de pessoas. Por isso mesmo qualquer ato, evento ou episódio deve ser levado em conta esse direito essencial. ”

  20. Ainda no documento, a SEC destaca que os protocolos enviados pelo INEP em Ofício, referente à primeira solicitação, “são necessárias, mas insuficientes para as especificidades do caso em tela: o deslocamento dos inscritos, de mais de 256 municípios, do total de 417 municípios da Bahia, para os 161 onde serão aplicadas as provas; o contato entre participantes nos minutos que antecedem o início das provas; as salas que terão um número de estudantes acima de manter a capacidade de manter o distanciamento necessário; associada ao receio de contaminação das diversas famílias  e estudantes”.

  21. “O raciocínio é simples: quando o funcionário sai de férias, ele recebe a mais um terço do salário e mais o próprio salário, adiantado, do mês em que ele vai gozar o benefício. Logo, quando ele volta ao trabalho, ele só receberá salário de novo no mês seguinte ao das férias.”              

  22. A explicação é do secretário da Fazenda de Feira de Santana, Expedito Eloy, alertando que agora em janeiro os professores não receberão salários. “Já receberam, adiantado, no final de dezembro, correspondendo às férias agora em janeiro”, ratifica.               

  23. “O correspondente a um terço também já foi pago. Portanto, está tudo em dias com os professores”, afirma Expedito Elói.                      

  24. Com a passagem do tradicional cortejo de fiéis pelas ruas do Comércio e outras vias da Cidade Baixa durante a Lavagem do Bonfim, todos os anos os órgãos municipais que funcionam na região têm expediente modificado por conta do festejo. Mas, excepcionalmente neste ano de pandemia e com programação virtual, sem a presença de público, o funcionamento será normal nesta quinta-feira (14).

 

De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), não haverá qualquer interdição do tráfego nas ruas da região da Cidade Baixa. Com isso, o atendimento ao público ocorrerá sem alterações no Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm) e no Centro Unificado de Inclusão, Desenvolvimento, Assistência e Referência Social (Cuidar).

 

Além disso, terão funcionamento normal as secretarias de Cultura e Turismo (Secult), Sustentabilidade e Resiliência (Secis), Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Saúde (SMS), Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), e Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), dentre outras estruturas municipais.