ter?a-feira, 19 de janeiro de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

SESAB DIZ QUE NÚMERO DE INFECTADOS PELA COVID SUBIU PARA 9.304

Ao que tudo indica a SESAB mudou a metodologia da contagem dos infectados
06/01/2021 às 10:49
  1. Nesta quarta-feira (6), a Bahia ultrapassou a marca de meio milhão de pessoas infectadas pelo coronavírus (Covid-19) em dez meses da pandemia. Somente nas últimas 24 horas, foram registrados 3.038 casos da Covid-19. Dos 502.938 casos confirmados, 488.294 já são considerados recuperados, 5.340 encontram-se ativos e 9.304 tiveram óbito confirmado.

  2.  A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

  3. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

  4. Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,47%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram m Ibirataia (10.436,26), Muniz Ferreira (8.582,59), Conceição do Coité (8.498,47), Jucuruçu (8.152,53) e Pintadas (8.086,61).

  5. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 892.260 casos descartados e 123.193 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (6).

  6. Na Bahia, 37.166 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  7. O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 28 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. 

  8. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                             *****
  9. A demissão de 30 profissionais do Hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso, no nordeste da Bahia, foi alvo de duras críticas do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) nesta quarta-feira (6). A unidade de saúde era comandada pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) e foi entregue para gestão do município no dia 1º de janeiro de 2021. No entanto, na última segunda-feira (4), 20 mulheres e 10 homens foram surpreendidos com a demissão em massa pela companhia.

   10. “Manifesto minha contrariedade pela demissão dos trabalhadores do hospital. A unidade era gerida pela Chesf há mais de 60 anos e passou sua administração para a prefeitura. Os profissionais lutam por seus direitos e lembram que um acordo coletivo da categoria proíbe a demissão em massa. Isso é um absurdo, esses pais e mães de família iniciam o ano novo desempregados”, critica Valmir.

   11. De acordo com os trabalhadores demitidos, eles foram convidados para se apresentarem em reunião e receberam a carta de demissão. “Entendemos que esse não era o momento para um ato desumano como esse em plena pandemia de covid-19. 

  12. Sem contar que esse hospital, mesmo sendo gerido pela Chesf, não só Paulo Afonso como a região toda é atendida. Isso será uma perda também para a população, independente das demissões”, apontam os profissionais em nota enviada ao mandato do parlamentar baiano.

  13. O ponto de ônibus na Avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM) localizado nas imediações do Hospital Teresa de Lisieux foi reativado nesta quarta-feira (06). O equipamento havia sido realocado para a via marginal em outubro do ano passado, em razão do andamento das obras do BRT na região.

  14. Com a reativação, o ponto passou a ficar em seu local definitivo, na via principal, abaixo da passarela. Não há mudanças nas linhas que param no local. Agentes de transporte orientam os passageiros.
15. O secretário de Turismo da Prefeitura de Itacaré, Jorge Ávila, foi eleito na tarde desta quarta-feira(06), por unanimidade, presidente da Câmara Técnica de Turismo da Costa do Cacau para o biênio 2021/2022.

  15.  A eleição aconteceu de forma online, através de videoconferência pela plataforma Zoom e contou com a participação de representantes do poder público e da iniciativa privada de diversos municípios regionais, além do diretor de Regulação e Certificação de Serviços Turísticos Divaldo Borges, representando a Secretaria de Turismo do Estado da Bahia.

   16. Formadas por 11 municípios do Sul da Bahia com vocação turística, a Câmara Técnica de Turismo da Costa do Cacau foi a primeira instância de governança institucionalizada do estado a ser reconhecida com certificação pelo Ministério do Turismo (MTur). Instituídas pela Lei Estadual do Turismo, a Câmara Técnica reúne participantes do poder público, entidades da iniciativa privada e da sociedade civil e tem como finalidade articular o desenvolvimento do turismo na região.

   17. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, parabenizou a Câmara de Turismo da Costa do Cacau pela escola e por se unir em torno de questões comuns que é o desenvolvimento turístico regional, principalmente nesse momento de pandemia onde o desafio é promover o turismo seguro, responsável e dentro dos protocolos sanitários. 

  18. “Os municípios regionais possuem características comuns e problemas semelhantes, daí a importância da Câmara Técnica para buscar soluções coletivas e que tragam benefícios para todas as cidades da região”, complementou o prefeito.

   19. De acordo com o novo mapa do turismo brasileiro, construído pelo MTur com apoio da Secretaria de Turismo da Bahia, os municípios que compõem a Costa do Cacau são Ilhéus, Itacaré, Maraú, Ipiaú, Una, Canavieiras, Itabuna, Uruçuca, Santa Luzia, Pau Brasil e São José da Vitória. 

  20. Vale ressaltar que partir de 2021, somente os municípios que participarem de câmaras técnicas institucionalizadas poderão se manter ou ingressar no mapa turístico brasileiro.