quarta-feira, 20 de janeiro de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BAHIA TEM MENOR NÚMERO DE INFECTADOS PELA PANDEMIA ATÉ AGORA: 5.090

O número de infectados (geral) pela Covid já chegou a mais de 12 mil na primeira onde e agora, na segunda onda, a Sesab registra 5.090
02/01/2021 às 19:27
 1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 602 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,1%) e 1.292 recuperados (+0,3%). Dos 495.286 casos confirmados desde o início da pandemia, 481.009 já são considerados recuperados, 5.090 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

  2. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

  3. Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,49%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.344,83), Muniz Ferreira (8.447,86), Conceição do Coité (8.433,42), Jucuruçu (8.152,53), Pintadas (8.019,55).

  4. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 885.886 casos descartados e 122.565 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (02).

  5. Na Bahia, 36.761 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  6. O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 28 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19.

  7. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                                                           *****
  8. O Brasil registrou neste sábado 314 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 195.725, informou o Ministério da Saúde.

  9. Também foram notificados 15.827 novos casos da doença provocada pelo coronavírus, com o total de infecções confirmadas atingindo 7.716.405 pessoas, acrescentou o ministério.

   10. O represamento de testes que normalmente ocorre durante o fim de semana pode ter reduzido os registros de novos casos e mortes em decorrência da doença. O feriado de Ano Novo na sexta-feira também tende a contribuir para a divulgação de números menores.

   11. São Paulo segue como o Estado mais afetado pelo coronavírus, com 33 novos óbitos reportados nas últimas 24 horas e o total de 46.808 vítimas fatais da doença.

  12. O Brasil é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.

  13. Vale destacar que os norte-americanos já iniciaram a vacinação contra a Covid-19 e os indianos confirmaram neste sábado a aprovação da vacina desenvolvida pela AstraZeneca em conjunto com a Universidade de Oxford, enquanto as autoridades brasileiras seguem em processo de análise dos medicamentos.

                                                          ******
  14. Funcionando desde março, no Centro de Atenção à Saúde Professor José Maria de Magalhães Netto (CAS), na região do Shopping da Bahia, o Centro de Testagem destinado, prioritariamente, aos profissionais de saúde da rede estadual, ultrapassou a marca de 25 mil exames realizados.

  15. No período entre março e dezembro, foram realizados 26.030 testes do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar a infecção por Coronavírus. Desse total, 86% dos profissionais testaram negativo, 12% positivo e 2% dos exames feitos foram inconclusivos.

  16. Por dia, o Centro de Testagem realiza, aproximadamente 150 exames, no formato de “drive thru” ou atendimento no consultório. O agendamento deve ser feito pelo Serviço Integrado de Atenção à Saúde do Trabalhador (SIAST) ou pelo RH da unidade onde o servidor atua. O Centro entra em contato por telefone para informar a data e horário do exame.

  16. O Centro é mais uma das ações preventivas do Governo do Estado. “Fazem o teste todos os profissionais sintomáticos ou que tenham tido contato próximo com casos confirmados de coronavírus”, salientou Mônica Hupsel Frank, diretora do Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (Creasi), que durante a pandemia também está atuando à frente do Centro de Testagem.

  17. Além do CAS, outros espaços foram criados para realizar o procedimento de testagem, com sala de coleta em hospitais da capital baiana e do interior do Estado, para os profissionais que atuam nas respectivas unidades de saúde. “Estamos juntos combatendo a pandemia e os servidores precisam estar seguros para atuarem”, ressaltou o diretor de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Bruno Guimarães.
                                                        ******
  18. O governador do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), participou nesta sexta-feira (1º) da cerimônia de posse da prefeita de Gurupi, Josi Nunes (PROS), e afirmou durante discurso no evento que ela dá "um caldo" (veja vídeo acima). A declaração foi dada após Carlesse comentar a aparência e a idade da nova gestora do município.

   19. A frase foi dita após críticas feitas ao ex-prefeito Laurez Moreira (PSDB). "Agora o senhor faz parte dos ex-prefeitos. Aquelas palavras que o senhor falou... Até chamou a Josi de velha. A Josi dá um caldo, gente! Vocês não sabem, não", disse olhando para a prefeita e dando gargalhadas.
 
  20. A Câmara de Vereadores de Mata de São João aprovou hoje (2), por unanimidade, o projeto do prefeito João Gualberto, que trata da reforma administrativa do Município. No novo ordenamento da gestão, fica instituída a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda e extintas as secretarias de Esporte (que passa a ser uma subsecretaria vinculada à Educação, assim como a Cultura), Regularização Fundiária e a Subprefeitura do Litoral.

  21. A secretaria de Cultura e Turismo passa a ser só de Turismo; a de Planejamento, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Trabalho agora é Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente; a de Ação Social passou a ser denominada de Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza; e a de Educação agora é Educação Cultura e Esporte. Saúde, Administração e Finanças; Agricultura e Pesca; e Obras e Serviços Públicos continuam com as mesmas nomenclaturas
 
  22.  "Estes são ajustes necessários para dar mais dinâmica e eficiência à gestão e que se enquadram com as novas realidades. Sobretudo nos cenários econômico e social que passamos a enfrentar com a pandemia do coronavírus", explica Gualberto. Ele destacou a criação da nova pasta, a de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda.
 
  23. "A geração de emprego e a qualificação dos jovens terão prioridade total nesta nova gestão. Por isso entendemos a necessidade de criar uma secretaria que cuide diretamente destes temas", salienta o Prefeito de Mata de São João. Gualberto já havia governado o município de 2005 à 2012.
 
  24. Tanto o atual gestor, quanto Marcelo Oliveira (2012 a 2020) conseguiram transformar a educação, a saúde, a infraestrutura e os serviços públicos de Mata. Agora, o grande desafio, de acordo com novo prefeito, é vencer um dos maiores problemas econômicos e sociais do planeta, que é o déficit de empregos.